Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019
Empresas

PF indicia Abilio Diniz e Pedro Faria no âmbito da Operação Trapaça
São Paulo, SP, 16 de Outubro de 2018 - Os empresários Abilio Diniz, ex-presidente do conselho de administração da BRF, e Pedro Faria, ex-CEO global da empresa, foram indiciados pela Polícia Federal no relatório final da Operação Trapaça, investigação que apura fraudes que teriam sido cometidas por funcionários e executivos da companhia de alimentos. O atual vice-presidente internacional da BRF, Simon Cheng, também foi indiciado. Ao todo, a PF indiciou 43 pessoas.

O indiciamento não significa culpa, mas apenas que a autoridade policial acredita haver indícios de crime. Portanto, os indiciados são formalmente suspeitos. Após o relatório da Polícia Federal, cabe ao Ministério Público Federal (MPF) avaliar o documento e apresentar ou não uma denúncia formal à Justiça contra os suspeitos.

No caso de Abilio Diniz, a PF suspeita dos crimes de estelionato e contra a saúde pública e falsidade ideológica. Faria também foi considerado suspeito pelos mesmos crimes. Ambos são suspeitos de participarem de uma "organização criminosa", segundo a PF.

Ex-executivos do alto escalão da BRF, José Roberto Rodrigues, Marcos Jank, Fabrício Delgado e Hélio Rubens Mendes dos Santos Junior estão entre os indiciados. O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o ex-ministro da Agricultura Francisco Turra, também está na lista.

Entre os crimes investigados estão fraudes em testes sobre a presença de salmonela em carne de frango destinada à exportação.

Procurado, Abilio afirmou em nota. que que “não cometeu nenhuma irregularidade como Presidente do Conselho de Administração da BRF. No relatório apresentado pela Polícia Federal, não existem elementos que demonstrem irregularidades”

Também em comunicado, Faria afirmou que “jamais houve qualquer determinação da diretoria do Grupo BRF, muito menos de Pedro Faria, no sentido de acobertar quaisquer eventuais desconformidades relativas ao processo produtivo da companhia”.

De acordo com Faria, sua gestão foi marcada pelos esforços em ampliar o rigor no controle sanitário. O executivo ressaltou que, “se falhas houve, estas jamais contaram com a anuência da administração da BRF, razão pela qual causa surpresa a conclusão a que chegou a Polícia Federal, totalmente discrepante daquilo que foi demonstrado no curso do inquérito”.

A ABPA, em nota, defendeu sua atuação junto ao Ministério da Agricultura.“[...] como entidade representativa da avicultura e da suinocultura do País, atua dentro dos limites estabelecidos pela Lei, e refuta as menções feitas pela Polícia Federal à sua atuação. Como representação setorial, é dever da ABPA defender os interesses do setor produtivo dentro dos limites legais”.

(Valor) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 16/01
Terça-Feira, 15/01
FRANGO/PERSPEC 2019: após ano difícil, cenário sinaliza recuperação para 2019 (11:27)
OVOS/PERSPEC 2019: excesso de produção pode limitar ganho; produtores devem ter cautela em 2019 (11:25)
SUÍNOS/PERSPEC 2019: exportação e custo menor podem garantir ano mais positivo (11:23)
BOI/PERSPEC 2019: após exportação recorde em 2018, setor aposta em demanda interna em 2019 (11:21)
Foto de ovo tem o maior número de “curtidas” do mundo (07:39)
Redes de fast-food não se comprometem com bem-estar de frangos, diz ONG (07:38)
eSocial: o que o empregador PF precisa saber sobre CAEPF (07:37)
Baixa demanda por carne bovina mantém mercado do boi com pouca movimentação (07:20)
Importações chinesas de soja recuaram 8% em 2018 (07:18)
Soja testa leves altas em Chicago nesta 3ª feira corrigindo as últimas baixas (07:17)
Segunda-Feira, 14/01
Cooperativa Lar apresenta planos de desenvolvimento para 2019 (12:49)
MILHO/CEPEA: preços apresentam comportamento distinto dentre as regiões (10:33)
SOJA/CEPEA: desvalorização do dólar frente ao real pressiona cotações internas (10:31)
Empresas de proteína animal buscam aproximação com pasta da Agricultura (08:30)
Mesmo com Carne Fraca, Brasil lidera vendas à UE (08:18)
Empreitada da BRF na Argentina deixa R$ 1,2 bi em perdas (08:10)
Oferta maior que a demanda no mercado de ovos (08:06)
Boi Gordo: escalas de abate confortáveis, mas pressão de baixa não é generalizada (08:03)
Para evitar risco de desabastecimento, China deve triplicar compras de milho (08:01)
Soja recua em Chicago nesta 2ª feira realizando lucros e refletindo menores importações da China (08:00)
Sexta-Feira, 11/01
FRANGO/CEPEA: poder de compra segue pressionado neste início de 2019 (09:22)
OVOS/CEPEA: preços iniciam 2019 em queda (09:20)
Cooperativas engajadas no desenvolvimento catarinense (08:00)
BRF conclui venda de ativos na Argentina e arrecada R$ 560 milhões (07:45)
Boi Gordo: recuo na demanda reflete em desvalorização da arroba (07:42)
Milho: Bolsa de Chicago encerra quinta-feira com quedas de 5 pontos (07:32)
Soja fecha com baixas de dois dígitos em Chicago nesta 5ª feira (07:30)
Quinta-Feira, 10/01
C.Vale inicia calendário de eventos promovendo mais uma edição de seu tradicional dia de campo (11:39)
SUÍNOS/CEPEA: embarques de carne suína voltam a recuar em dezembro (09:31)
BOI/CEPEA: 40% das exportações brasileiras são destinadas para Hong Kong e China (09:30)
Conab divulga novo estudo da safra de grãos e estima que produção será de 237,3 milhões de toneladas (09:28)
China pode comandar mercado mundial de aves (08:18)
Financiamento da produção aumentou 14% em relação ao semestre anterior (08:16)
Milho: preços em alta na Bolsa de Chicago (08:05)
Soja: novas altas em Chicago (08:00)
Mercado do boi sem viés definido (07:50)
Parceria com empresa alemã pode tornar Toledo (PR) referência em biogás (07:36)
Saiba como usar a tecnologia no Agro a seu favor (07:35)
Nestlé lança seu primeiro hambúrguer sem carne (07:31)
Criadores de Rondônia compram mais de 1,5 mil toneladas de milho (07:30)
Cooperativa Languiru apresenta projeto de expansão da avicultura (01:38)
Hambúrguer vegano "que sangra" agora tem versão sem glúten e com 240 calorias (01:32)
Uso de xilanase para melhoria da funcionalidade de fibras nos monogástricos é defendida pela AB Vista (01:30)