Domingo, 20 de Outubro de 2019
Empresas

Advancia, realizado pela Adisseo, abre novos horizontes com foco no Butirato
São Paulo, SP, 10 de Abril de 2019 - Mais de 125 participantes fizeram parte do primeiro Advancia Academy 2019, realizado em Roma, Itália, no dia 2 de abril. O evento foi organizado pela Adisseo, antes da 6ª Conferência Internacional de Saúde Intestinal Avícola.

Depois de São Paulo em 2016 e Bangcoc em 2017, Roma acolheu o 6º Grupo de Interesse Científico em Saúde Intestinal - IHSIG, agora chamado de Conferência Internacional de Saúde Avícola. Por ocasião deste importante evento, a Adisseo realizou o Advancia Academy 2019, fórum científico em nutrição e saúde animal, cujo foco desta edição foi o Butirato.
“O Butirato é, sem dúvida, um nutriente essencial para as células epiteliais intestinais e, portanto, oferece benefícios para a saúde intestinal. Ele pode ser produzido por bactérias comensais ou suplementado na dieta. Seus benefícios e limites de sua ação, bem como as formas que se pode melhorar o funcionamento intestinal por meio do Butirato endógeno e exógeno são os principais tópicos deste Advancia Academy" afirmou Dr. Pierre-André Geraert, Diretor de Marketing Científico da Adisseo.

Butirato – um regulador funcional fundamental: o mensageiro

Para abrir o seminário, Dr. Hervé Blottiere, do INRA & Micalis France, revisou os papéis fundamentais do Butirato na mucosa intestinal. De acordo com o pesquisador, a disbiose ou distúrbio intestinal são frequentemente associados à diminuição de genes e de bactérias associadas à produção de Butirato. O Butirato é essencial na fisiologia intestinal, está envolvido em metabolismo celular, função da barreira, motilidade intestinal, funções endócrinas e regulação imunológica. Seu novo papel como potente ativador do fator de transcrição nuclear faz com que o Butirato seja um importante modulador nas células epiteliais do intestino.

Dr. Petra Louis do Rowett Instituteabordou de forma mais global o metabolismo intestinal microbiano de ácidos graxos de cadeia curta, através do exemplo da microbiota humana. Como a microbiota é influenciada pelos substratos da dieta, particularmente fibras, e como as bactérias alimentam umas às outras. Essas vias metabólicas são elementos-chave que podem nos ajudar a alimentar melhor nossos animais, levando em conta a microbiota.

Do estímulo da microbiota butirogênica à forma dietética ideal do Butirato
Prof. Filip van Immerseel da Ghent Universityfocou em formas dietéticas de influenciar a microbiota butirogênica no intestino de aves domésticas através, por exemplo, do efeito prebiótico de oligossacarídeos arabinoxilanos, bem como o benefício de suplementar Butirato na dieta para reduzir o escoamento de patógenos (Salmonella sp, Clostridium perfringens).O Dr. Joshua Gong ilustrou a importância de suplementar a forma protegida do Butirato na dieta. O Butirato também aparentou diminuir a deposição lipídica através da redução das vias lipogênicas. Ele também estimula bactérias benéficas no intestino posterior.
O Prof. Kolapo Ajuwon (Purdue University) abordou mais profundamente a ação do Butirato no intestino, mostrando em particular o efeito no eixo intestino-cérebro e também seus benefícios epigenéticos. Ele também ilustrou a importância em adaptar a suplementação de Butirato de acordo com etapas específicas do crescimento ou fases desafiadoras (desmame, estresse térmico) enfrentadas pelos animais.

Finalizando o seminário, o Dr. Jean-Paul Lalles (INRA) ampliou o campo, expondo os aspectos moleculares e funcionais do Butirato e seus efeitos sobre a fosfatase alcalina intestinal e proteínas de choque térmico, importantes compostos na proteção intestinal contra a inflamação.
Todos os participantes contribuíram, em workshops organizados durante o dia, para melhor entender e questionar o potencial do Butirato endógeno e exógeno de ajudar a fortalecer a saúde intestinal dos animais, colaborando para o desenvolvimento de um sistema de produção de proteína mais sustentável.

