Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018
Exportação

Brasil e Rússia destacam cooperação entre países após operação Carne Fraca
São Paulo, SP, 18 de Abril de 2017 - O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, disse que a Rússia foi a "nação amiga que deu a primeira palavra de confiança ao Brasil" após a deflagração da Operação Carne Fraca, em 17 de março. O comentário de Turra ocorreu durante reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 17, na sede da ABPA em São Paulo, com o embaixador russo Sergey Akopov, representantes da Câmara de Comércio Brasil-Rússia, do Itamaraty e do setor agropecuário do Brasil.

Segundo o executivo, o embaixador se reuniu com o presidente da República, Michel Temer, no mesmo dia em que a investigação da Polícia Federal foi divulgada e "naquela mesma noite passou a mensagem para o governo russo".

Em resposta, Akopov disse que a Rússia não poderia ter tido outra postura em relação ao que ele chamou de "incidente" com a carne brasileira. "Hoje em dia conhecemos muito bem a qualidade da carne brasileira, por isso a posição da Rússia foi muito calma e tranquila. Um incidente como esse não pode abalar todos os anos dessa operação tão estratégica", afirmou.

A Rússia compra do Brasil carne bovina, de frango e suína - o país é principal destino de suínos do Brasil, e o 12º comprador de frango. "Sempre lembramos que o Brasil ajudou e apoiou a Rússia quando não aderiu às sanções econômicas aplicadas ao país. Essa posição é altamente apreciada e corresponde com as nossas relações de parceria estratégica", afirmou citando as sanções iniciadas pelos Estados Unidos em 2014, devido à anexação da Crimeia.
A reunião desta segunda-feira tinha como objetivo debater o relacionamento bilateral do setor agropecuário, incluindo projetos de investimentos, cooperação no setor alfandegário e fitossanitário, logística de escoamento, além de discutir a 10º Comissão Intergovernamental de Cooperação (CIC) Brasil-Rússia, que será realizada entre os dias 22 e 23 de maio.

O presidente Michel Temer deve visitar a Rússia em junho. "Tudo está encaminhado para que esta visita seja um sucesso. Estamos passando por um momento muito bom desta relação bilateral e precisamos aproveitar estes bons ventos", disse Gilberto Ramos, presidente da Câmara de Comércio Brasil-Rússia.

Atualmente, a corrente comercial entre os países é de US$ 4,3 bilhões e a meta da câmara é de que chegue a US$ 10 bilhões. O chefe do Departamento de Promoção Comercial do Itamaraty, Orlando Ribeiro, também presente à reunião, disse que é possível crescer nesta relação.

Para Akopov, os países precisam avançar na cooperação, principalmente em tecnologia. "Isso daria mais possibilidade de abertura de mercados e novos projetos na área de agricultura", afirmou.
(Estadão Conteúdo) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 22/01
AB Vista apresenta avanços na tecnologia NIR (09:48)
Preço desagrada e comercialização da safra patina (09:41)
Sexta-Feira, 19/01
Alegra refaz planos e prevê chegar a R$ 1 bi só em 2021 (10:00)
Trouw Nutrition apresenta produtos e soluções inovadores para a indústria avícola na IPPE 2018 (09:46)
JBS encerra programa de desinvestimentos com R$ 1,2 bi a menos (09:20)
Quinta-Feira, 18/01
ABPA comemora decisão da Camex de não sobretaxar aço chinês (15:14)
Rússia deverá avaliar com celeridade reabertura ao mercado de carne (15:00)
IB organiza treinamento para validação de métodos de acordo com norma internacional para análises laboratoriais (11:39)
Zoetis promove discussão sobre sanidade avícola para contribuir com crescimento da produção de carne de frango do país (11:33)
Desenvolvimento de dentro para fora (10:42)
Tectron presente no Dia de Campo Copagril (10:38)
Associados conhecem detalhes do América Programa Avícola (08:36)
Quarta-Feira, 17/01
Yamasa estará presente na IPPE, em Atlanta, pela 13ª vez consecutiva (09:43)
Terça-Feira, 16/01
Médicos Veterinários e Zootecnistas paulistas poderão votar on-line pela primeira vez (21:09)
Conab negocia mais remoções de milho para o Nordeste (15:45)
Superavit de US$ 81,86 bilhões do agronegócio foi o 2º maior da história (15:43)
Coopavel: um show de atrações nos 30 anos de um dos maiores eventos do agronegócio mundial (15:41)
Brasil busca ampliar vendas de produtos agrícolas para a Ásia (14:31)
CASP participa de edição histórica do Show Rural Coopavel (08:43)