Saúde Animal

China corre para desenvolver uma vacina contra peste suína

Após um ano de batalhas para tentar conter a epidemia de peste suína africana que reduzirá de forma expressiva seu plantel de suínos, a China reconheceu que a situação continua grave, mas que tem esperança que, com o desenvolvimento em curso de uma vacina para combater o vírus, tenha sucesso na empreitada.

"O risco de disseminação ainda é muito elevado", disse Yu Kangzhen, vice-ministro do Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais do país, à agência Reuters. Além da China, outros países asiáticos e europeus já registraram focos do vírus fatal aos animais, mas que não causa problemas para a saúde humana. Diante do aumento dos preços da carne suína devido à redução da oferta doméstica, Pequim anunciou nas últimas semanas uma série de medidas para tranquilizar o mercado. Esses esforços incluem incentivos em dinheiro para que os pecuaristas criem mais porcos. Sem uma vacina eficiente à disposição, entretanto, o risco de a epidemia aumentar desestimula os criadores a seguirem esse caminho.

Nesse sentido, a Academia Chinesa de Ciências Agrícolas, um dos principais institutos de pesquisa agrícola do país, informou que concluiu testes de laboratório para uma vacina e apresentou pedidos de avaliação de segurança ao governo. "É um desenvolvimento positivo e também um primeiro passo", disse o vice-ministro Yu Kangzhen.

(Valor) (Redação)



Visite  www.ovosite.com.br  - O Portal do Ovo na Internet