Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
Empresas

Grupo Mantiqueira lança a sua primeira linha de ovos produzidas no sistema "cage free"
Rio de Janeiro, RJ , 17 de Agosto de 2018 - Enquanto o setor avícola brasileiro e órgãos como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) discutem a implementação no país do sistema de produção de ovos por aves livres de gaiolas; o Grupo Mantiqueira se antecipa às tendências internacionais de consumo e lança a Happy Eggs®, sua mais nova linha de ovos, 100% produzida através do novo sistema.

A empresa, que é uma das 12 maiores granjas do mundo e a maior produtora de ovos do Brasil e da América do Sul, escolheu o aniversário de 30 anos da marca, para lançar a nova linha. No mercado internacional, a União Europeia e parte dos Estados Unidos já aprovaram regulamentações, que eliminam sistemas de alojamento no prazo de alguns anos. No Brasil, diversas empresas do setor de alimentação e hotelaria também já se comprometeram em consumir até 2025, apenas ovos produzidos pelo sistema livre de gaiolas (cage free). E embora a transição nas cadeias de fornecimento brasileiras esteja prevista apenas para os próximos nove anos, o Grupo Mantiqueira já começou a adotar o novo sistema.

Os Happy Eggs®, produzidos pelo sistema cage free, tem como características a não adoção de gaiolas. A opção proporciona qualidade de vida produtiva às aves, atendendo ao conceito de bem- estar da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE). Neste sistema as aves são criadas em galpões providos de ninhos e poleiros, com liberdade para se movimentar.

“O sistema livre de gaiolas é um desafio para a produção de ovos no Brasil e segue tendência mundial de consumo, de um público que preza pela criação das aves livres. E como a Mantiqueira é sempre pioneira na modernização das granjas e produção de ovos diferenciados, fez questão de se antecipar e atender a demanda, muito antes do prazo previsto,” comenta Leandro Pinto, presidente do Grupo Mantiqueira.

Para adotar o novo sistema, a empresa investiu em condições ambientais, tecnologia de ponta e pesquisas cientificas, estando totalmente apta para atender a demanda do mercado nacional. Os Happy Eggs® que estão disponíveis nas maiores redes de supermercados do eixo Rio-SP.

O Grupo Mantiqueira também é produtor dos ovos comuns de galinhas criadas livres de gaiola de Taeq, marca exclusiva do Extra e do Pão de Açúcar para o segmento de alimentação saudável. A marca estabelece uma nova categoria no mercado, oferecendo ao consumidor um produto que garante o bem-estar animal e com preço acessível. O produto é parte da estratégia do Grupo GPA (controlador das redes varejistas) para comercializar, até 2025, somente ovos provenientes da criação de galinhas livres de gaiolas em suas marcas exclusivas.

Como o sistema cage-free tem um custo bem maior de produção em relação ao sistema antigo, em um primeiro momento a empresa optou por ainda manter parte das linhas de produção dentro do sistema tradicional, proporcionando condições de preço mais acessíveis a população, para que haja sempre um produto da Mantiqueira disponível a todos os perfis de consumidores do Brasil. Afinal, os ovos são um alimento essencial e natural, ocupando o quinto lugar no ranking das proteínas mais consumidas no mundo, uma fonte barata de excelente qualidade, com vitaminas, minerais, pouca concentração calórica, e um importante aliado no combate à fome.

O Grupo Mantiqueira, iniciou suas atividades na Serra da Mantiqueira e hoje conta com unidades produtoras em Minas Gerais, Mato Grosso, parceria também com a Fazenda da Toca para a produção de ovos orgânicos, e a nova sede em Paraíba do Sul, com o sistema “Cage free”.
(Grupo Mantiqueira) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 16/02
Sexta-Feira, 15/02
Frango: Cepea aponta que poder de compra vem registrando mais um mês de queda (09:32)
Ovos: preços de fevereiro são os maiores desde junho/2018, destaca Cepea (09:30)
China anuncia tarifas de até 32,4% ao frango brasileiro por 5 anos (08:21)
Para cobrir rombo, Estados elevam tributação sobre agronegócio (08:11)
Suíno Vivo: altas em SP, PR, MG e GO (08:08)
Boi Gordo: mercado em ritmo lento (08:06)
Boi Gordo: volume de animais abatidos no BR se eleva em 2018 (08:05)
Milho: mercado estável (08:04)
Soja: preços registram alta (08:00)
MSD Saúde Animal patrocina Congresso de Ovos e debate complexo respiratório em espaço empresarial (07:43)
Quinta-Feira, 14/02
Mercado será foco dos debates na abertura do Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:52)
2ª Conbrasul Ovos abre período de inscrições online (13:38)
Indústria de alimentos prevê avanço de até 4% (09:34)
Etanol de milho avança (09:32)
Nova regra incentiva emissão de letras de crédito do agronegócio (08:50)
Pilgrim’s Pride registra prejuízo de US$ 8,2 milhões no 4º trimestre (08:40)
Recall da BRF expõe falha e transparência (08:38)
IOB segue sua campanha em São Paulo (08:26)
Vetanco homenageia Cooperitaipu (08:22)
Suíno Vivo: estabilidade nas cotações (08:16)
Boi: em SP, preço da arroba está estável (08:12)
Milho: estabilidade domina o dia (08:05)
Preços da soja sobem no Brasil nesta 4ª feira (08:00)
Quarta-Feira, 13/02
VAXXITEK® já imunizou 100 bilhões de aves contra Marek e Gumboro (11:53)
Santa Catarina começa o ano com alta nas exportações de carnes (11:23)
Por salmonela, BRF faz recall de lotes de frango no Brasil e exterior (08:22)
Exportações do agronegócio sobem 6% em 12 meses e somam US$ 102,14 bilhões (08:07)
Suíno Vivo: alta de 5,12% em SC (08:05)
Boi gordo: oferta restrita dificulta a compra pelos frigoríficos (08:03)
Mercado Interno do milho permanece estável (08:00)
Brasil proíbe uso de antibióticos promotores de crescimento (07:51)
Clima adverso faz Conab e IBGE reduzirem projeções para safra (07:50)
SP: produção de grãos deve superar sete milhões de toneladas (07:49)
Terça-Feira, 12/02
IBGE: Cai o abate de frangos, sobe o de bovinos e suínos (10:51)
Prêmio Lamas de pesquisa avícola está com inscrições abertas (08:22)
NUCLEOVET faz evento de lançamento dos Simpósios 2019 em Chapecó (08:20)
Suíno Vivo: alta de 2,94% no PR (08:09)
Mercado do boi gordo retoma fôlego (08:06)
Mercado interno do milho apresenta pouca movimentação (08:04)
Produção de soja poderá ser a menor em três anos (08:02)
Preços da soja no Brasil apresentam poucas mudanças (08:00)
Por que ainda não sou vegetariano (07:57)
Após suspensão, exportadores de frango do Brasil vão a Riad (07:56)
No centro de inovação da BRF, um olhar sobre o futuro da embalagem (07:55)