Sábado, 20 de Abril de 2019
Agronegócios

Após um ano, agroindústria normaliza abates em Chapecó

BRF contratou 600 funcionários e vai chamar mais 100
Chapecó , 11 de Abril de 2019 - Após um período de demissões e férias coletivas, as agroindústrias normalizaram os abates e estão contratando novamente. Neste mês de abril finalmente voltaram ao normal os abates na unidade da BRF de Chapecó, que no ano passado demitiu 350 funcionários, deu férias coletivas de um mês e aplicou o lay-off, que é a suspensão de contrato de trabalho por cinco meses.

Em janeiro foi retomado o abate normal de frangos e, agora, o segundo turno de perus, que recomeçou em março, neste mês atingiu o volume total que é similar ao que era antes das paralisações.
De acordo com a assessoria de comunicação da empresa foram contratados 600 funcionários entre janeiro e março e, outros 100 devem ser contratados em breve. A unidade de Chapecó passa a ser a única da empresa a abater perus.

O volume de abate não foi informado pela empresa mas gira em torno de 220 mil frangos e 30 mil perus por dia.

A volta dos empregos representa um alívio para o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes e Derivados de Chapecó (Sitracarnes).

— Agora está mais tranquilo. A empresa recontratou funcionários que tinham sido demitidos, abriu mais vagas e pode até abrir uma nova linha de abate até o final do ano. Esperamos que siga contratando — afirmou o vice-presidente do Sitracarnes, Aldemar Danelli.

No ano passado a unidade foi um dos alvos da Polícia Federal na Operação Trapaça, que investigava fraude em laudos de salmonella. Depois a unidade foi uma das 20 que foram suspensas de exportar para a União Europeia.

A suspensão dos abates levou apreensão para os trabalhadores e também no campo, onde avicultores ficaram sem alojar durante o período de lay-off. Houve também férias coletivas em Capinzal e Concórdia, pela BRF.

A Aurora Alimentos também concedeu férias coletivas em quatro unidades – Abelardo Luz, Guatambu, Quilombo e Maravilha – após o agravamento da crise provocada pela greve dos caminhoneiros.
Mas agora o abate também está normal e a agroindústria está ampliando um dos frigoríficos de suínos de Chapecó.

A Jaguafrangos, que assumiu a unidade de GTB Foods em Ipuaçu, que estava fechando, está contratando 70 novos funcionários segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Xanxerê e Região, Marionice Bavaresco Machado.
O presidente da Associação Catarinense de Avicultura, José Antônio Ribas Jr, disse que apesar de alguns problemas, o cenário vem melhorando.

— O cenário vem melhorando sim, de maneira lenta, mas há sinais positivos, com retomada de volumes, crescimento de exportação. O ideal seria que mais plantas e mais unidades pudessem exportar. A China terá um impacto grande na demanda de carnes de suínos, de bovinos e de frango. O mercado interno também está numa recuperação, muito tímida, mas está acontecendo — destacou.

Em março Santa Catarina exportou US$ 151 milhões em frango, 5,3% a mais do que no mesmo período do ano passado. Em suínos o crescimento foi de 10,3%, com US$ 57 milhões.
(NSC Total) (Darci Debona)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 20/04
Sexta-Feira, 19/04
Quinta-Feira, 18/04
Frango: preços da carne sobem com força em Abril (11:16)
Suínos: carcaça se mantém estável e ganha competitividade frente ao frango (11:15)
Boi Gordo: oferta limitada mantém indicador firme neste ano (11:14)
Prévia do IGP-M consolida desaceleração dos preços (10:54)
Bahia: Deputada e Secretário de Agricultura se reúnem com Secretário Nacional de Defesa Agropecuária (10:50)
Fiscais agropecuários gaúchos farão treinamento em boas práticas e bem-estar animal (10:46)
Cobb dos EUA faz intervenção na filial brasileira (07:53)
O perigo de mexer com o Irã (07:39)
Boi Gordo: indústrias estão com dificuldade de compras (07:20)
Incerteza sobre o plantio americano mantem milho 1 cent mais baixo em Chicago (07:18)
Soja dá continuidade ao movimento de baixa e perde mais 10 pontos em Chicago (07:15)
Paraíba: governo promove cursos de avicultura e incentiva produção no estado (00:34)
Crise diplomática é desafio para o setor (00:33)
Quarta-Feira, 17/04
Custos de produção de frangos de corte aumentam em março (13:30)
Biocamp – êxito em sua participação no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:08)
Cobb promove seminário sobre inspeção sanitária em parceria com a ABPA e com o MAPA (11:35)
FAO prevê avanço menor da demanda por commodities (08:54)
Valor da Produção Agropecuária é de R$ 588,8 bilhões (08:50)
MSD Saúde Animal promove primeiro Programa de Residência do agronegócio do Brasil (08:49)
Vetanco presente no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:47)
Ceva apostou em ação solidária inédita durante o Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:46)
SINDAN integra-se ao Sistema de Logística Reversa de Embalagens (08:34)
MAPA e ABPA definem ações de prevenção à Peste Suína Africana (08:24)
Mercado do boi gordo diminui o ritmo de altas (08:22)
Mercado do Boi Gordo estaciona em SP por abates mais esticados e influência do MS (08:19)
Soja fecha com mais de 10 pts de baixa em Chicago (08:16)
Incertezas com clima e negociações deixam cotações do milho em Chicago mais baixas nessa terça-feira (08:07)
Terça-Feira, 16/04
Asgav e Ovos RS convidam a todos para o Conbrasul 2019 (14:00)
Ministério prevê valor da produção agropecuária do país de R$ 588,8 bi (09:02)
Suspensão de abates pela BRF deixa avicultores do Paraná apreensivos (07:06)
Rússia adia inspeção de abatedouros brasileiros (07:05)
Santa Catarina busca apoio federal para melhorias na Rota do Milho (00:07)