Os assuntos abordados no seminário revelaram a importância do Butirato, tanto o produzido por bactérias comensais, como o suplementado na ração. De fato, seu papel como nutriente energético era conhecido há muito tempo, mas suas funções como um mensageiro para o bom funcionamento intestinal têm sido extensivamente demonstradas: da proliferação e diferenciação celular, melhor integridade da fronteira intestinal, melhora da função imunológica intestinal e até o efeito no sistema nervoso local e central.
Todas as apresentações deste evento estarão disponíveis em breve no site www.feedchannel.online

Sobre a Adisseo

A Adisseo é uma das principais especialistas mundiais em aditivos para rações. O grupo conta com 11 centros de pesquisa e instalações de produção na Europa, EUA e China para projetar, produzir e comercializar soluções nutricionais para alimentação animal sustentável.
Com mais de 2.100 funcionários, atende cerca de 3.500 clientes em mais de 100 países diferentes por meio de sua rede de distribuição global.
A Adisseo é uma das principais subsidiárias da China National BlueStar, líder na indústria química chinesa, com cerca de 23.000 funcionários e um faturamento de 6,4 bilhões de euros. A Adisseo está listada na Bolsa de Valores de Xangai.
Site corporativo da Adisseo: www.adisseo.com

Sobre os produtos e serviços da Adisseo

A Adisseo oferece aos seus clientes 4 formas de um aminoácido essencial, metionina para aves e suínos (Rhodimet® AT88 e Rhodimet® NP99) e metionina protegida para ruminantes (Smartamine® M e MetaSmart®), sulfato de sódio (Adisodium™), uma gama completa de vitaminas (Microvit®), enzimas multi-atividades (Rovabio®), e especialidade Selisseo® e Alterion®.
A Adisseo apoia o desenvolvimento de seus clientes fornecendo serviços valiosos e inovadores como o PNE – Precise Nutrition Evaluation – E-Lab ou DiM.

Mais informações sobre nossos produtos e serviços: http://feedsolutions.adisseo.comButirato
Prof. Filip van Immerseel da Ghent Universityfocou em formas dietéticas de influenciar a microbiota butirogênica no intestino de aves domésticas através, por exemplo, do efeito prebiótico de oligossacarídeos arabinoxilanos, bem como o benefício de suplementar Butirato na dieta para reduzir o escoamento de patógenos (Salmonella sp, Clostridium perfringens).O Dr. Joshua Gong ilustrou a importância de suplementar a forma protegida do Butirato na dieta. O Butirato também aparentou diminuir a deposição lipídica através da redução das vias lipogênicas. Ele também estimula bactérias benéficas no intestino posterior.
O Prof. Kolapo Ajuwon (Purdue University) abordou mais profundamente a ação do Butirato no intestino, mostrando em particular o efeito no eixo intestino-cérebro e também seus benefícios epigenéticos. Ele também ilustrou a importância em adaptar a suplementação de Butirato de acordo com etapas específicas do crescimento ou fases desafiadoras (desmame, estresse térmico) enfrentadas pelos animais.
Finalizando o seminário, o Dr. Jean-Paul Lalles (INRA) ampliou o campo, expondo os aspectos moleculares e funcionais do Butirato e seus efeitos sobre a fosfatase alcalina intestinal e proteínas de choque térmico, importantes compostos na proteção intestinal contra a inflamação.
Todos os participantes contribuíram, em workshops organizados durante o dia, para melhor entender e questionar o potencial do Butirato endógeno e exógeno de ajudar a fortalecer a saúde intestinal dos animais, colaborando para o desenvolvimento de um sistema de produção de proteína mais sustentável.
Os assuntos abordados no seminário revelaram a importância do Butirato, tanto o produzido por bactérias comensais, como o suplementado na ração. De fato, seu papel como nutriente energético era conhecido há muito tempo, mas suas funções como um mensageiro para o bom funcionamento intestinal têm sido extensivamente demonstradas: da proliferação e diferenciação celular, melhor integridade da fronteira intestinal, melhora da função imunológica intestinal e até o efeito no sistema nervoso local e central.
Todas as apresentações deste evento estarão disponíveis em breve no site www.feedchannel.online

