Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018
Empresas

Aviagen investe estrategicamente em seu programa de melhoramento genético no Reino Unido
Edimburgo, Reino Unido, 17 de Julho de 2018 - A Aviagen® concluiu recentemente a primeira fase de um investimento de mais de 35 milhões de euros em seu programa de melhoramento genético no Reino Unido, com o objetivo de beneficiar a base global de clientes da empresa, através de um fornecimento de avós, matrizes e frangos com a mais elevada qualidade genética.

Como a demanda por produtos Aviagen é crescente em todo o mundo, a infraestrutura da empresa segue sendo fortalecida continuamente. “O investimento contínuo em melhorias de nossas unidades é parte integral de nossa estratégia global”, afirma Alfons Koerhuis, diretor técnico do Grupo Aviagen. “E estamos fortalecendo consistentemente nosso balanceado programa de melhoramento genético para otimizar as características de saúde, bem-estar animal e produção em nossos produtos. Ao mesmo tempo desenvolvemos nosso portfólio de produtos para que possamos oferecer aos nossos clientes diversas opções de produtos, que atendam às diferentes exigências de mercado. Tudo isso requer investimento contínuo e substancial em nossas unidades”.

Expansão de programa de pedigree resulta em ainda mais recursos de P&D

O programa de pedigree no Reino Unido, um dos dois programas de melhoramento genético em operação pela Aviagen, teve um acréscimo em sua capacidade de 40%, como resultado de uma série de expansões nas granjas. Isso permite uma pressão de seleção ainda maior, associada à distribuição do progresso genético de seus produtos à clientes em todo o mundo.

A expansão e a atualização das unidades existentes trouxeram mais espaço para a inclusão de tecnologia de ponta, auxiliando a empresa no processo de seleção balanceado. Isso inclui uma maior expansão da análise de dados de alimentação das aves, através de um transponder, bem como novas técnicas de seleção para a saúde das pernas, rendimento e qualidade de carne. “Como a ração representa o maior custo na produção avícola, a melhoria em conversão alimentar representa enormes benefícios econômicos e de sustentabilidade. Sempre mantivemos a conversão alimentar no topo das nossas prioridades em seleção genética, e esse forte investimento nos permite entregar ainda mais progressos aos resultados de campo – o que é bom tanto para os produtores quanto para o impacto ambiental da indústria de frangos de corte”, comenta Magnus Swalander, gerente geral da Aviagen Ltd.

Todas as granjas apresentam as mais inovadoras características, incluindo instalações com ventilação cruzada, alto isolamento, aquecimento eficiente e controle de temperatura com a construção de passarelas cobertas, comprovando a liderança da Aviagen em biossegurança e bem-estar animal no setor.

Nova granja de bisavós de última geração reforça compromisso com o Reino Unido como base de fornecimento a longo prazo

Além do alto investimento no programa de pedigree, uma nova granja de bisavós foi construída com um dos avicultores sob contrato com a Aviagen. O investimento na nova unidade, com alojamento de 20.000 aves, é superior a 1,75 milhão de euros e aumenta em 5% a capacidade de produção nas unidades da Aviagen no Reino Unido. A nova granja foi projetada com as mais modernas tecnologias e inovações, para fornecer os mais altos padrões em bem-estar animal e para alcançar um excelente desempenho biológico em suas aves.

Incubatório no Reino Unido é ampliado em resposta à crescente demanda

Como parte do contínuo programa de investimentos em andamento, um novo incubatório de última geração está sendo construído. Localizado em Rugby em Warwickshire, no Reino Unido, começará a operar no início de 2019. Com uma capacidade de incubação de 180.000 ovos/semana, o novo incubatório será construído de acordo com o mais alto padrão da indústria avícola global e incorporará equipamentos de última geração, operando sob as condições mais rigorosas em bem-estar e biossegurança.

“Com o incubatório em Rugby, adicionado aos nossos já existentes incubatórios no Reino Unido, poderemos garantir o fornecimento seguro e contínuo de aves da Aviagen através do sistema de produção britânico, estrategicamente posicionado para importação a nossos clientes internacionais, bem como para entregas no mercado doméstico”, acrescenta Magnus.

Investimentos no Reino Unido fazem parte do programa de P&D na Europa

“Os investimentos do Reino Unido são apenas uma parte dos investimentos globais que estamos efetuando para o futuro de nosso negócio e da indústria”, conclui Alfons. “Com um amplo programa de investimentos em toda a Europa, também estamos expandindo nossas granjas de testes para aumentar consistentemente o conhecimento e desenvolvimento de produtos em diferentes ambientes de produção e requisitos de nossos clientes. É um projeto de longo prazo que reforça nosso compromisso em fornecer a nossos clientes produtos de alta qualidade, apoiados por pesquisa e desenvolvimento de ponta, bem-estar animal e biossegurança”.




Atualização e expansão das instalações de pedigree: recursos avançados em P&D, nova granja de bisavós e aumento na capacidade de incubação.

