Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Empresas

Safeeds apresenta programa para controle de Salmonella

ProSafe une diferentes pontos de controle para reduzir contaminação e garantir segurança alimentar.
Campinas, SP, 16 de Maio de 2018 - Integradoras, produtores e também consumidores de produtos de origem animal estão sendo beneficiados com o Programa de Controle de Salmonella – o ProSafe, que une diferentes pontos de controle para garantir a segurança alimentar.

O programa de Controle de Salmonella se destaca agora pela importância que esse patógeno ganhou nos últimos dias, com a proibição da exportação de carne de frango a partir de diferentes frigoríficos brasileiros para a Europa. A Safeeds dispõe de ferramentas estratégicas para combater essa doença e investe no desenvolvimento de soluções para que os produtores de frango controlem a contaminação por Salmonella.

“Nossa missão é ajudar o nosso cliente, avaliando todos os pontos e implantando um programa que garanta a segurança em toda a cadeia, monitorando e corrigindo pontos falhos no processo produtivo”, explica o gerente de mercado da Safeeds, Juliano Trevizoli.

Sendo o Brasil o segundo maior produtor de frango no mundo, Trevizoli diz ser bastante difícil produzir aves com ausência completa de Salmonella, mas é preciso manter níveis baixos desse patógeno no campo. “O apoio do produtor é imprescindível para conseguir bons resultados nesse trabalho de combate. Todas as recomendações de limpeza, desinfecção, cama do aviário, biossegurança e demais orientações do especialista da indústria devem ser seguidas”, enfatiza.

De acordo com o gerente de mercado da Safeeds, o especialista, junto com o produtor, é quem vai garantir o controle da Salmonella.

Detalhes do Programa Controle de Salmonella

A Safeeds montou um programa completo para auxiliar as integradoras de frango a fim de monitorar os possíveis problemas no processo de produção. O trabalho ocorre nas fábricas de ração, aviários e incubatórios. O processo de análise de amostras e treinamentos de biosseguridade ocorre em todos os ambientes, inclusive nos abatedouros.
O uso estratégico de pontos de corte é determinado pela ampla monitoria, aliado a experiência da equipe técnica Safeeds.

“Com todo esse processo estamos visando a segurança alimentar dos consumidores e evitamos a contaminação nos produtos finais”, garante Juliano Trevizolli.

A Safeeds conta com equipe especializada para suporte técnico em toda a cadeia. Os trabalhos de pesquisa também auxiliam no desenvolvimento dos melhores produtos para o controle de Salmonella. Profissionais do Brasil e de outros países realizam testes diariamente com aves para buscar as melhores soluções para o problema.

Programa de Soluções Safeeds – ProSafe

O ProSafe contempla sete programas: Controle de Salmonella; Digestibilidade Monogástricos; Digestibilidade Ruminantes; Hidratação; Micotoxinas; Consumo de Alimentos; e, Conservação de Alimentos e Matérias Primas.

Cada uma dessas frentes possui várias ações, com pesquisa de campo e testes em laboratório. A partir disso, realiza-se o desenvolvimento de soluções e produtos para cada necessidade, envolvendo diferentes espécies. Para saber mais acesse: www.safeeds.com.br/prosafe
(Safeeds) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 17/10
Em Goiás, IOB prepara série de ações em parceria com a Associação Goiana de Avicultura (13:52)
Em MG, NECTA realiza 1º Dia do Ovo, com apoio do IOB (08:20)
Movimentação do Porto de Itajaí aumenta 81% em setembro (06:33)
Road Show Aves e Suínos da Boehringer fortalece a cadeia de proteína animal com conhecimento técnico (06:32)
Para ampliar exportação, setor de aves e de suínos vai à feira em Paris (06:31)
Importações chinesas de carne suína devem crescer 8% neste ano (06:10)
Soja: com previsão de melhora do clima nos EUA, mercado em Chicago ainda opera estável nesta 4ª (06:00)
Terça-Feira, 16/10
Da ABPA aos candidatos (09:18)
PF indicia Abilio Diniz e Pedro Faria no âmbito da Operação Trapaça (07:49)
Após relatório da PF, BRF defende tolerância zero e afasta 14 pessoas (07:48)
Milho fecha em alta na Bolsa de Chicago nesta 2a feira com clima adverso para colheita nos EUA (07:44)
Com demanda forte e clima adverso no Corn Belt, soja fecha com mais de 2%de alta em Chicago (07:40)
Plantio de soja evolui em ritmo acelerado em quase todo o país (07:39)
Brasil ganha mercado de soja na China, mas perde espaço para EUA na Europa (07:31)
MILHO/CEPEA: indicador recua quase 6% no acumulado do mês (07:30)
SOJA/CEPEA: dólar cai e pressiona valores internos da soja (07:29)
Segunda-Feira, 15/10
CBNA debate nutrição animal e produção sustentável de alimentos a partir de amanhã, no VIII CLANA, em Campinas, SP (13:29)
Programa Ovos RS: Atividades e Eventos (10:57)
Vetanco realiza Oficina de Trabalho em Carpina-PE (10:35)
Conheça a campanha Ovo Capixaba (10:32)
Da ABPA aos candidatos (09:19)
Agronegócio teme radicalismo e falta de experiência em equipe de Bolsonaro (08:15)
FRANGO/CEPEA: preços registram alta no atacado paulista (08:11)
SUÍNO/CEPEA: menor oferta para abate mantém preços estáveis na maior parte das regiões (08:07)
BOI/CEPEA: indicador oscila com força, mas acumula queda na parcial deste mês (08:05)
Projeções confirmam o peso do Brasil nas exportações de grãos (08:05)
Milho: mercado em Chicago ainda sente efeitos positivos do USDA e fecha em alta nesta 6ª feira (08:02)
Soja começa semana com estabilidade em Chicago nesta 2ª feira e foca colheita nos EUA (08:00)
Sexta-Feira, 12/10
Quinta-Feira, 11/10
Programa Ovos RS: eventos em Comemoração ao Dia Mundial do Ovo 2018 (11:56)
Globalmente, pescados batem carnes nas exportações (10:50)
Brasil poderá colher até 238 milhões de toneladas de grãos na safra 2018/19 (10:34)
ASGAV e Programa Ovos RS oficializam parceria com o Instituto do Câncer Infantil para apoio à 25ª Corrida pela Vida (09:29)
Programa Ovos RS: eventos em Comemoração ao Dia Mundial do Ovo 2018 (09:03)
Tradicional omelete do IOB faz parada na DSM (08:41)
Ceva Saúde Animal recebe palestra de nutricionista do IOB na Semana do Ovo (07:43)
Agronegócio: em setembro, vendas externas do setor somam mais de US$ 8 bilhões (07:36)
Participação maior do agro exterior passa por viés mais comercial do governo (07:34)
Milho: mercado fecha em queda na Bolsa de Chicago especulando números mais altos do USDA (07:31)
Soja: preços voltam a cair no Brasil nesta 5ª feira e travam ainda mais negócios da nova safra (07:29)