Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
Empresas

Boehringer Ingelheim Saúde Animal reforça seu compromisso com o segmento de postura na 59ª Festa do Ovo de Bastos 2018

A empresa alemã reforça o compromisso de levar produtos e serviços de qualidade para o mercado de postura comercial
São Paulo, SP, 12 de Julho de 2018 - A Boehringer Ingelheim, uma das líderes mundiais em Saúde Animal, participará da Festa do Ovo 2018 - o principal evento da avicultura de postura brasileira, entre 12 e 14 de julho, em Bastos (SP). A empresa levará sua linha de soluções para aves de postura, reforçando sua tradição em qualidade com as vacinas Vaxxitek, Gallimune SE +ST e Yokei-5, aliadas dos avicultores no combate às principais doenças que ameaçam o crescimento da atividade.

“A Boehringer Ingelheim tem apostado no Brasil, reforçando sua equipe e investindo em pesquisa e desenvolvimento de produtos que estarão em breve no mercado nacional. Estamos trabalhando no reposicionamento de produtos e aumentando a equipe de serviços, a fim buscar o melhor atendimento aos produtores, explica Alberto Inoue, gerente de Marketing da BI FAST, unidade de Aves e Suínos da BI Saúde Animal.

A empresa ressalta os atributos de Vaxxitek, a vacina aviária mais vendida no mundo que, além da conveniência e alto nível de eficácia já reconhecidas do produto, preserva a integridade do sistema imune. Diferentemente, das vacinas com vírus vivos, sejam tradicionais ou complexo-imune, Vaxxitek não agride a bolsa de Fabricius e estimula uma proteção ampla devido à replicação do vetor HVT de Marek. Estudos demonstraram que aves vacinadas com Vaxxitek apresentam maior número de linfócitos B (Ingberman, 2018), células de defesa responsáveis pela produção de anticorpos, melhorando com isso, a resposta a outras vacinas.

Neste segundo momento, a Boehringer Ingelheim aborda o controle das Salmoneloses, que há alguns anos tem sido tema de destaque e, atualmente, ganhou maior repercussão devido às instruções normativas publicadas nos últimos anos.

“Seguimos a campanha da proteção preservando o sistema imune com Vaxxitek, melhorando também a proteção contra Salmonelas. Arafat e colaboradores (2017) demonstraram que aves vacinadas com vacinas vivas de Gumboro apresentam menor produção de anticorpos contra Salmonela e também maior número de isolamentos em órgãos e no ambiente, reforça Inoue.

Além disso, a companhia reforça suas soluções, que estão aderentes às normativas, com duas vacinas contra Salmonela: Gallivac SE, vacina viva contra Salmonella Enteritids, que possibilita uma proteção precoce e um bom estímulo à resposta celular, podendo estimular inclusive proteção cruzada contra outros sorovares. E Gallimune SE + ST, a vacina inativada contras Salmonella Enteritidis e Salmonella Typhimurium, recentemente aprovada também para uso em matrizes comerciais. Gallimune SE+ST possibilita um aumento na amplitude de proteção devido aos dois sorovares, além de transferir anticorpos no ovo que são inibidores do crescimento da Salmonela, contribuindo, portanto para maior segurança alimentar.

“A Festa do Ovo é uma excelente oportunidade para estar mais próximo dos produtores de ovos colocando à disposição os serviços e profissionais da empresa”, pontua Inoue. “É uma grande satisfação ver o setor de ovos se desenvolvendo, crescendo e ganhando espaço a cada ano. Isso é fruto de um trabalho sério e uma conscientização da população sobre os benefícios desse alimento tão rico. Nós, da Boehringer Ingelheim, somos parceiros do setor de ovos e esperamos poder contribuir para ele continue progredindo, finaliza o gerente de marketing.
(Boehringer Ingelheim Saúde Animal) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 16/02
Sexta-Feira, 15/02
Frango: Cepea aponta que poder de compra vem registrando mais um mês de queda (09:32)
Ovos: preços de fevereiro são os maiores desde junho/2018, destaca Cepea (09:30)
China anuncia tarifas de até 32,4% ao frango brasileiro por 5 anos (08:21)
Para cobrir rombo, Estados elevam tributação sobre agronegócio (08:11)
Suíno Vivo: altas em SP, PR, MG e GO (08:08)
Boi Gordo: mercado em ritmo lento (08:06)
Boi Gordo: volume de animais abatidos no BR se eleva em 2018 (08:05)
Milho: mercado estável (08:04)
Soja: preços registram alta (08:00)
MSD Saúde Animal patrocina Congresso de Ovos e debate complexo respiratório em espaço empresarial (07:43)
Quinta-Feira, 14/02
Mercado será foco dos debates na abertura do Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:52)
2ª Conbrasul Ovos abre período de inscrições online (13:38)
Indústria de alimentos prevê avanço de até 4% (09:34)
Etanol de milho avança (09:32)
Nova regra incentiva emissão de letras de crédito do agronegócio (08:50)
Pilgrim’s Pride registra prejuízo de US$ 8,2 milhões no 4º trimestre (08:40)
Recall da BRF expõe falha e transparência (08:38)
IOB segue sua campanha em São Paulo (08:26)
Vetanco homenageia Cooperitaipu (08:22)
Suíno Vivo: estabilidade nas cotações (08:16)
Boi: em SP, preço da arroba está estável (08:12)
Milho: estabilidade domina o dia (08:05)
Preços da soja sobem no Brasil nesta 4ª feira (08:00)
Quarta-Feira, 13/02
VAXXITEK® já imunizou 100 bilhões de aves contra Marek e Gumboro (11:53)
Santa Catarina começa o ano com alta nas exportações de carnes (11:23)
Por salmonela, BRF faz recall de lotes de frango no Brasil e exterior (08:22)
Exportações do agronegócio sobem 6% em 12 meses e somam US$ 102,14 bilhões (08:07)
Suíno Vivo: alta de 5,12% em SC (08:05)
Boi gordo: oferta restrita dificulta a compra pelos frigoríficos (08:03)
Mercado Interno do milho permanece estável (08:00)
Brasil proíbe uso de antibióticos promotores de crescimento (07:51)
Clima adverso faz Conab e IBGE reduzirem projeções para safra (07:50)
SP: produção de grãos deve superar sete milhões de toneladas (07:49)
Terça-Feira, 12/02
IBGE: Cai o abate de frangos, sobe o de bovinos e suínos (10:51)
Prêmio Lamas de pesquisa avícola está com inscrições abertas (08:22)
NUCLEOVET faz evento de lançamento dos Simpósios 2019 em Chapecó (08:20)
Suíno Vivo: alta de 2,94% no PR (08:09)
Mercado do boi gordo retoma fôlego (08:06)
Mercado interno do milho apresenta pouca movimentação (08:04)
Produção de soja poderá ser a menor em três anos (08:02)
Preços da soja no Brasil apresentam poucas mudanças (08:00)
Por que ainda não sou vegetariano (07:57)
Após suspensão, exportadores de frango do Brasil vão a Riad (07:56)
No centro de inovação da BRF, um olhar sobre o futuro da embalagem (07:55)