.: Destaque:

Pesquisadores da UFPB descrevem aminoácidos como alimentos funcionais

Isso mesmo. Pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) desafiaram a utilidade nutricional dos aminoácidos para poedeiras e chegaram à conclusão de que eles não são apenas facilitadores de desempenho animal, mas também alimentos funcionais. As exigências nutricionais das galinhas poedeiras são influenciadas por diversos fatores, entre eles podemos citar a linhagem, a produção em massa de ovos, o nível de energia da ração, composição e digestibilidade dos alimentos, temperatura do ambiente de criação, instalações, densidade de alojamento, espaço no comedouro e método de determinação das exigências nutricionais. Como dito antes, a complexidade da alimentação das galinhas poedeiras é ainda testada no momento da formulação das rações.

Muito se comenta sobre a utilização do conceito da Proteína Ideal nas formulações das rações para aves. Esse conceito já está amplamente utilizado e bem consagrado, pois podemos dizer com certeza que os efeitos já são conhecidos e não há mais motivos para formulações usando ainda a proteína bruta como base. Os aminoácidos industriais suplementam perfeitamente as rações e a tornam a cada dia mais completa e possibilitam melhores índices produtivos. Mas em relação aos dados recentes, sutilmente nos gera uma grande e importante dúvida. Será que as práticas mais modernas de formulação de ração como a que comentamos antes só melhoram os índices produtivos? E antes de melhorar a produção de ovos, por exemplo, o que ocorre na poedeira para que ela possa aumentar o número de ovos postos? Essas questões nos remetem à evidência clara e fisiológica de que a ave só melhora o seu desempenho produtivo se houver condições fisiológicas para isso, certo? Sim, claro! Então, o que ocorre de verdade?

Pensando nisso, uma pesquisa foi desenvolvida para avaliar os efeitos de níveis crescentes de triptofano digestível nas rações de galinhas poedeiras leves. O estudo se baseou em formulações à base de milho e de farelo de soja, atendendo as recomendações de Rostagno et al. (2005), pois na época do projeto tais tabelas eram as mais recentes. Foram avaliados os resultados de dados de desempenho e de qualidade interna e externa de ovos. Mas isso não foi tudo, avaliações histológicas do aparelho reprodutivo e digestório das aves foram feitas com o objetivo maior de responder questões anteriormente expostas. Leia a íntegra do artigo no nosso acervo de trabalhos técnicos.

Aminoácidos funcionais na nutrição de poedeiras – Lima, M.R , Costa, F.G.P, Guerra, R.R, Dantas, L.S, Cavalcante, L.E.

Outras Áreas
Autores

Comportamento dos patogênicos presentes no dejetos de poedeiras durante compostagem

A intensificação do setor produtivo de ovos vem trazendo tecnologias à avicultura de postura com instalações automatizadas em baterias verticais, aliando menores custos e preços finais ao produto tradicional. À medida que vão aumentando as aplicações e o uso dessas instalações, aumentam-se, também, as necessidades de manejo e tratamento dos dejetos gerados.
A compostagem é sugerida como uma alternativa de tratamento e reciclagem dos dejetos, tendo em vista que a tendência de preservação ambiental e ecológica por parte deste setor deve continuar de forma permanente e definitiva.

Fukayama, E. H.
Augusto, K.V.Z.
Lucas Jr, J.
Miranda, A.P.

Quantificação de bolores e leveduras na casca de ovos de consumo armazenados em diferentes condições de embalagens sob temperatura ambiente

No que diz respeito à perda de qualidade microbiológica, podem ocorrer mudanças visíveis ou não nos ovos, que são capazes de determinar a compra e rejeição deste produto.

Boiago, M. M.
Borba, H.
Silva, A. M. S.
Ganeco, A. G.
Nespolo, N. M.
Mello, J. L. M.

As tecnologias que vão revolucionar a avicultura nos próximos 10 anos

Os últimos dez anos mudaram os rumos da avicultura, mas na próxima década muito está por vir.

Equipe Avisite

Embalagem à vácuo como alternativa para manutenção da qualidade de ovos armazenados em condições de ambiente

Durante o período de estocagem, a redução da qualidade interna dos ovos está associada principalmente à perda de água e de gás carbônico, e torna-se ainda mais prejudicada com a elevação da temperatura do ambiente.

Giampietro, A.
Boiago, M. M.
Souza, P.A.
Scatolini Silva, A.M.
Borba, H.
Souza, T.A.

Desempenho de codornas japonesas sob estresse térmico

No cenário da produção avícola brasileira, durante muitos anos, a coturnicultura foi considerada como atividade alternativa para pequenos produtores. Entretanto, em função do potencial dessas aves para a produção de ovos e carne e da possibilidade de diversificação para a comercialização desses produtos, a exploração comercial de codornas cresceu muito nos últimos anos e ainda encontra-se em expansão.

Sartori, J. R.
Pelícia, K
Garcia E. A.
Molino A. B.
Vercese, F.
Brito, T. P.

Estudo da cinética de proteínas de fase aguda e imunoglobulinas de aves de postura experimentalmente infectadas com Salmonella enterica sorovar Gallinarum1

O emprego de exames laboratoriais é fundamental para o entendimento da fisiopatogenia de doenças infecciosas, dentre elas o tifo aviário, doença causada por Salmonella Gallinarum. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o proteinograma sérico de aves inoculadas com Salmonella Gallinarum, de modo a analisar a cinética das proteínas de fase aguda e imunoglobulinas a fim de melhor compreender a fisiopatogenia da enfermidade.

Neto, O. C. F.
Junior, A. B.
Garcia, K. O.
Galdino, V. M. C. A.
Santana, A. M.
Fagliari, J. J.

1 | 2 | 3 | próxima

Nossos Parceiros
SafeedsDeHeus
Agrocereshatchtech
AdisseoMSD
Pleyades