Segunda-feira, 23 de Julho de 2018
Saúde Animal

Paraná ganha novos equipamentos para prevenção e detecção de Influenza Aviária
Curitiba, PR, 10 de Julho de 2018 - O Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) entregou na terça-feira, 03, dois novos equipamentos ao Centro de Diagnóstico Marcos Enrietti, administrado pela Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar). O objetivo é potencializar a prevenção da Influenza Aviária no estado, além de outras doenças. Com o investimento de aproximadamente R$ 300 mil, será possível detecção, quantificação e monitoramento em tempo real, além da ampliação da capacidade de diagnóstico do laboratório.

Parceria - De acordo com o diretor-presidente da Adapar, Inácio Kroetz, a parceria mostra a importância da defesa sanitária animal. "O setor, ao investir na defesa sanitária pública, está atribuindo valor aos próprios investimentos que já fez anteriormente em sua parte produtiva para habilitação aos países mais exigentes do mundo. É a parceria ganha ganha, o estado com a rapidez nos ensaios de monitoramento e diagnóstico e a avicultura com o compromisso que a Adapar tem em realizar este monitoramento para garantir o acesso aos mercados", destaca.

Vantagens - Entre as vantagens da modernização destacam-se a rapidez e a precisão das análises. "Com a aquisição dos equipamentos ao Centro de Diagnóstico Marcos Enrietti, que é o laboratório oficial do estado para diagnóstico de enfermidades de interesse da defesa sanitária animal, estaremos colocando o Paraná como referência nacional no diagnóstico de enfermidades avícolas, proporcionando ao produtor diagnósticos mais precisos e rápidos, beneficiando, assim, toda a cadeia produtiva", explica a médica veterinária Rosaria Richartz, gerente de laboratórios da Adapar.

Fundo - O investimento será feito por meio do Fundo de Assistência Sanitária para a Avicultura (Funasavi-PR). Instituído pelo Sindiavipar há 10 anos, fundo atualmente com o apoio de toda a cadeia avícola do estado para manter a avicultura do Paraná entre as melhores do mundo. A reserva foi criado com a finalidade de contribuir para a prevenção, controle e erradicação de doenças que atinjam o setor, além de medidas de sanidade e ações que evitem a disseminação de patologias.

Recurso - "Este é um recurso essencial para manutenção do status sanitário do Paraná e, hoje, a Influenza Aviária é a doença que mais preocupa a avicultura mundial. Nós temos status livre da doença, porém, é necessário termos equipamentos suficientes para detectar a enfermidade se for necessário. Os exames são preventivos e de avaliação, o que nos permite ainda mais segurança, um status de real sanidade das aves do estado", afirma o presidente do Sindiavipar, Domingos Martins.

Funcionamento - Através da parceria entre o Sindiavipar e a Adapar foram adquiridos dois equipamentos utilizados para diagnósticos por técnicas moleculares: o Applied Biosystems® 7500 Fast Real-Time PCR Systems e o NanoDrop One Espectrofotômetro. Segundo a médica veterinária Rosária, o primeiro consiste em uma plataforma integrada de termociclagem ultra-rápida, para detecção, quantificação e monitoramento em tempo real de produtos obtidos por amplificações de DNA in vitro, capaz de processar simultaneamente 96 amostras e fornecer os resultados em aproximadamente 35 minutos.

Capacidade de diagnóstico - Já o outro equipamento identifica contaminantes e fornece concentrações precisas das amostras, otimizando o resultado final das análises. "A capacidade de diagnóstico do laboratório será aumentada. A aquisição desses equipamentos possibilitará que novos diagnósticos sejam implantados pela técnica de PCR (reação em cadeia da polimerase) em tempo real. Hoje, o laboratório realiza, na área de saúde animal, ensaios que empregam técnicas sorológicas, a identificação de patógenos por isolamento e a detecção de patógenos por PCR convencional", finaliza Rosária.

