Quinta-feira, 19 de Julho de 2018
Saúde Animal

Brasil e EUA participam de treinamento contra gripe aviária

Segundo representantes do Brasil, o país tem intensificado o controle, mas ainda precisa de mais profissionais
Brasília, DF, 10 de Agosto de 2017 - O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Serviço de Inspeção e Sanidade Animal e Vegetal dos Estados Unidos (APHIS, na sigla em inglês) realizam desta quarta, dia 8, até a
sexta-feira, 11, o treinamento “Primeira linha de resposta a um foco de influenza aviária de alta patogenicidade” , em Brasília.
Segundo a pasta, o curso internacional, que também vai repassar medidas a serem adotadas para enfrentar a doença de Newcastle, reúne representantes de países da Américas do Sul e Central.

Neste primeiro dia, foi realizada uma atividade prática no Hospital de Grandes Animais da Universidade de Brasília (UnB), com necropsia de aves, para demonstrar como é feita a coleta,
preparação e o envio de amostras quando há suspeita de foco de influenza.

De acordo com o diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa, Guilerme Marques, o Brasil tem intensificado as ações nas fronteiras e nos sítios de aves migratórias transmissoras da
doença para as aves comerciais. Além disso, segundo ele, o país possui um laboratório de referência mundial, o Lanagro de Campinas, capaz de diagnosticar a influenza em um curtíssimo
espaço de tempo.

“Neste treinamento, estamos abordando as ações de choque, em até 24 horas nas proximidades dos supostos locais contaminados, em caso de detecção de focos da gripe aviária no Brasil”,
ressaltou Marques.

De acordo com Marques, o Brasil precisa ampliar o número de profissionais para atuar em campo e fazer a manutenção permanente dos equipamentos necessários às ações emergenciais nos
estados, a fim de se preparar melhor para enfrentar a doença.

O diretor de área do APHIS, Conrad Estrada, disse que o desafio do Brasil para evitar a entrada da gripe aviária é garantir a biosseguridade e unir os esforços entre o serviço sanitário oficial e as indústrias de carne de aves. A resposta de emergência (24 horas), segundo ele, é fundamental quando se detecta um foco de influenza, em razão da rapidez da disseminação da doença.

“O país tem que saber como funcionam seu serviço veterinário e seus recursos humanos, além de ter disponibilidade financeira para combater as emergências”, observou Estrada. Ele reforçou ainda
a necessidade de estar preparado para as ações de emergência de enfrentamento à doença porque ela deve chegar, embora não se saiba quando.
(Canal Rural) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 19/07
Quarta-Feira, 18/07
Vetanco se faz presente em mais uma Festa do Ovo de Bastos (14:18)
Novo sistema da Secex gera dúvidas sobre dados de exportação de carne (08:30)
Alta do dólar impulsiona margem dos frigoríficos de carne bovina (08:20)
Valor Bruto da Produção Agropecuária está estimado em R$ 562,4 bilhões (08:10)
Milho: mercado testa tímidos ganhos na manhã desta 4ª feira em Chicago (08:06)
Soja tem estabilidade em Chicago nesta 4ª feira e busca manter movimento de recuperação (08:00)
Terça-Feira, 17/07
Frango fica menor e mais caro um mês e meio depois do fim da greve dos caminhoneiros (09:33)
Exportação de material genético avícola cresce 33% no semestre (09:31)
Inscrições pela internet para o Encontro Técnico Avícola terminam nesta terça-feira (09:00)
Aviagen investe estrategicamente em seu programa de melhoramento genético no Reino Unido (08:50)
Itaú BBA, Bradesco BBI e Morgan Stanley irão assessorar BRF em vendas (08:33)
5ª FAVESU já tem data e local confirmados (08:19)
Curso sobre incubação de ovos começa nesta quarta-feira 18/07, em Cascavel (PR) (08:14)
Com guerra comercial, cotação da carne suína desce a ladeira nos EUA (08:11)
Exportações de carne suína totalizam 278,3 mil toneladas no 1° semestre (08:10)
Milho: mercado tem dia correção técnica e fecha pregão desta 2ª com ligeiras valorizações em Chicago (08:06)
Soja sobe pelo 2º dia consecutivo em Chicago nesta 3ª feira com suporte nas condições das lavouras dos EUA (08:00)
USDA reduz índice de lavouras de soja e milho em boas ou excelentes condições (07:48)
Segunda-Feira, 16/07
Lar de Idosos de Guapiaçu recebe ajuda voluntária da Cobb-Vantress em parceria com a Prefeitura (14:24)
Marca Biovet Vaxxinova é lançada com robusto portfólio para saúde animal (09:00)
Saldo da balança do agro em junho é de US$ 8,17 bilhões (08:23)
FRANGO/CEPEA: embarques têm desempenho fraco em 2018 (08:13)
OVOS/CEPEA: impulsionada por vendas de ovo industrializado, exportação cresce em junho (08:10)
SOJA/CEPEA: consumo chinês deve recuar, mas outros países podem aumentar compras (08:08)
Milho: mercado inicia a semana com ligeiras desvalorizações na Bolsa de Chicago (08:07)
Soja inicia semana com novas baixas nesta 2ª em Chicago ainda refletindo clima e guerra comercial (08:00)
Sexta-Feira, 13/07
Festa do Ovo terá solução para codificar a casca do ovo (08:28)
Aviagen investe R$ 100 milhões no aumento da capacidade de granjas e incubatórios no Brasil (07:46)