Terça-feira, 21 de Maio de 2019
Empresas

Inauguração de complexo da Safeeds marca etapa e abre novo ciclo de investimentos
Cascavel, PR, 01 de Março de 2019 - Uma cerimônia nesta quarta-feira, 27, na sede da empresa, em Sede Alvorada, com a presença de lideranças políticas e empresariais, representantes do setor produtivo, parceiros e convidados, marcou a entrega do Centro Administrativo e do Complexo Industrial da Safeeds Aditivos para a Nutrição Animal.

As duas fábricas, uma de aditivos sólidos e outra de líquidos, somado ao centro administrativo, um prédio de 3 andares, amplo e com modernas instalações, dentro de um conceito de sustentabilidade e tecnologia, representa um novo marco na empresa, iniciado em 2014, e aponta para um novo ciclo, com outros investimentos que começam a ser projetados, visando atender com excelência e tecnologia um novo tempo no mercado mundial, que busca alimentos mais saudáveis.

“É mais que um sonho, é um grande projeto de produção local, no Brasil, de produtos que antes eram importados. Temos a capacidade de produzir localmente e substituir a importação de produtos de alta tecnologia, que o Brasil era antes dependente. Um marco no desenvolvimento da Safeeds e o mais importante é que as duas unidades fabris que estão sendo entregues já estão funcionando e produzindo há cinco anos. Além disso, este processo não pára por aqui. Concluída esta etapa vamos iniciar outra que inclui a construção de um laboratório de pesquisa e desenvolvimento, que vai incrementar ainda mais o nosso processo de produção, sempre buscando a inovação e novas tecnologias”, comentou o presidente da Safeeds, Ricardo Araujo Castilho.

O Centro Administrativo, completa Castilho, vem de encontro a proposta inovadora e de pesquisa científica e tecnológica da empresa. Tudo foi pensado para atender as necessidades da Safeeds, tanto físicas como de sustentabilidade e de oferecer qualidade de vida às pessoas. A Safeeds tem uma demanda crescente de espaço físico e a construção do prédio já foi projetada pensando no presente e no futuro.

Pensando na qualidade de vida das pessoas, assim como ocorre com a produção de aditivos para a nutrição animal, buscando oferecer alimentos seguros para os animais e para as pessoas, foram projetadas escadas amplas, estimulando a atividade física, espaços de convivência em cada andar, para incentivar o convívio e a troca de experiências, vidros duplos para garantir conforto térmico e sonoro, além de permitir contemplar a produção agropecuária, em uma das regiões mais produtivas do estado, além de espaços externos, com paisagismo.

“Foi tudo muito bem pensado e planejado, buscando o que tem de melhor, mais moderno e tecnológico, dentro do conceito e da filosofia da empresa, que é hoje líder no mercado de produção de aditivos de nutrição animal, oferecendo ao produtor uma alternativa aos produtos importados, com um produto de qualidade, adequado às especificidades de cada região e com melhor preço.
A empresa está presente em cinco países e registrando produtos em outros oito países, ofertando aditivos para a nutrição animal em diversas áreas.

Somente na cadeia do frango, explica ele, 10 por cento da produção brasileira utiliza produtos da Safeeds, os quais exportam para 140 do total de 200 países. Isso significa, que a empresa atinge cerca de 50 por cento da população mundial que consome esta proteína. Ele agradeceu aos parceiros, família e a Deus pelos investimentos e assegurou a preocupação e meta da empresa de continuar produzindo com ética, qualidade e profissionalismo, para atender as novas tendências do mercado, de produtos de qualidade e a custo acessível.

O diretor comercial da empresa, Paulo Guerra, também ressaltou o trabalho em equipe, a preocupaçao com a excelência, tanto na construção das dependências administrativas, quanto na estruturação das duas fábricas, com linhas de produção independentes, sem contaminação cruzada e capazes de produzir produtos fracionados. A fábrica de produtos sólidos tem uma capacidade de produçao de 1.600 toneladas por mês, o que equivale a 72 toneladas de aditivos por dia, e a líquida de até 9 mil toneladas por mês.

