Domingo, 22 de Abril de 2018
Ciência e Tecnologia

Prejuízo da Embrapa alcança quase R$ 490 milhões
Brasília, DF, 19 de Abril de 2017 - Historicamente dependente de um orçamento público que pouco cresce para sustentar suas despesas, a maior parte com a folha de salários, a Embrapa, referência em pesquisas agropecuárias no país, viu seu prejuízo líquido alcançar R$ 488 milhões em 2016, 6,9% mais que no ano anterior.

Isso aconteceu a despeito de os repasses orçamentários terem aumentado de R$ 2,8 bilhões, em 2015, para R$ 3,03 bilhões no ano passado, de acordo com balanço divulgado ontem. No total, as receitas operacionais, que incluem os repasses, outras receitas menores e até doações para o patrimônio da Embrapa, aumentaram 5,6%, para R$ 3,04 bilhões.

Por meio da contabilidade divulgada pela estatal, que não concedeu entrevista, é possível perceber que suas despesas operacionais - que levam em conta gastos com pessoal, manutenção de serviços e contratos de terceirizados, entre outros itens - aumentaram 7,6% para R$ 3,2 bilhões em relação a 2015. No caso das despesas com a folha de servidores, o incremento chegou a 9,5%, para R$ 2 bilhões.

A Embrapa não abre no balanço que divulgou uma rubrica específica referente aos investimentos ou despesas relacionadas à pesquisa. Contudo, pela Lei Orçamentária Anual (LOA) aprovada pelo Congresso - e que detalha os recursos efetivos que cada órgão do governo tem à disposição todo ano -, é possível notar que o orçamento da estatal para "pesquisa e inovações para a agropecuária" pouco cresceu: passou de R$ 330,3 milhões, em 2015, para R$ 346 milhões 2016.

Mas a necessidade de mais recursos para essas finalidades é uma demanda frequente, tanto por parte das administrações da Embrapa quanto do Ministério da Agricultura, ao qual a estatal está vinculada, e do setor agropecuário em geral.

Nesse contexto, a empresa pública vem fazendo gestões nos últimos anos, na tentativa de ganhar musculatura, para ampliar o número de parcerias com companhias privadas, inclusive grandes multinacionais do agronegócio. Nessas parcerias, a Embrapa muitas vezes põe variedades de sementes à disposição para o desenvolvimento de novos produtos.

Ocorre que, segundo o balanço publicado, as receitas com vendas e serviços, que incluem as parcerias com companhias privadas, registraram queda de 19,4% no ano passado, para R$ 25,8 bilhões. São receitas oriundas de produção vegetal e animal, além de arrecadação originada com "prestação de serviços científicos, tecnológicos e agropecuários".
(Valor Econômico) (Cristiano Zaia)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 22/04
Sexta-Feira, 20/04
Instituto Ovos Brasil promove ação em restaurante na Zona Norte de São Paulo (14:03)
ABPA lamenta a suspensão da habilitação de 20 plantas exportadoras de carne de frango pela UE (08:27)
Embargo da UE é problema, mas não é o “fim do mundo”, diz Blairo Maggi (08:21)
Embargo da UE é confirmado e afeta 20 plantas (08:12)
Ministro reafirma ingresso na OMC para contestar barreiras da União Europeia (08:11)
Aberta consulta pública para normatizar destino de carcaças de suínos e aves (08:10)
Definido o conselho que tomará as rédeas da BRF (08:06)
Mercado brasileiro do milho apresenta ligeiras movimentações (08:05)
Soja: Chicago fecha próximo das mínimas em duas semanas e preços recuam no Brasil (08:00)
Quinta-Feira, 19/04
Veja quais são os 20 frigoríficos que foram proibidos de exportar frango para a UE (22:24)
Embargo europeu fará BRF rever planejamento de produção (22:04)
12ª edição do Simpósio da ACAV está confirmada para setembro (16:30)
Nutri&Aves: Cálcio e granulometria do calcário (14:48)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte disparam em março (14:45)
Uma 'agroinflação' moderada em 2018 (10:07)
União Europeia deve proibir parte dos frigoríficos brasileiros de exportar frango para região (09:31)
Pedro Parente aceita ser o novo presidente do conselho da BRF (08:27)
Ministério da Agricultura retira suspensão da BRF e anuncia novos mercados para carne catarinense (08:22)
Mercado brasileiro do milho apresenta leves movimentações (08:05)
Soja: Mercado fecha com leve queda na CBOT (08:00)
Quarta-Feira, 18/04
Pedro Parente, da Petrobras, deve ser o presidente do conselho da BRF (17:12)
Mudança do mercado traz novo profissional para a Safeeds (13:30)
Agrosuper, do Chile, realiza treinamento na Agri Stats (13:28)
Avaliação Conjuntural e os Impactos na Avicultura (12:12)
Vetanco presente em mais um SBSA promovido pelo NUCLEOVET (08:45)
ABPA contrata escritório de advogados para estudo sobre painel contra União Europeia (08:25)
Brasil vai ampliar exportação de carne para China e iniciar embarques à Indonésia e Coréia do Sul (08:23)
CVM condenou Falconi e Luiza em caso da Sadia (08:21)
Furlan busca acordo para pôr fim à disputa na BRF (08:17)
Brasil vai à OMC contra UE, garante ministro (08:15)
Soja: mercado mantém estabilidade nesta 4ª, com ligeiras baixas (08:00)
Terça-Feira, 17/04
Blairo Maggi decide ingressar na OMC contra restrições da UE à importação de aves (13:43)
IX Encontro Técnico Avícola está com inscrições abertas (09:51)
Suspensão de embarques de carne de frango da BRF para União Europeia completa 30 dias (09:01)
Pesquisa pode ajudar no melhoramento genético de aves (08:42)
Dra. Nermeen Abu-Elala apresentará resultados de dois estudos feitos em parceria com a ICC Brazil na Conferência APA 2018 (08:31)
UE deverá embargar 15 unidades da BRF (08:21)
Assembleia da BRF terá 14 candidatos ao conselho (08:18)
Milho: mercado interno apresenta leves movimentação na abertura da semana (08:09)
Mercado interno da soja recua neste início de semana (08:00)
Preço ainda incentiva a comercialização de soja (07:58)