Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
Ciência e Tecnologia

Açúcar leva Brasil a acionar China na OMC
Genebra, Suíça, 21 de Setembro de 2018 -

O governo de Michel Temer deverá alvejar a China na sua última disputa comercial de sua gestão. O Valor apurou que o Brasil decidiu acionar a Organização Mundial do Comércio (OMC) contra barreiras impostas por Pequim às exportações de açúcar.

Fontes consultadas pela reportagem afirmaram que a expectativa em Brasília é pedir até o fim do ano consultas com os chineses, primeiro passo exigido pelas regras da OMC para examinar um contencioso. A medida pavimenta o caminho para o próximo governo partir para a fase posterior, que é a abertura de um caso diante dos juízes do órgão.

A sobretaxa imposta pelos chineses no ano passado, que levou a tarifa a 90%, derrubou os embarques brasileiros de açúcar ao país asiático em quase 85% em 2017, para US$ 134 milhões, segundo a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). Até então, o Brasil era o maior fornecedor de açucar para o mercado chinês. Durante um bom tempo, o Brasil insistiu em buscar esclarecimentos sobre a sobretaxa e maior acesso a estatísticas, para avaliar como retomar as vendas.

Mas os sinais emanados por Pequim é que a barreira vai aumentar. Quando a China aplicou a medida de salvaguarda para proteger sua indústria, isentou os produtores de países pobres. Mas recentemente sinalizou a representantes brasileiros que houve um surto de importações procedentes desses países, e que agora o plano é bloquear todos os exportadores.

Já uma eventual disputa com a China em razão de barreiras ao frango brasileiro deverá ficar para o próximo governo. Representantes do Brasil reiteram que investigações chinesas não conseguiram produzir evidências de dumping nas vendas, dano ou vínculo causal no caso da carne de frango. As exportações brasileiras representam apenas 5% do que a China importa.

Mas há outro problema em discussão na OMC, também relacionado ao açúcar. Em parceria com a Austrália, o Brasil voltará a reclamar da Índia e do Paquistão por concessões de subsídios ao setor durante reunião na semana que vem no Comitê de Agricultura do órgão. Brasileiros e australianos querem levar a disputa aos juízes da OMC, mas por enquanto o tema será tratado no comitê.

O governo da Índia avisou que vai contestar qualquer tentativa de desmantelamento de seus subsídios. Alega, em primeiro lugar, que a ajuda que concede a seus produtores de açucar é temporária. E diz que tem prazo até 2023 para pôr fim aos subsídios a essa indústria - na verdade, o plano atualmente em estudo é dar uma ajuda adicional de US$ 617 milhões ao setor, o que deverá ampliar suas exportações. A expectativa é que a India, que deverá superar o Brasil como maior produtor mundial, exporte 6 milhões de toneladas de açúcar em 2018, graças aos subsídios.

O Paquistão segue a mesma linha de subvencionar a produção para aumentar a exportação de açúcar, ignorando os acordos internacionais no comércio. (Colaborou Camila Souza Ramos, de São Paulo)

