Terça-feira, 23 de Abril de 2019
Matérias-Primas

Soja fecha em queda na CBOT
Campinas, SP, 08 de Fevereiro de 2019 - O mercado futuro norte-americano da soja viu as baixas da oleaginosa se intensificarem do meio tarde até o final do pregão desta quinta-feira (7)depois de receber a informação de que os presidentes Donald Trump e Xi Jinping não deverão se encontrar antes do prazo final da trégua proposta na última reunião do G20 que termina no dia 1º de março.

De acordo com informações de agências internacionais, os líderes das duas maiores economias do mundo que estão no meio de uma disputa comercial desde meados de 2018 não irão se reunir e a notícia acabou renovando as preocupações com as relações entre os dois.

Assim, as cotações da soja fecharam o dia perdendo mais de 8 pontos nos principais contratos negociados na Bolsa de Chicago, levando o março de volta aos US$ 9,13 e o maio/19 ficou nos US$ 9,27. Esta foi a primeira queda considerável das cotações pela primeira vez em cinco sessões, como noticia a Reuters Internacional.

"A discussão de que Trump não se encontrará com Xi chamou a atenção do mercado. Não há um acordo próximo. Podemos ver alguma melhora, mas isso é um outro processo", explicou o analista de mercado Rich Nelson, da Allendale Inc, à Reuters.

Um consultor da Casa Branca já havia dito, inclusive, na rede de TV Fox, em entrevista nesta quinta, que há uma considerável distância, neste momento, das conversas entre chineses e americanos.

O mercado, que está à espera de qualquer novidade que possa alterar o cenário dos preços, se apegou à notícia, especulou sobre ela e realizou lucros.

O que limitou as baixas, porém, foi a cautela mantida pelos traders antes da chegada do novo boletim mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) que será divulgado nesta sexta-feira (7).

As expectativas para as informações são grandes, principalmente, pela falta de novidades relacionadas à guerra comercial entre China e Estados Unidos, e por serem os últimos números para a safra 2018/19 dos EUA, como explica o analista de mercado Todd Hultman, do portal internacional DTN The Progressive Farmer.

Se espera uma redução, mas tímida, dos estoques finais norte-americanos, uma vez que a demanda chinesa pela soja dos EUA ainda se mantém travada e sendo retomada a passos muito lentos. Assim, o mercado espera por estoques finais dos EUA em 25,04 milhões de toneladas, na média estimada, contra 25,99 milhões do boletim anterior.
(Notícias Agrícolas) (Carla Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 23/04
Negociações do Plano Safra na reta final (08:50)
Plantio de milho avança nos EUA, o que é bom para o sojicultor brasileiro (07:03)
Elanco começa trajetória independente da Eli Lilly (06:34)
AVES e CRMV-ES realizam curso para o setor de ovos do ES (06:30)
Carne brasileira pode ampliar espaço no mercado chinês, diz ministra (06:20)
Consumo calmo pressiona preços da arroba do boi (06:15)
Segunda-feira termina com milho desvalorizado em Chicago (06:09)
Soja: portos fecham em queda nesta 2ª feira com recuo em Chicago (06:07)
Preocupação na demanda por soja, peste suína africana se alastra por toda China (06:04)
Segunda-Feira, 22/04
StarYeast®, da ICC Brazil, é alternativa para crise de vitamina B2 na União Europeia (10:07)
Programa de autocontrole: cooperativas entregam carta de reivindicações ao MAPA (09:17)
Semana será decisiva para impasse entre governo e caminhoneiros (08:34)
PIB do agronegócio mineiro fecha 2018 com crescimento de 3,55% (08:32)
Serviço de Inspeção de Pernambuco passa a ter equivalência ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (08:20)
Ovos: última semana da Quaresma é marcada por preços estáveis (08:18)
Surto de peste suína africana na China altera dinâmica do mercado de carnes no Brasil (08:18)
Soja: preços sobem, mas médias mensais são as menores desde janeiro (08:15)
China terá redução de 10 mi de toneladas na oferta de carnes com peste suína (08:10)
Incerteza econômica faz agroindústria patinar (08:09)
Suínos: estabilidade nos preços na última semana (08:05)
Soja volta do feriado trabalhando com leves baixas em Chicago nesta 2ª feira (08:00)
Sexta-Feira, 19/04
Quinta-Feira, 18/04
Frango: preços da carne sobem com força em Abril (11:16)
Suínos: carcaça se mantém estável e ganha competitividade frente ao frango (11:15)
Boi Gordo: oferta limitada mantém indicador firme neste ano (11:14)
Prévia do IGP-M consolida desaceleração dos preços (10:54)
Bahia: Deputada e Secretário de Agricultura se reúnem com Secretário Nacional de Defesa Agropecuária (10:50)
Fiscais agropecuários gaúchos farão treinamento em boas práticas e bem-estar animal (10:46)
Cobb dos EUA faz intervenção na filial brasileira (07:53)
O perigo de mexer com o Irã (07:39)
Boi Gordo: indústrias estão com dificuldade de compras (07:20)
Incerteza sobre o plantio americano mantem milho 1 cent mais baixo em Chicago (07:18)
Soja dá continuidade ao movimento de baixa e perde mais 10 pontos em Chicago (07:15)
Paraíba: governo promove cursos de avicultura e incentiva produção no estado (00:34)
Crise diplomática é desafio para o setor (00:33)
Quarta-Feira, 17/04
Custos de produção de frangos de corte aumentam em março (13:30)
Biocamp – êxito em sua participação no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:08)
Cobb promove seminário sobre inspeção sanitária em parceria com a ABPA e com o MAPA (11:35)
FAO prevê avanço menor da demanda por commodities (08:54)
Valor da Produção Agropecuária é de R$ 588,8 bilhões (08:50)
MSD Saúde Animal promove primeiro Programa de Residência do agronegócio do Brasil (08:49)
Vetanco presente no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:47)
Ceva apostou em ação solidária inédita durante o Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:46)
SINDAN integra-se ao Sistema de Logística Reversa de Embalagens (08:34)
MAPA e ABPA definem ações de prevenção à Peste Suína Africana (08:24)
Mercado do boi gordo diminui o ritmo de altas (08:22)
Mercado do Boi Gordo estaciona em SP por abates mais esticados e influência do MS (08:19)
Soja fecha com mais de 10 pts de baixa em Chicago (08:16)
Incertezas com clima e negociações deixam cotações do milho em Chicago mais baixas nessa terça-feira (08:07)