Sexta-feira, 22 de Março de 2019
Empresas

JBS importa milho pela primeira vez em 2019, diz fonte
São Paulo, SP, 19 de Fevereiro de 2019 - A gigante de alimentos JBS fez seu primeiro pedido de carregamento de milho importado neste ano, para ser usado como ração em unidades de processamento de carne no sul de Santa Catarina, disse nesta segunda-feira uma fonte com conhecimento direto da decisão.
A fonte, falando em condição de anonimato por conta de a informação não ser pública, declarou que a empresa recorreu à importação de milho, renovando uma prática que se tornou comum por vários meses a partir de março passado.
A proximidade de Santa Catarina com Paraguai e Argentina dá aos processadores locais de carne um incentivo para buscar milho de fora em vez de comprar dos principais produtores brasileiros, especialmente devido aos valores de frete definidos pelo governo, que muitos no mercado consideram exorbitantes.
A JBS está programada para importar, inicialmente, cerca de 30 mil toneladas de milho da Argentina, disse a fonte, acrescentando que outros carregamentos estão sendo considerados.
No ano passado, a JBS importou o equivalente a cinco embarcações da Argentina contendo carregamentos de 30 mil a 35 mil toneladas de milho cada, informou a fonte.
O movimento sugere que estes processadores de carne, com capacidade para alternar fornecedores, têm melhores chances de proteger as margens operacionais, dada a pouca infraestrutura do Brasil e a insegurança legal decorrente dos preços de frete estabelecidos pelo governo no ano passado, após a greve dos caminhoneiros.
“Outros players estão procurando por alternativas no mercado”, disse a fonte. “Mas eles estão mais lentos para tomar decisões.”
A JBS não comentou o assunto de imediato.
A rival BRF, maior processadora de frango do Brasil e maior exportadora mundial, também não comentou imediatamente.
A fonte declarou que as empresas, em geral, estão relutantes em assumir riscos quanto ao frete, devido ao Supremo Tribunal Federal (STF) ainda não ter julgado os processos que contestam a legalidade da decisão do governo quanto ao tabelamento dos fretes.
Em 2018, os caminhoneiros em greve interromperam fornecimentos e exportações em uma paralisação de 10 dias por conta do aumento dos preços do diesel, levando o governo a introduzir os valores mínimos de frete.
Cerca de 167 unidades de produção de carne interromperam operações e ao menos 70 milhões de frangos, de um total de 1 bilhão, foram abatidos durante a greve.

A fonte disse que o fato de os agricultores brasileiros estarem segurando vendas à medida em que esperam por maiores preços do milho é outro fator que leva a JBS a comprar da Argentina.
“Isso, juntamente com fretes mais caros no Brasil, faz da importação do milho atrativa”, declarou a fonte.
(Reuters) (Ana Mano)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 22/03
Quinta-Feira, 21/03
Suínos: demanda mantém preços elevados em SP (10:04)
Boi Gordo: abates aumentam 3,5% frente à 2017; volume é o maior desde 2014 (10:01)
Para reflexão do setor: NotCo chega ao Brasil com sua maionese sem ovo (09:19)
Missão do USDA que avaliará carne bovina será agendada esta semana (08:41)
Abate de suínos aumenta 61% em 11 anos, afirma IBGE (08:18)
ECPP fecha parceria com a Gujão Alimentos (08:04)
PIB do Agro fecha 2018 com estabilidade (07:28)
Tereza Cristina diz que agro precisa de investimentos em infraestrutura (07:26)
Suíno Vivo: estabilidade nas cotações (07:07)
Cotações da arroba do boi gordo em alta (07:05)
Milho fecha a 4ª feira estável em Chicago (07:03)
Soja recua mais de 1% nos portos do Brasil (07:00)
Quarta-Feira, 20/03
Evonik lança novo método rápido e confiável para avaliar a qualidade de matérias-primas (13:42)
Cinergis Agronegócios realiza sua II Reunião Técnico-Comercial (12:41)
EUA vão informar em três dias quando virão ao Brasil inspecionar frigoríficos para liberar importação de carne bovina (12:32)
Funrural: terra de ninguém (11:47)
Proposta traz ganhos, mas adesão parece rápida demais (11:15)
Da Unitá para o mundo (10:43)
Deputados paulistas articulam bancada do agronegócio na ALESP (10:42)
SC: exportações do complexo soja aumentam 58% em 2019 (09:10)
China recusa habilitação de frigoríficos (08:20)
Estados Unidos mandarão equipe de inspeção ao Brasil para autorizar importação de carne in natura (08:15)
Suíno Vivo: altas em SP e em SC nesta terça-feira (19) (07:23)
Boi Gordo: mercado segue firme (07:22)
Em poucos dias começa o Congresso de Ovos da APA (07:17)
Milho fecha a 3ª feira com resultados misturados (07:05)
Soja fecha mais uma vez estável em Chicago (07:00)
Terça-Feira, 19/03
Exportações do agronegócio renderam US$ 7,2 bi em fevereiro (13:26)
Grupo Mantiqueira apresenta produto vegano e outras novidades na Super Rio Expofood (13:17)
Yes amplia estrutura comercial visando crescimento nos mercados nacional e internacional (13:10)
Embrapa: custos de produção de suínos e frangos de corte caem em fevereiro (12:27)
Concurso de Qualidade de Ovos 2019 acontecerá durante a 5ª FAVESU (08:23)
IEA divulga a estimativa da Produção Animal do Estado de São Paulo, em 2018 (08:21)
Nos EUA, redução de peso melhora lucro do frango (08:05)
Macedônia do Norte quer aumentar importação de frango do Paraná (08:04)
Produção paulista de frango caiu 11,1% em 2018 (08:00)
Boi Gordo: segunda quinzena começa com preços em alta (07:45)
Exportação de soja ultrapassa US$ 2,5 bi em fevereiro (07:40)
Soja tem pequenas baixas em Chicago nesta 3ª feira (07:29)
Milho desvalorizado em Chicago nesta segunda-feira (07:20)
Segunda-Feira, 18/03
Carnes necessitam de um marketing proativo, segundo analistas do setor (14:26)
Exportação de carne é principal tema na agenda de Tereza Cristina nos EUA (14:21)
Vetanco estará presente ao SBSA 2019 (14:14)
Estoque de soja elevado nos EUA reduz patamar de negócios no Brasil (10:00)
Milho: possível maior oferta pressiona valores internos (09:47)
Com Brexit, carne e açúcar do Brasil perdem fatia na União Europeia (08:24)
Declaração de chanceler sobre China gera mal-estar com o agronegócio (08:21)
Soja recua em Chicago nesta 2ª feira (08:00)
Acordo EUA-China e o agro brasileiro (07:05)
Peste na China causa disrupção no mercado de carnes e leva à disparada de BRF e JBS na bolsa (07:04)
A força do frango (07:03)