Domingo, 23 de Julho de 2017
Exportação

Brasil e Rússia destacam cooperação entre países após operação Carne Fraca
São Paulo, SP, 18 de Abril de 2017 - O presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, disse que a Rússia foi a "nação amiga que deu a primeira palavra de confiança ao Brasil" após a deflagração da Operação Carne Fraca, em 17 de março. O comentário de Turra ocorreu durante reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 17, na sede da ABPA em São Paulo, com o embaixador russo Sergey Akopov, representantes da Câmara de Comércio Brasil-Rússia, do Itamaraty e do setor agropecuário do Brasil.

Segundo o executivo, o embaixador se reuniu com o presidente da República, Michel Temer, no mesmo dia em que a investigação da Polícia Federal foi divulgada e "naquela mesma noite passou a mensagem para o governo russo".

Em resposta, Akopov disse que a Rússia não poderia ter tido outra postura em relação ao que ele chamou de "incidente" com a carne brasileira. "Hoje em dia conhecemos muito bem a qualidade da carne brasileira, por isso a posição da Rússia foi muito calma e tranquila. Um incidente como esse não pode abalar todos os anos dessa operação tão estratégica", afirmou.

A Rússia compra do Brasil carne bovina, de frango e suína - o país é principal destino de suínos do Brasil, e o 12º comprador de frango. "Sempre lembramos que o Brasil ajudou e apoiou a Rússia quando não aderiu às sanções econômicas aplicadas ao país. Essa posição é altamente apreciada e corresponde com as nossas relações de parceria estratégica", afirmou citando as sanções iniciadas pelos Estados Unidos em 2014, devido à anexação da Crimeia.
A reunião desta segunda-feira tinha como objetivo debater o relacionamento bilateral do setor agropecuário, incluindo projetos de investimentos, cooperação no setor alfandegário e fitossanitário, logística de escoamento, além de discutir a 10º Comissão Intergovernamental de Cooperação (CIC) Brasil-Rússia, que será realizada entre os dias 22 e 23 de maio.

O presidente Michel Temer deve visitar a Rússia em junho. "Tudo está encaminhado para que esta visita seja um sucesso. Estamos passando por um momento muito bom desta relação bilateral e precisamos aproveitar estes bons ventos", disse Gilberto Ramos, presidente da Câmara de Comércio Brasil-Rússia.

Atualmente, a corrente comercial entre os países é de US$ 4,3 bilhões e a meta da câmara é de que chegue a US$ 10 bilhões. O chefe do Departamento de Promoção Comercial do Itamaraty, Orlando Ribeiro, também presente à reunião, disse que é possível crescer nesta relação.

Para Akopov, os países precisam avançar na cooperação, principalmente em tecnologia. "Isso daria mais possibilidade de abertura de mercados e novos projetos na área de agricultura", afirmou.
(Estadão Conteúdo) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 23/07
Sexta-Feira, 21/07
Cobb-Vantress promove 3ª edição da Queima do Frango, em Rio Preto (SP) (13:29)
Proposta de UE e Brasil para subsídios causa divergência (09:17)
Futuro para a produção de carnes é bastante positivo e frango se destaca (08:41)
OVOS/CEPEA: clima frio controla oferta e sustenta cotações (08:25)
Cresce demanda em leilão de milho (08:12)
Em dez anos, produção de grãos pode superar 300 milhões de toneladas (08:10)
Milho sobe 8,5 pontos na CBOT com os fundos alongando posições sobre as mesmas notícias de clima quente nos EUA (08:08)
Com clima quente e seco nos EUA, soja sobe mais de 1% em Chicago e puxa preços no Brasil (08:00)
Quinta-Feira, 20/07
Portarias autorizam Mapa a contratar 300 médicos veterinários (15:19)
HatchTech apresenta dois novos Gerentes de Vendas Internacionais (14:09)
Aurora deve aproveitar crise da concorrência e dobrar abates (09:04)
Brasil facilita entrada de produtos agropecuários da UE (08:40)
Santa Catarina encerra colheita de milho com incremento de 17% na produção (08:36)
Governo atualiza preços mínimos da safra de verão (08:25)
Conab anuncia novos leilões de milho para garantia de preços ao produtor (08:04)
Soja: apesar das altas em Chicago, 4ª feira de poucos negócios no Brasil frente à queda do dólar (08:00)
Quarta-Feira, 19/07
Cobb-Vantress realiza encontro com especialistas do Serviço Técnico (13:29)
SIAVS debate formação profissional para a produção animal (10:25)
CBNA realiza IV Congresso de Tecnologia da Produção de Alimentos para animais (09:28)
Receita altera normas de restituição (08:55)
Fiscal brasileiro presidirá Codex (08:52)
MP do Funrural deverá frustrar os frigoríficos (08:49)
Frio vai afetar ainda mais o preço do boi, que está em queda (08:12)
Começa disparada de fretes dos grãos (08:09)
Milho: dia de leves movimentações nas cotações (08:07)
Mercado interno da soja se mantêm estável (08:00)
Terça-Feira, 18/07
SIAVS debate controle da Salmonella e Listeria (10:34)
Fiscais ameaçam fazer novas mobilizações no país (09:11)
Avicultura vai dobrar valores de contribuição para Fundesa (09:05)
Theseo participa em mais uma edição da Festa do Ovo (08:39)
BRF não tira proveito de crise da JBS (08:27)
Mobilização: fiscais federais agropecuários paralisaram as atividades (08:24)
Mercado dos EUA à carne brasileira deve ser reaberto em até 60 dias (08:15)
Milho: mercado interno em busca de ajustes (08:05)
Soja: preços no Brasil apresentam queda (08:00)