(Valor Econômico) (Assis Moreira)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 17/07
ANTT cede a caminhoneiros em tabela do frete (09:00)
Aviagen reúne representantes das principais empresas avícolas da América Latina para evento técnico nos EUA (08:16)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte disparam em junho (08:11)
Mercado do boi gordo está perdendo força (08:07)
Mercado do milho finaliza a pregão nesta 3ª feira em campo negativo na CBOT (08:03)
Soja fecha com baixas de dois dígitos em Chicago (08:00)
Instituto Ovos Brasil patrocina 3ª edição da Corrida da Festa do Ovo (07:42)
Terça-Feira, 16/07
Yamasa participa da Festa do Ovo 2019, patrocina Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos e Corrida da Festa do Ovo (12:04)
Boehringer Ingelheim Saúde Animal confirma presença na Festa do Ovo de Bastos 2019 e reforça seu compromisso com o segmento de postura (12:00)
Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 602,8 bilhões em 2019 (11:30)
Milho: Mercado inicia sessão nesta 3ª feira com baixas em Chicago (09:34)
Plantio atrasado nos EUA estende impacto do clima sobre preço de grãos (09:22)
Mercosul acelera vigência de acordo com UE (09:19)
Levantamentos indicam que geada não comprometeu oferta de produtos (08:31)
PIB do agronegócio cresce 0,04% em abril (08:27)
Santa Catarina encerra o primeiro semestre com alta de 56% nas exportações de carnes (08:24)
Exportação de milho do Brasil no acumulado de julho já supera volume de junho (08:22)
Começo de semana parado no mercado do boi gordo (08:10)
Milho: mercado finaliza a sessão nesta 2ª feira com forte recuo na Bolsa de Chicago (08:08)
Soja fecha a 2ª feira com mais de 10 pts de queda na CBOT (08:00)
Segunda-Feira, 15/07
MSD Saúde Animal marca presença na Festa do Ovo (12:34)
SP: preços agropecuários sobem 2% em junho (12:18)
Ovos: preços têm comportamentos distintos dentre regiões (11:38)
Milho: com possível recorde em 18/19, comprador se retrai (11:37)
Soja: dólar recua e afasta vendedor, limitando liquidez (11:35)
Biovet Vaxxinova participa da Festa do Ovo em Bastos (SP) (09:19)
Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos acontece nesta quarta-feira (07:52)
Pelo segundo ano, EUA veem Brasil na liderança mundial de soja (07:47)
Milho: mercado encerra sessão desta 6ª feira com fortes valorizações na Bolsa de Chicago (07:43)
Os perigos dos antibióticos para animais saudáveis (07:41)
Soja: clima quente e seco no Corn Belt puxam Chicago na 6ª (07:41)
Vendas externas do agro em junho somam US$ 8,34 bi (07:35)
Sexta-Feira, 12/07
Cobb-Vantress promove palestra sobre otimização na cadeia do frango no Avicultor 2019 (15:04)
Vetanco mais uma vez presente na Festa do Ovo (15:00)
ABPA leva proposta de logística setorial ao Ministro de Infraestrutura (14:56)
Fábrica dedicada de Toledo da De Heus conquista certificação (10:55)
Frango: China reduz compras, mas embarques totais do Brasil ainda sobem (10:20)
Suínos: mudança metodológica do Cepea entra em vigor a partir de 1º de agosto (10:18)
China reduz previsão de uso de milho em 2019/20 em 2 mi t por peste suína africana (10:07)
Aviagen realiza 56ª Escola Anual de Manejo de Produção em Huntsville, EUA (09:04)
Aditivos ajudam produtores de Bastos a aumentarem a rentabilidade das granjas (09:01)
Disputas entre EUA e China prejudicam resultados globais da Cargill (08:40)
Naufraga a tentativa de fusão entre BRF e Marfrig (08:38)
Carnes caminham na direção oposta à inflação (08:36)
Pelo segundo ano, EUA veem Brasil na liderança mundial de soja (08:35)
Desembolsos de crédito rural cresceram 9% em 2018/19, para R$ 176 bi (08:32)
SC busca soluções para recolhimento de carcaças nas propriedades rurais e para Rota do Milho (07:47)
Soja mantém estabilidade em Chicago nesta 6ª após USDA dentro do esperado (07:34)
Milho sobe 3% na Bolsa de Chicago após novos relatórios do USDA (07:30)
Quinta-Feira, 11/07
Avicultura mineira busca mobilizar associados para a Semana do Ovo 2019 (14:35)
Cobb-Vantress realiza nova edição do Workshop da Indústria Avícola (13:15)
Laura Villarreal é a nova gerente geral da MSD Saúde Animal Chile/Argentina (10:51)
Exportações de carne suína crescem 81% em junho (09:38)
Aviagen continua em dinâmica expansão pela América Latina (09:17)
Força da avicultura de Bastos leva IOB à Festa do Ovo (09:08)
Safra recorde de grãos deve chegar a 240,7 milhões de toneladas (08:24)
Suínos: embarques aumentam 24% e receita sobe 40% no 1º semestre (08:10)
Boi Gordo: preço do bezerro absorve aumento de produtividade (08:09)
Boi Gordo: pressão na arroba paulista na volta do feriado (08:06)
Soja tem estabilidade em Chicago nesta 5ª feira (08:04)
Milho: mercado encerra pregão desta 4ª feira com ganhos na CBOT (08:00)