Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
Exportação

Reino Unido ameaçou reter cargas da BRF, mas voltou atrás
Brasília, DF, 13 de Março de 2018 - Como efeito direto da Operação Trapaça, o governo levou um susto na sexta-feira, diante de uma possível trava do Reino Unido a carregamentos de carne de frango da BRF. O governo britânico chegou a notificar o Itamaraty e o Ministério da Agricultura de que reteria qualquer carregamento de carne de aves e de produtos em geral fabricados pela empresa que chegassem até os seus portos, mas logo mudou de ideia.

A decisão comercial durou algumas horas, ainda que nenhuma carga tenha sido bloqueada, afirmou ao Valor o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Luís Eduardo Rangel. De acordo com ele, a possível restrição britânica foi revertida após reações do adido agrícola do Brasil na União Europeia e da embaixada brasileira em Genebra.


Um embargo do Reino Unido seria bastante negativo para o país. Os britânicos respondem por 20% do volume e 25% da receita das exportações de carne de frango dos frigoríficos brasileiros à Europa. Ao todo, as vendas à UE renderam US$ 774,4 milhões em 2017.

"A gente recebeu um sinal de que o Reino Unido teria feito restrições, mas eles ficaram satisfeitos com as respostas que enviamos na sexta-feira e mantiveram as importações. Não chegou a haver nenhuma restrição de fato", explicou Rangel em referência às respostas do Ministério da Agricultura ao pedido de informações feito pela UE na semana passada a respeito das investigações da Operação Trapaça.

De acordo com Rangel, um fato positivo pode ser extraído desse recuo do Reino Unido. "É interessante, porque isso sinaliza bom senso, que a gente espera também dos Estados-membros da União Europeia", afirmou. O secretário também disse que o comunicado britânico precisa ser encarado dentro do contexto do "Brexit". Logo, não significa uma postura geral da União Europeia, afirmou.

Apesar disso, o risco ainda não foi dissipado. Técnicos do Itamaraty e do Ministério da Agricultura ainda não descartam que a União Europeia faça exigências duras ou até possa anunciar algum embargo à carne de frango do Brasil, ainda que temporária.

O bloco europeu não se posicionou oficialmente a respeito das respostas do Ministério da Agricultura para os seus questionamentos sobre a Trapaça, terceira etapa da Operação Carne Fraca deflagrada há uma semana pela Polícia Federal com foco em fraudes envolvendo laboratórios e a BRF na análise de salmonela em carne de frango.

Na terça-feira, um dia após a Polícia Federal divulgar que cinco laboratórios contratados por plantas da BRF forjaram laudos sobre a bactéria salmonela em carne de frango, a UE foi a primeira a manifestar preocupação e a pedir informações.

Os europeus receberam as respostas do Ministério da Agricultura na sexta-feira e devem devolver suas considerações apenas no fim desta semana, informou ao Valor uma fonte do bloco europeu. No entanto, as revelações da Operação Trapaça "nos pegou de surpresa e causou preocupação", disse a mesma fonte.

Embora tenha sido renovada com a Operação Trapaça, a preocupação europeia com a bactéria salmonela não é nova. Desde a primeira fase da Carne Fraca os europeus aumentaram os níveis de testes, e agora só aceitam a carne de frango salgada exportada pelo Brasil se ela não tiver qualquer traço da bactéria. Essas exigências reduziram as exportações brasileiras.
(Valor ) (Cristiano Zaia)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 13/12
_produção de ovos de galinha é a maior da série histórica (11:04)
Abate de frangos em agosto foi o segundo maior do ano (11:03)
Já começa a faltar crédito rural a juros controlados (09:17)
IBGE confirma avanço em abates de bovinos e suínos, e queda no frango (09:08)
Plasson investe R$ 28 milhões em expansão da unidade fabril, em Criciúma (08:20)
ABRA protocola ofício com solicitação que impacta indústrias produtoras de farinhas de pena, peixe e sangue (08:14)
Indústria de ovos dos EUA: desafios e oportunidades (08:11)
Fundamentos teóricos e aplicação no processamento de ovos e derivados (08:08)
Quarta-Feira, 12/12
Pioneirismo e inovação marcam 10 anos da Yes (10:12)
Exportações de carne bovina deverão bater novos recordes no ano que vem (08:41)
Embrapa fecha acordo com Sindan para pré-análise de novos produtos veterinários (08:40)
Granja do Cedro é destaque de pecuária no prêmio “As melhores da Dinheiro Rural” (08:40)
Safra pode repetir recorde com 238,4 milhões de toneladas (07:57)
Encontro de Avicultores premia os melhores da Integração Aurora/Cocari (07:56)
Assembleia Legislativa de Goiás homenageia dirigentes da Pif Paf Alimentos (07:54)
BRDE assina contratos de R$ 100 milhões com cooperativas paranaenses durante encontro da Ocepar (07:53)
A crescente preocupação com ectoparasitas e os prejuízos econômicos causados por estes (07:50)
Milho: Bolsa de Chicago segue tendência do dia e fecha terça-feira com pouca movimentação (07:50)
Além do enriquecimento de ovos, selênio apresenta benefícios produtivos (07:48)
Aviagen Estreia “I Escola de Incubação” da América Latina (07:25)
Terça-Feira, 11/12
Cresce dependência do agronegócio brasileiro das importações chinesas (08:06)
Milho: cotação da Bolsa de Chicago encerra segunda-feira próxima da estabilidade (08:03)
Soja: Brasil fecha o dia com estabilidade com recuo de Chicago e dos prêmios (08:00)
Mercado do boi gordo apresenta cenários distintos (07:58)
Inaugurado laboratório de referência em Campinas (07:55)
Segunda-Feira, 10/12
Sexta-Feira, 07/12
Cresce mobilização de caminhoneiros por nova paralisação (16:15)
Conferência FACTA WPSA-Brasil 2019 já tem data e temas definidos (12:52)
Qualidade de água é tema de palestra da Vetanco (09:50)
Cobb-Vantress premia melhores lotes da região Nordeste (09:07)
NUCLEOVET apresenta planejamento 2019 em evento em SP (09:03)
FRANGO/CEPEA: exportações recuam, mas valores da carne sobem em novembro (08:14)
Início de dezembro apresenta maior firmeza nas cotações do boi gordo (08:04)
Milho: Bolsa de Chicago fecha quinta-feira com leves baixas (08:00)
A pedido da CNA, STF suspende multas pelo descumprimento da tabela do frete (07:37)
Paraná desburocratiza processo de licenciamento ambiental (07:30)
Depois do frango, Marrocos libera importação de carne bovina dos EUA (06:28)