Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
Bem-estar Animal

Produtores de Lucas do Rio Verde recebem selo internacional
Lucas do Rio Verde, MT, 30 de Janeiro de 2019 - Avicultores de Lucas do Rio Verde receberam o selo internacional Certified Humane, que reconhece a aplicação de boas práticas de bem-estar animal em granjas de aves de corte. Entre as melhorias implementadas estão a redução da quantidade de animais por metro quadrado, a instalação de objetos de bicar para que os frangos tenham espaço para expressar seu comportamento natural e o enriquecimento ambiental, com fardos de maravalha instalados no chão do aviário.

“As granjas regulares comportam até 39 kg de aves por metro quadrado. Já as granjas que levam o selo Certified Humane operam com 30 kg aves por metro quadrado”, explica Eliane Horning, especialista em sustentabilidade e bem-estar animal da BRF. Além das adaptações físicas, as aves que vivem nas granjas adaptadas são alimentadas com ração 100% vegetal e não recebem nenhum tipo de substância promotora de crescimento. “A BRF é uma das poucas empresas brasileiras a ter o selo Certified Humane, que considera não apenas a qualidade nas granjas, mas também o manejo e o transporte das aves”, completa.

As famílias de produtores que adaptaram suas granjas também recebem treinamentos e capacitações constantes sobre os padrões da Certified Humane em bem-estar animal e planos de contingência – como o que fazer em casos de incêndio, inundações, falta de luz ou de água, entre outros. Além disso, a BRF instalou alarmes nas granjas para controle do sistema hídrico e de ambiente. Caso haja alguma falha no abastecimento, o produtor é avisado e pode ter uma ação imediata.

Para o transporte dos animais até a planta produtora, o cuidado é redobrado – os caminhões precisam ter proteção solar e o manejo precisa ser feito com cuidado para evitar injúrias, sempre de duas em duas aves. Na chegada, são avaliados o padrão antes do abate e as condições do galpão de espera, ambos auditados pela Certified Humane.

O selo Certified Humane estampa as embalagens da nova linha de produtos da BRF, a Sadia Bio. Esta é a primeira linha do segmento que permite ao consumidor rastrear a origem do produto, ou seja, conhecer detalhes da família que criou a ave, por meio de um dispositivo online disponível no site da Sadia. Isso é possível pois cada animal tem uma identificação própria, com informações sobre seu criador, ração, transporte e manejo.

A BRF possui ainda outras certificações que atestam as boas práticas de bem-estar animal, tais como a PAACO, BRC (British Retail Consortium), GlobalGap, Genesis Gap, AloFree e IFS. Para falar sobre este assunto, colocamos à disposição Eliane Horning, nossa especialista no assunto.
(Cenário MT) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 23/05
Mercado do boi: preços seguem andando de lado (08:05)
Soja opera estável nesta 5ª feira em Chicago (08:00)
Tereza Cristina: “Vamos democratizar mais o crédito agrícola” (07:33)
Diretor-Geral da FAO: voto do Brasil vai para vice-ministro da agricultura chinês (07:31)
Abertura do CPAgro Copacol tem a participação de 1,7 mil pessoas (07:31)
SRB debate futuro dos contratos agrários com Ministro do STJ (07:30)
Em São Paulo, preços agropecuários caíram 0,43% na primeira semana de maio (07:29)
Oeste catarinense busca internacionalização da região (07:28)
Milho se recupera durante a 4ª feira e registra 8º dia seguido de cotações em alta na Bolsa de Chicago (07:05)
Soja fecha em alta na CBOT nesta 4ª feira (07:00)
Quarta-Feira, 22/05
SP: preços agropecuários caem 0,43% na primeira semana de maio (11:14)
5ª FAVESU: maior evento de avicultura e suinocultura do ES será em junho (11:03)
Regulamento traz organização e transparência para o Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos (09:36)
Yes amplia equipe e anuncia novo gerente comercial para o Brasil (08:47)
Venda de participação em ativos no Oriente Médio no foco da BRF (08:27)
Mercado do boi: alterações pontuais nas cotações (08:15)
Peste suína africana na China deve dar suporte aos preços da carne nos Estados Unidos (08:10)
Milho fecha terça-feira em alta pela sétima sessão seguida (08:05)
Soja: mercado inverte movimento e fecha em queda na 3ª feira (08:00)
Matopiba deverá ser o principal fornecedor de milho brasileiro para o México (07:17)
Terça-Feira, 21/05
Marcas apostam em 'carne vegetal' no país (15:39)
Safeeds apresenta linha de conservantes na Fenagra 2019 (15:35)
Vetanco do Brasil promoverá o produto Uniwall MOS 25 no Simpósio Goiano de Avicultura (09:23)
PIB do agronegócio brasileiro mantém queda no primeiro bimestre do ano (09:15)
PIB do agronegócio caiu no 1º bimestre, diz Cepea (09:10)
SC: exportações do agronegócio crescem 7,7% em 2019 (08:00)
Boi recupera a estabilidade em SP e a mantém em outras praças (07:55)
Milho: produtores se retraem e preços voltam a subir no Brasil (07:51)
Soja segue em alta nesta 3ª feira em Chicago refletindo plantio lento nos EUA (07:50)
Soja: cotações têm forte alta no Brasil e nos EUA (07:49)
Comitiva visita Santa Catarina visando à Rota do Milho (07:29)
Controle de gastos para otimizar a produção e ajudar na negociação (07:28)
Segunda-Feira, 20/05
'Frango 4.0’: 7 milhões de frangos por ano (09:02)
Mercado do Boi: cotações podem retomar fôlego (08:06)
Soja: semana de bons negócios no Brasil (08:00)
Retaliação da China cria pânico na suinocultura dos EUA e abre brecha para o Brasil (07:53)
SC quer estimular a produção de cereais de inverno para alimentação animal (07:51)
SC busca solução para o recolhimento de animais mortos (07:50)
Ovos no Amazonas: produção chegou a 520 milhões de unidades em 2018 (07:48)
Aves contrabandeadas são sacrificadas por falta de documentação sanitária (07:47)
Sexta-Feira, 17/05
Custos de produção de suínos e de frangos de corte caem 2% em abril (16:21)
Concurso de Qualidade de Ovos tem data definida (16:14)
Evonik foca sua participação no Simpósio Goiano de Avicultura em seu portfólio de produtos para saúde intestinal (15:19)
Frango: alta no valor da carne suína eleva competitividade (15:10)
Exportadores de aves e suínos fecham US$ 148,7 milhões em negócios durante a SIAL China 2019 (15:06)
Palestra Sobre Sucessão Familiar na 5ª FAVESU (13:08)
Nelson Barbudo contra a carne de laboratório (09:35)
Com influências de plantio, dólar e até peste suína, negociações de commodities se complicam (08:27)
China frustra expectativas de frigoríficos (08:20)
Exportações brasileiras de carnes cresceram 41% em abril (08:16)
Mercado do boi: pressão de baixa perdendo força (08:12)
Soja e milho têm novo dia de altas em Chicago (08:00)
Paraná é referência nacional na implantação de Cadecs (07:09)