Sobre a Aviagen

Desde 1923, a Aviagen® estabeleceu-se como líder mundial em genética de aves, desenvolvendo linhagens para a produção de frangos sob as marcas Arbor Acres®, Indian River® e Ross®. O Rowan Range® e os Machos Especiais® são categorias de produtos especiais que a empresa oferece, possibilitando a seus clientes atingirem as demandas em específicos nichos de mercado. A sede da empresa situa-se em Huntsville, Alabama (Estados Unidos) e a Aviagen detém operações próprias no Reino Unido, Europa, Turquia, América Latina, Índia, Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos, além de joint ventures na Ásia. A Aviagen tem mais de 4.600 colaboradores e uma rede de distribuição global em mais de 100 países.
(Aviagen) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 19/10
Exportadores de aves e de suínos lançam campanha de imagem na União Europeia (09:58)
FRANGO/CEPEA: menor produção sustenta valor do pintainho em 2018 (09:48)
OVOS/CEPEA: preços iniciam segunda quinzena em forte queda (09:46)
BRF mantém conversas "amplas" com autoridades sobre investigações da PF (09:15)
Por carnes, Brasil faz proposta a Hong Kong (07:28)
Condomínio Vespasiano Corrêa assina contrato para liberação de financiamento (07:14)
Milho em Chicago dá continuidade às baixas da sessão anterior e testa ligeiras perdas nesta 6ª feira (07:13)
Após queda intensa, soja passa por leve correção técnica em Chicago nesta 6ª feira (07:12)
Fraca demanda pela soja dos EUA derruba preço em Chicago (07:00)
Quinta-Feira, 18/10
Vetanco participa do ACAV 2018 (14:46)
Chile reabre mercado para avicultura do RS (13:32)
SUÍNOS/CEPEA: exportação elevada sustenta preços no Brasil (10:15)
BOI/CEPEA: produtividade de carne por animal é maior em SP (09:44)
Adaptação veterinária (08:55)
Guerra comercial já eleva os preços na China (08:45)
BRF negocia acordo de leniência com MPF e CGU (08:14)
Agro olhou para eleição presidencial e esqueceu representantes do setor (08:11)
Soja: mercado no Brasil tem novo dia de pressão nesta 4ª e continua sentindo peso do câmbio (08:00)
Força-tarefa encontra três novos focos de peste suína no Ceará (07:28)
O frigorífico que produz carne de frango sem matar nenhuma ave (06:51)
Quarta-Feira, 17/10
Em Goiás, IOB prepara série de ações em parceria com a Associação Goiana de Avicultura (13:52)
Em MG, NECTA realiza 1º Dia do Ovo, com apoio do IOB (08:20)
Movimentação do Porto de Itajaí aumenta 81% em setembro (06:33)
Road Show Aves e Suínos da Boehringer fortalece a cadeia de proteína animal com conhecimento técnico (06:32)
Para ampliar exportação, setor de aves e de suínos vai à feira em Paris (06:31)
Importações chinesas de carne suína devem crescer 8% neste ano (06:10)
Soja: com previsão de melhora do clima nos EUA, mercado em Chicago ainda opera estável nesta 4ª (06:00)
Terça-Feira, 16/10
Da ABPA aos candidatos (09:18)
PF indicia Abilio Diniz e Pedro Faria no âmbito da Operação Trapaça (07:49)
Após relatório da PF, BRF defende tolerância zero e afasta 14 pessoas (07:48)
Milho fecha em alta na Bolsa de Chicago nesta 2a feira com clima adverso para colheita nos EUA (07:44)
Com demanda forte e clima adverso no Corn Belt, soja fecha com mais de 2%de alta em Chicago (07:40)
Plantio de soja evolui em ritmo acelerado em quase todo o país (07:39)
Brasil ganha mercado de soja na China, mas perde espaço para EUA na Europa (07:31)
MILHO/CEPEA: indicador recua quase 6% no acumulado do mês (07:30)
SOJA/CEPEA: dólar cai e pressiona valores internos da soja (07:29)
Segunda-Feira, 15/10
CBNA debate nutrição animal e produção sustentável de alimentos a partir de amanhã, no VIII CLANA, em Campinas, SP (13:29)
Programa Ovos RS: Atividades e Eventos (10:57)
Vetanco realiza Oficina de Trabalho em Carpina-PE (10:35)
Conheça a campanha Ovo Capixaba (10:32)
Da ABPA aos candidatos (09:19)
Agronegócio teme radicalismo e falta de experiência em equipe de Bolsonaro (08:15)
FRANGO/CEPEA: preços registram alta no atacado paulista (08:11)
SUÍNO/CEPEA: menor oferta para abate mantém preços estáveis na maior parte das regiões (08:07)
BOI/CEPEA: indicador oscila com força, mas acumula queda na parcial deste mês (08:05)
Projeções confirmam o peso do Brasil nas exportações de grãos (08:05)
Milho: mercado em Chicago ainda sente efeitos positivos do USDA e fecha em alta nesta 6ª feira (08:02)
Soja começa semana com estabilidade em Chicago nesta 2ª feira e foca colheita nos EUA (08:00)