Sobre o Sindiavipar - O Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) representa 42 abatedouros, incubatórios e frigoríficos paranaenses. Desde sua fundação, há 25 anos, o Sindiavipar tem trabalhado para buscar o crescimento e a sustentabilidade da avicultura do estado, buscando sempre representatividade no mercado interno e externo. Atualmente, o Paraná é o maior produtor e exportador nacional, além de referência em sanidade avícola e responde por mais de 35% das exportações de carne de frango do país, embarcando o produto para mais de 160 países em todo o mundo.
(Sistema Ocepar) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 23/07
Sexta-Feira, 20/07
Cobb-Vantress promoverá amanhã a quarta edição da Queima do Frango (13:46)
Turra debate proteína animal e expansão agrícola durante o GAF 18 (10:54)
Biosseguridade na Avicultura entra na Programação do Canal Rural (10:52)
Granja Pinheiros bate recorde de produção em matrizes com o Ross 308 AP (AP95) no Brasil (09:49)
Embrapa lança cartilha de boas práticas de produção de postura comercial (08:50)
Inscrições abertas para o 2º Concurso de Qualidade de Ovos Capixaba (08:29)
Plano de Parente para BRF anima investidor (08:21)
Suíno segue se desvalorizando e Boi busca recuperação: acompanhe as análises de mercado do CEPEA (08:15)
CNA levanta custos de produção de grãos no PR (08:12)
Milho: mercado sobe pelo 3º dia consecutivo em Chicago (08:09)
Soja tem mais um pregão estável na Bolsa de Chicago nesta 6ª feira com traders cautelosos (08:00)
Quinta-Feira, 19/07
Instituto Ovos Brasil participa da Festa do Ovo de Bastos (09:33)
Biovet Vaxxinova anuncia nova Diretora de P&D e Assuntos Regulatórios (09:15)
FAO mostra um Brasil de importador a exportador de alimentos em duas décadas (09:00)
ABPA pede retirada de barreiras na exportação de carne de ave e de frango (08:30)
Cobb-Vantress é eleita a melhor empresa para trabalhar na região de São José do Rio Preto (08:14)
Milho: mercado inicia pregão desta 5ª feira próximo da estabilidade na CBOT (08:02)
Soja testa ligeiras baixas em Chicago nesta 5ª feira com mercado ainda bastante técnico (08:00)
Quarta-Feira, 18/07
Vetanco se faz presente em mais uma Festa do Ovo de Bastos (14:18)
Novo sistema da Secex gera dúvidas sobre dados de exportação de carne (08:30)
Alta do dólar impulsiona margem dos frigoríficos de carne bovina (08:20)
Valor Bruto da Produção Agropecuária está estimado em R$ 562,4 bilhões (08:10)
Milho: mercado testa tímidos ganhos na manhã desta 4ª feira em Chicago (08:06)
Soja tem estabilidade em Chicago nesta 4ª feira e busca manter movimento de recuperação (08:00)
Terça-Feira, 17/07
Frango fica menor e mais caro um mês e meio depois do fim da greve dos caminhoneiros (09:33)
Exportação de material genético avícola cresce 33% no semestre (09:31)
Inscrições pela internet para o Encontro Técnico Avícola terminam nesta terça-feira (09:00)
Aviagen investe estrategicamente em seu programa de melhoramento genético no Reino Unido (08:50)
Itaú BBA, Bradesco BBI e Morgan Stanley irão assessorar BRF em vendas (08:33)
5ª FAVESU já tem data e local confirmados (08:19)
Curso sobre incubação de ovos começa nesta quarta-feira 18/07, em Cascavel (PR) (08:14)
Com guerra comercial, cotação da carne suína desce a ladeira nos EUA (08:11)
Exportações de carne suína totalizam 278,3 mil toneladas no 1° semestre (08:10)
Milho: mercado tem dia correção técnica e fecha pregão desta 2ª com ligeiras valorizações em Chicago (08:06)
Soja sobe pelo 2º dia consecutivo em Chicago nesta 3ª feira com suporte nas condições das lavouras dos EUA (08:00)
USDA reduz índice de lavouras de soja e milho em boas ou excelentes condições (07:48)