Sobre a Adisseo
A Adisseo é uma das principais especialistas mundiais em aditivos para rações. O grupo conta com 11 centros de pesquisa e instalações de produção na Europa, EUA e China para projetar, produzir e comercializar soluções nutricionais para alimentação animal sustentável.
Com mais de 2.100 funcionários, atende cerca de 3.500 clientes em mais de 100 países diferentes por meio de sua rede de distribuição global.
A Adisseo é uma das principais subsidiárias da China National BlueStar, líder na indústria química chinesa, com cerca de 23.000 funcionários e um faturamento de 6,4 bilhões de euros. A Adisseo está listada na Bolsa de Valores de Xangai.
Site corporativo da Adisseo: www.adisseo.com

Sobre os produtos e serviços da Adisseo

A Adisseo oferece aos seus clientes 4 formas de um aminoácido essencial, metionina para aves e suínos (Rhodimet® AT88 e Rhodimet® NP99) e metionina protegida para ruminantes (Smartamine® M e MetaSmart®), sulfato de sódio (Adisodium™), uma gama completa de vitaminas (Microvit®), enzimas multi-atividades (Rovabio®), e especialidade Selisseo® e Alterion®.
A Adisseo apoia o desenvolvimento de seus clientes fornecendo serviços valiosos e inovadores como o PNE – Precise Nutrition Evaluation – E-Lab ou DiM.

