Quinta-feira, 19 de Julho de 2018
Empresas

DSM tem forte crescimento no mundo e na América Latina

Nos primeiros nove meses do ano, a DSM teve alta de 9% das vendas globais, que atingiram € 6,45 bilhões; na América Latina, o crescimento foi de 26,5%, onde a companhia registrou vendas de € 501 milhões no período.
São Paulo, 08 de Novembro de 2017 - Novembro de 2017 – A DSM, empresa global baseada na ciência, com atividades nas áreas de nutrição, saúde e materiais e forte atuação na América Latina, anuncia os resultados globais do terceiro trimestre do ano (3T17), que contribuíram para o desempenho positivo da companhia nos nove meses. De janeiro a setembro, a empresa registrou vendas globais de € 6,45 bilhões, o que representa uma alta de 9% das vendas e crescimento orgânico de 8% sobre igual período do ano passado. A área de Nutrição (nutrição e saúde humana, nutrição animal, especialidades alimentícias) registrou vendas de € 4,15 bilhões (8% a mais que o igual período de 2016) e a de materiais teve vendas de € 2,13 bilhões (14% a mais que igual período de 2016); também contribuíram para este desempenho as vendas de € 126 milhões do Innovation Center e de € 47 milhões das Atividades Corporativas.

Outros indicadores confirmam os resultados positivos da DSM no acumulado dos três trimestres deste ano. Entre eles, o lucro operacional (EBITDA ajustado) cresceu 15%, alcançando € 1,08 bilhão; o Retorno Sobre o Capital Empregado (Return on Capital Employed, ROCE) teve alta de 12,3%; o lucro líquido ajustado cresceu 29%, chegando a € 504 milhões, sendo que o lucro líquido total foi de € 1,6 bilhão (incluindo o ganho de € 1,25 bilhão referente à conclusão da aquisição da Patheon N.V., empesa da qual a DSM detinha participação acionária).

No 3T17, especificamente, as vendas globais da DSM foram de € 2,13 bilhões, 7% a mais que a de igual período do ano passado. A área de Nutrição registrou vendas de € 1,37 bilhão (5% a mais que no 3T16) e a de Materiais alcançou € 706 milhões (11% a mais que no 3T16); as vendas do Innovation Center no período foram de € 42 milhões e a das Atividades Corporativas de € 15 milhões. O EBITDA ajustado do trimestre foi de € 365 milhões e o ROCE foi de 12,3%, em linha com o índice registrado ao longo deste ano, de janeiro a setembro.

“Registramos outro trimestre forte, resultando em um ótimo desempenho nos primeiros nove meses e as áreas de Nutrição e Materiais, mais uma vez, apresentaram taxas de crescimento acima dos seus mercados. Os resultados, assim, demonstram um melhor desempenho operacional e financeiro, e antes do planejado, em um cenário em que todas as nossas empresas têm atuado em ambiciosas iniciativas de crescimento e em que seguimos firmes no controle dos nossos programas de redução de custos e eficiência”, comenta Feike Sijbesma, CEO e presidente do Conselho de Administração da DSM, que completa: “A DSM confirma a perspectiva de todo o ano de 2017, apesar de desenvolvimentos monetários ligeiramente menos favoráveis”.

Forte desempenho também na América Latina

Ao longo deste ano, a DSM registrou um excelente desempenho na América Latina nos primeiros nove meses, com crescimento de 26,5% nas vendas, que atingiram € 501 milhões. Na região, em que a DSM está presente com plantas em 13 países, a companhia conta com uma equipe de 2.076 colaboradores (em âmbito global, a DSM conta com 21.013 colaboradores).
(DSM) (Assessoria de comunicação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 19/07
Quarta-Feira, 18/07
Vetanco se faz presente em mais uma Festa do Ovo de Bastos (14:18)
Novo sistema da Secex gera dúvidas sobre dados de exportação de carne (08:30)
Alta do dólar impulsiona margem dos frigoríficos de carne bovina (08:20)
Valor Bruto da Produção Agropecuária está estimado em R$ 562,4 bilhões (08:10)
Milho: mercado testa tímidos ganhos na manhã desta 4ª feira em Chicago (08:06)
Soja tem estabilidade em Chicago nesta 4ª feira e busca manter movimento de recuperação (08:00)
Terça-Feira, 17/07
Frango fica menor e mais caro um mês e meio depois do fim da greve dos caminhoneiros (09:33)
Exportação de material genético avícola cresce 33% no semestre (09:31)
Inscrições pela internet para o Encontro Técnico Avícola terminam nesta terça-feira (09:00)
Aviagen investe estrategicamente em seu programa de melhoramento genético no Reino Unido (08:50)
Itaú BBA, Bradesco BBI e Morgan Stanley irão assessorar BRF em vendas (08:33)
5ª FAVESU já tem data e local confirmados (08:19)
Curso sobre incubação de ovos começa nesta quarta-feira 18/07, em Cascavel (PR) (08:14)
Com guerra comercial, cotação da carne suína desce a ladeira nos EUA (08:11)
Exportações de carne suína totalizam 278,3 mil toneladas no 1° semestre (08:10)
Milho: mercado tem dia correção técnica e fecha pregão desta 2ª com ligeiras valorizações em Chicago (08:06)
Soja sobe pelo 2º dia consecutivo em Chicago nesta 3ª feira com suporte nas condições das lavouras dos EUA (08:00)
USDA reduz índice de lavouras de soja e milho em boas ou excelentes condições (07:48)
Segunda-Feira, 16/07
Lar de Idosos de Guapiaçu recebe ajuda voluntária da Cobb-Vantress em parceria com a Prefeitura (14:24)
Marca Biovet Vaxxinova é lançada com robusto portfólio para saúde animal (09:00)
Saldo da balança do agro em junho é de US$ 8,17 bilhões (08:23)
FRANGO/CEPEA: embarques têm desempenho fraco em 2018 (08:13)
OVOS/CEPEA: impulsionada por vendas de ovo industrializado, exportação cresce em junho (08:10)
SOJA/CEPEA: consumo chinês deve recuar, mas outros países podem aumentar compras (08:08)
Milho: mercado inicia a semana com ligeiras desvalorizações na Bolsa de Chicago (08:07)
Soja inicia semana com novas baixas nesta 2ª em Chicago ainda refletindo clima e guerra comercial (08:00)
Sexta-Feira, 13/07
Festa do Ovo terá solução para codificar a casca do ovo (08:28)
Aviagen investe R$ 100 milhões no aumento da capacidade de granjas e incubatórios no Brasil (07:46)