Domingo, 21 de Janeiro de 2018
Matérias-Primas

Consumo de milho pode cair em 9 milhões de toneladas, diz FCStone
São Paulo, SP, 31 de Março de 2017 - O potencial fechamento de mercados para a carne brasileira após a deflagração da operação Carne Fraca gera apreensão no mercado de grãos, segundo análise da consultoria FCStone.

“Mesmo não sendo factível que o Brasil deixe de exportar carnes, qualquer queda no consumo de milho e farelo de soja (e consequentemente de soja) podem impactar nos respectivos balanços de oferta e demanda, que já se encontram em situações bastante confortáveis”, apontou a empresa, em relatório.

A avaliação da consultoria é de que a exportação de carnes respondam por um consumo de 9 milhões de toneladas de milho e pouco mais de 3 milhões de toneladas de farelo de soja - volumes que poderiam pressionar ainda mais os preços no mercado interno diante da oferta confortável esperada para a atual temporada. “É um consumo considerável diante da ampla oferta dessa temporada e da preocupação com as exportações de milho”, explicou Ana Luiza Lodi, que assinou a análise.

Segundo o Departamento de Economia Rural da Secretaria de Agricultura do Estado do Paraná (Deral), a comercialização do milho "safrinha" abrangia apenas 2% de toda a safra até o último dia 20. No ano passado, esse percentual alcançou 19% da safra um mês antes, já no dia 22 de fevereiro. No Mato Grosso, as vendas até o último dia 13 estavam 42,1 pontos percentuais abaixo do observado no ciclo anterior, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Cerca de 80% do consumo de milho no Brasil tem como destino a alimentação animal, com a criação de gado de corte, de frango e de suínos respondendo por 75% a 80% dessa demanda. No caso do farelo, esse percentual chega a 83%. Em relação à produção de proteína animal, em torno de 20% da carne bovina, 19% da suína e 30% da de frango têm como destino o mercado internacional, segundo a FCStone.
(Valor Econômico) (Cleyton Vilarino)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 21/01
Sexta-Feira, 19/01
Alegra refaz planos e prevê chegar a R$ 1 bi só em 2021 (10:00)
Trouw Nutrition apresenta produtos e soluções inovadores para a indústria avícola na IPPE 2018 (09:46)
JBS encerra programa de desinvestimentos com R$ 1,2 bi a menos (09:20)
Quinta-Feira, 18/01
ABPA comemora decisão da Camex de não sobretaxar aço chinês (15:14)
Rússia deverá avaliar com celeridade reabertura ao mercado de carne (15:00)
IB organiza treinamento para validação de métodos de acordo com norma internacional para análises laboratoriais (11:39)
Zoetis promove discussão sobre sanidade avícola para contribuir com crescimento da produção de carne de frango do país (11:33)
Desenvolvimento de dentro para fora (10:42)
Tectron presente no Dia de Campo Copagril (10:38)
Associados conhecem detalhes do América Programa Avícola (08:36)
Quarta-Feira, 17/01
Yamasa estará presente na IPPE, em Atlanta, pela 13ª vez consecutiva (09:43)
Terça-Feira, 16/01
Médicos Veterinários e Zootecnistas paulistas poderão votar on-line pela primeira vez (21:09)
Conab negocia mais remoções de milho para o Nordeste (15:45)
Superavit de US$ 81,86 bilhões do agronegócio foi o 2º maior da história (15:43)
Coopavel: um show de atrações nos 30 anos de um dos maiores eventos do agronegócio mundial (15:41)
Brasil busca ampliar vendas de produtos agrícolas para a Ásia (14:31)
CASP participa de edição histórica do Show Rural Coopavel (08:43)