Instalada em uma área total de 110 mil metros quadrados junto à BR-467, cuja pista dupla interliga Toledo e Cascavel, a empresa detém os mais altos padrões de qualidade e realiza o mesmo controle de sanidade e equipamentos de uma indústria farmacêutica humana. “Segurança é a palavra chave da nossa missão. A Safeeds é uma referencia para o Brasil e para o mundo”, finalizou o diretor Paulo.

(Safeeds) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 21/05
Segunda-Feira, 20/05
'Frango 4.0’: 7 milhões de frangos por ano (09:02)
Mercado do Boi: cotações podem retomar fôlego (08:06)
Soja: semana de bons negócios no Brasil (08:00)
Retaliação da China cria pânico na suinocultura dos EUA e abre brecha para o Brasil (07:53)
SC quer estimular a produção de cereais de inverno para alimentação animal (07:51)
SC busca solução para o recolhimento de animais mortos (07:50)
Ovos no Amazonas: produção chegou a 520 milhões de unidades em 2018 (07:48)
Aves contrabandeadas são sacrificadas por falta de documentação sanitária (07:47)
Sexta-Feira, 17/05
Custos de produção de suínos e de frangos de corte caem 2% em abril (16:21)
Concurso de Qualidade de Ovos tem data definida (16:14)
Evonik foca sua participação no Simpósio Goiano de Avicultura em seu portfólio de produtos para saúde intestinal (15:19)
Frango: alta no valor da carne suína eleva competitividade (15:10)
Exportadores de aves e suínos fecham US$ 148,7 milhões em negócios durante a SIAL China 2019 (15:06)
Palestra Sobre Sucessão Familiar na 5ª FAVESU (13:08)
Nelson Barbudo contra a carne de laboratório (09:35)
Com influências de plantio, dólar e até peste suína, negociações de commodities se complicam (08:27)
China frustra expectativas de frigoríficos (08:20)
Exportações brasileiras de carnes cresceram 41% em abril (08:16)
Mercado do boi: pressão de baixa perdendo força (08:12)
Soja e milho têm novo dia de altas em Chicago (08:00)
Paraná é referência nacional na implantação de Cadecs (07:09)
Quinta-Feira, 16/05
Boi Gordo: preço do bezerro sobe, mas arroba permanece estável e poder de compra cai (11:00)
Demanda externa provoca reabertura de frigoríficos (10:55)
Ceva promove eventos sobre laringotraqueite infecciosa pelo país (10:44)
Confira a programação completa da 5ª Favesu (09:37)
Limpadora de ovos fica sem receber adicional de insalubridade de granja (09:09)
Governo costura nova medida para elevar disputa no crédito (08:16)
Mercado do Boi Gordo interrompe a queda por um dia para depois retomar rumo de baixa (08:10)
Cotações perdem força, mas milho encerra a quarta-feira ainda em alta na Bolsa de Chicago (08:08)
Preços da soja sobem forte no Brasil nesta 4ª feira (08:05)
Ministério muda regras para ingresso de produtos de origem animal no país (08:03)
Exportações do agro somam US$ 30,42 bi no quadrimestre (07:58)
Consultoria jurídica da CNA beneficia produtores integrados de aves e suínos (07:36)
Agronegócio reúne 70 deputados na maior frente parlamentar da Alesp (07:34)
Criada há três anos, Lei da Integração trouxe equilíbrio entre produtores e agroindústria (07:32)
Quarta-Feira, 15/05
Ceva apresentará no Simpósio Goiano de Avicultura dados da vacina Cevac IBras (11:22)
Cobb-Vantress realiza Escola Técnica Cobb+Aurora e homenageia a empresa pelos 50 anos de história (11:18)
Veja os convidados confirmados do AveLive (09:40)
Conferência FACTA WPSA-Brasil: como a avicultura deve se preparar frente nova demanda? (09:18)
Com crédito, JBS reduz desembolso de imposto de renda (08:23)
Nos laboratórios, a carne do futuro está quase no ponto (08:05)
Oferta de boiadas melhora e pressão de baixa ganha força (08:01)
Cotações do milho disparam em Chicago nesta terça-feira (07:59)
Brasil negocia cerca de 2 mi de t de soja nesta 3ª feira com disparada dos preços em Chicago (07:57)
União Europeia volta a ser o principal destino das vendas externas paulistas (07:55)
Apesar do jejum, Ramadã faz crescer demanda por alimentos (07:10)