Mais informações sobre nossos produtos e serviços: http://feedsolutions.adisseo.com
(Adisseo) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 20/10
Sexta-Feira, 18/10
Evonik participa da Reunião Anual CBNA com palestras dirigidas (10:21)
Frango: maior procura eleva preços de cortes para churrasco (09:40)
Soja mantém leves altas nesta 6ª feira (08:47)
Tyson Foods proíbe o uso de ractopamina em ração para suínos (08:39)
Suíno Vivo: cotação em Minas Gerais tem alta de 2,94% (07:49)
Alta de preço para o boi e para a carne (07:48)
Boi: mercado futuro encerra mais uma sessão com valorizações no Brasil (07:45)
Milho sobe em Chicago nesta 5ª feira (07:43)
Soja fecha a 5ª feira com leves altas em Chicago (07:40)
Governo e setor produtivo discutem defesa sanitária na sede da ABPA (07:34)
Agricultura gaúcha propõe criação de quadros de fiscais e agentes fiscais agropecuários (06:40)
Cada vez mais, frango do Paraná chega à mesa dos chineses (06:38)
Deputado discute imposto de frigoríficos com Fazenda catarinense (06:36)
Agricultura aprova nova definição de agricultor familiar e empreendedor rural (06:35)
Quinta-Feira, 17/10
FACTA promove os cursos Internacional sobre incubação de ovos e Matrizes de Frango de Corte, em Recife (PE) (14:13)
10 Motivos para Participar do VI Workshop Sindiavipar (11:31)
AB Vista: OVUM em Lima foi o palco para o lançamento do Signis (11:27)
Instituto Ovos Brasil realiza ação em parceria com a Avipe e com o Clube Náutico Capibaribe (10:46)
Ação da ABPA & Apex-Brasil na ANUGA gera mais de US$ 110 milhões em exportações (10:04)
Secretaria de Agricultura comemora Dia do Ovo com degustação de variadas receitas e palestras no IZ (09:45)
Suínos: demanda segue firme e preço está em alta há seis semanas (09:43)
Boi: médias nominais do boi e da carne seguem em patamares recordes (09:42)
Certificadora halal brasileira é acreditada por países do Golfo (08:45)
Em 2019 PIB do agronegócio cresce 2%, estima consultoria (08:44)
Pecuária vai bem e gera mais renda pelo país neste ano (08:40)
Escândalo com salsicha contaminada na Europa (08:37)
Suíno Vivo: principais praças registram alta (08:31)
Valor da Produção Agropecuária de 2019 sobe para R$ 606,2 bilhões (08:15)
Balança comercial entre Brasil e países árabes (08:13)
Boi Gordo: mercado em alta na segunda quinzena de outubro (08:09)
Boi: vencimento outubro para 2020 atinge R$ 180,00/@ na Bolsa Brasileira (08:07)
Soja sobe em Chicago nesta 5ª feira (08:04)
Milho fecha quarta-feira com perdas em Chicago, pressionadas pelo avanço da colheita (08:00)
Quarta-Feira, 16/10
Secretaria de Agricultura e Abastecimento incentiva hábitos alimentares práticos e saudáveis (14:00)
Mês do Ovo: Padaria em Campinas recebe ação do Instituto Ovos Brasil na hora do almoço (13:28)
R$0,25 a mais no preço de lanche pode reduzir sofrimento de milhões de animais, diz ONG (12:38)
Luiz Felipe Caron palestra para equipe da Zanchetta Alimentos (11:48)
Produtores rurais poderão refinanciar dívidas com juros de 8% ao ano (11:48)
Sucesso resume a primeira edição do Workshop do Dia do Ovo (08:45)
Cargill nomeia Paulo Sousa para presidência da empresa no Brasil (08:39)
Soja marca novo dia de estabilidade nesta 4ª em Chicago (08:36)
Suíno Vivo: cotação tem alta em todas as praças do país (07:57)
Boi: Futuro encerra 3ª feira com ganhos (07:54)
PIB do agronegócio cresce 0,64% em 2019 (07:51)
Boi Gordo: escalas divergentes em São Paulo (07:50)
Preço da carne bovina sem osso sobe na semana (07:49)
Milho: terça-feira encerra mercado com quedas na Bolsa de Chicago (07:48)
Soja: preços sobem até 4% no interior do Brasil (07:46)
Mapa e OCB firmam acordo para promover intercâmbio e internacionalização de cooperativas (07:44)
Santa Catarina amplia as exportações de carne suína para a China (07:42)
Paraná suspende vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa (07:20)
Languiru quer exportar pés de galinha para o mercado asiático (07:18)
Produtores de milho dos EUA perdem terreno para Brasil e Ucrânia (07:17)
China condiciona compras agrícolas à redução de tarifas dos EUA (07:15)
C.VALE é premiada por excelência de gestão (07:13)
Terça-Feira, 15/10
Sistema de autocontrole do Mapa tem indústria de proteína animal entre suas prioridades (13:32)
Sanphar adquire laboratório mineiro de vacinas Ipeve (10:07)
Membros da ABPA são homenageados no OVUM 2019 (10:05)
Soja opera estável nesta 3ª em Chicago (08:09)
Suíno Vivo: principais praças do país registram altas (07:21)
SP registra valorização do boi gordo (07:11)
Carne Bovina: dados do MDIC reforçam possibilidade de exportações recordes em outubro (07:10)
VBP da agropecuária fica estável em 2019 (07:09)
Milho começa nova semana estável em Chicago (07:07)
Soja fecha com leves altas em Chicago nesta 2ª e mercado espera definições (07:06)
Tamanho da demanda chinesa vai definir rumo dos preços da soja em Chicago (07:00)
BRF tem 44 vagas de trainee com salário de R$ 6.500; inscrição vai até 3/11 (06:17)