Sábado, 20 de Outubro de 2018
Diversos

Dez anos de IOB: o que dizem os fundadores da entidade

José Roberto Bottura e Rogério Belzer, responsáveis pela criação do Instituto Ovos Brasil, celebram uma década de conquistas
São Paulo, SP, 20 de Dezembro de 2017 - Fundado por produtores para promover as propriedades nutricionais e os benefícios do ovo, o Instituto Ovos Brasil completou este ano dez anos de existência. Como resultado deste trabalho, o consumo de ovos per capita no Brasil subiu de 120 para 190 ovos. Essa conquista só foi possível graças à atuação de nomes como Rogério Belzer e José Roberto Bottura, que estiveram à frente do IOB desde a sua fundação e acreditaram nas ferramentas de marketing para promoção do aumento do consumo até 2013.

ROGÉRIO BELZER destaca que o principal ganho de sua gestão foi dar vida a essa iniciativa. “Ter um órgão que trabalhasse em prol da divulgação do ovo era um anseio muito grande dos produtores da época, porque havia muita desinformação – o ovo era visto como um vilão. Apesar das dificuldades, da falta de recursos, o IOB conquistou credibilidade por parte da mídia, dos nutricionistas e dos médicos. Divulgamos trabalhos científicos e informações sobre o ovo e fizemos com que elas fossem aceitas”, afirma.

Em relação ao futuro, Belzer defende que os esforços do IOB devem ser contínuos. “A parte mais difícil foi vencida, mas não significa que a batalha esteja ganha. Precisamos continuar divulgando informações, estar presentes na mídia e prosseguir com esforço e comprometimento”, finaliza.

JOSÉ ROBERTO BOTTURA também participou da fundação do Instituto. “Carreguei o piano, a cadeira e a mesa junto à Lúcia Endriukaite e à equipe do Instituto Ovos Brasil nessa jornada. O mais difícil foi ‘preparar a terra’ para plantar as primeiras sementes, dar a cara para bater nas universidades e na imprensa”, comenta. Bottura vê como extremamente positivo o trabalho nesta primeira década. “Realizamos palestras e cursos com trabalhos científicos, principalmente sobre o colesterol, e conquistamos confiança na população a respeito do ovo. O intuito do IOB deve seguir forte no esclarecimento dos valores nutricionais do ovo e na desmistificação sobre o alimento seja com a população, imprensa ou classe universitária”.

Para saber mais sobre a história do Instituto Ovos Brasil, associados e atividades, acesse: www.ovosbrasil.com.br.

Sobre o IOB
O Instituto Ovos Brasil é uma entidade sem fins lucrativos criada em 2007 com objetivo de esclarecer a população sobre as propriedades nutricionais do ovo, os benefícios que este alimento proporciona à saúde, além de desfazer mitos sobre seu consumo. O IOB tem atuação em todo o território nacional e hoje é referência em informação sobre ovos no Brasil. O site da instituição (www.ovosbrasil.com.br) reúne campanhas, dados, pesquisas e artigos de credibilidade para o público em geral e profissionais das mais diversas áreas.
(IOB) (ASCOM)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 20/10
Sexta-Feira, 19/10
Exportadores de aves e de suínos lançam campanha de imagem na União Europeia (09:58)
FRANGO/CEPEA: menor produção sustenta valor do pintainho em 2018 (09:48)
OVOS/CEPEA: preços iniciam segunda quinzena em forte queda (09:46)
BRF mantém conversas "amplas" com autoridades sobre investigações da PF (09:15)
Por carnes, Brasil faz proposta a Hong Kong (07:28)
Condomínio Vespasiano Corrêa assina contrato para liberação de financiamento (07:14)
Milho em Chicago dá continuidade às baixas da sessão anterior e testa ligeiras perdas nesta 6ª feira (07:13)
Após queda intensa, soja passa por leve correção técnica em Chicago nesta 6ª feira (07:12)
Fraca demanda pela soja dos EUA derruba preço em Chicago (07:00)
Quinta-Feira, 18/10
Vetanco participa do ACAV 2018 (14:46)
Chile reabre mercado para avicultura do RS (13:32)
SUÍNOS/CEPEA: exportação elevada sustenta preços no Brasil (10:15)
BOI/CEPEA: produtividade de carne por animal é maior em SP (09:44)
Adaptação veterinária (08:55)
Guerra comercial já eleva os preços na China (08:45)
BRF negocia acordo de leniência com MPF e CGU (08:14)
Agro olhou para eleição presidencial e esqueceu representantes do setor (08:11)
Soja: mercado no Brasil tem novo dia de pressão nesta 4ª e continua sentindo peso do câmbio (08:00)
Força-tarefa encontra três novos focos de peste suína no Ceará (07:28)
O frigorífico que produz carne de frango sem matar nenhuma ave (06:51)
Quarta-Feira, 17/10
Em Goiás, IOB prepara série de ações em parceria com a Associação Goiana de Avicultura (13:52)
Em MG, NECTA realiza 1º Dia do Ovo, com apoio do IOB (08:20)
Movimentação do Porto de Itajaí aumenta 81% em setembro (06:33)
Road Show Aves e Suínos da Boehringer fortalece a cadeia de proteína animal com conhecimento técnico (06:32)
Para ampliar exportação, setor de aves e de suínos vai à feira em Paris (06:31)
Importações chinesas de carne suína devem crescer 8% neste ano (06:10)
Soja: com previsão de melhora do clima nos EUA, mercado em Chicago ainda opera estável nesta 4ª (06:00)
Terça-Feira, 16/10
Da ABPA aos candidatos (09:18)
PF indicia Abilio Diniz e Pedro Faria no âmbito da Operação Trapaça (07:49)
Após relatório da PF, BRF defende tolerância zero e afasta 14 pessoas (07:48)
Milho fecha em alta na Bolsa de Chicago nesta 2a feira com clima adverso para colheita nos EUA (07:44)
Com demanda forte e clima adverso no Corn Belt, soja fecha com mais de 2%de alta em Chicago (07:40)
Plantio de soja evolui em ritmo acelerado em quase todo o país (07:39)
Brasil ganha mercado de soja na China, mas perde espaço para EUA na Europa (07:31)
MILHO/CEPEA: indicador recua quase 6% no acumulado do mês (07:30)
SOJA/CEPEA: dólar cai e pressiona valores internos da soja (07:29)