Sábado, 20 de Abril de 2019
Empresas

Números consolidados apontam mais de 19% de crescimento no cooperativismo do PR em 2018
Curitiba , 11 de Abril de 2019 - O Sistema Ocepar está divulgando os números consolidados do cooperativismo paranaense referentes ao exercício de 2018. As 215 cooperativas registradas na entidade atingiram crescimento em todos os indicadores sociais e econômicos em comparação com o ano anterior: o faturamento teve alta de 19,5%, alcançando o montante de R$ 83,7 bilhões; o número de associados expandiu 14,5%, passando para 1.768.253 cooperados e o número de pessoas empregadas subiu 8,8%, o que significa um total 101.228 funcionários no setor. Já as sobras tiveram aumento de 10,3%, somando R$ 3,1 bilhões. O cooperativismo paranaense também cresceu 11,4% em ativos, 10,1% em imobilizados e 10% em patrimônio líquido.

Em termos de faturamento, as cooperativas do ramo agropecuário respondem por 84,3% do total, seguido do ramo saúde (7,6%) e do crédito (7,4%). Quanto aos associados, o crédito se destaca por abranger 87,9% do total de cooperados, seguido do agro (9,7%) e da saúde (0,9%). Em relação à quantidade de pessoas empregadas diretamente, o agropecuário abrange 81,4% do total de funcionários, o crédito (11,9%) e a saúde (6,1%).

O ramo agropecuário se destaca ainda em exportações; em 2018 o saldo da balança comercial cooperativa foi positiva, atingindo US$ 3,5 bilhões. As cooperativas do ramo saúde possuem atualmente 2,1 milhões de beneficiários. Já as cooperativas de crédito contabilizaram R$ 19,5 bilhões em depósitos e 907 postos de atendimento. A frota do ramo transporte é composta por 2.556 unidade e as cooperativas do ramo infraestrutura, importantes por levar energia elétrica à população rural, possuem 8.097 pontos de energia. Clique nos ícones abaixo para conferir mais informações por ramo de atividade.

“Esses são os números finais dos resultados alcançados pelo setor em 2018, fechados a partir de informações repassadas por nossas cooperativas. Eles mostram que, apesar das dificuldades enfrentadas diante do cenário econômico e político nacional, foi um dos melhores anos que já tivemos. Fatores novos ocorreram, especialmente em âmbito internacional, como o conflito comercial entre Estados Unidos e China, e acreditamos que o segundo semestre foi mais favorável para o setor que o primeiro”, afirmou o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken.

As informações consolidadas do cooperativismo paranaense serão apresentadas e comparadas com o desempenho individual de cada cooperativa nas reuniões institucionais, que começam a ser realizadas nesta terça-feira (09/04). “A primeira semana contará com reuniões nas cooperativas da região oeste do Estado. Além da análise econômica e financeira, também serão apresentados cenários macroeconômicos, o Programa de Compliance e uma avaliação da aplicação de recursos investidos em capacitação e profissionalização do Sescoop/PR”, informa o coordenador de Desempenho, João Gogola Neto, que participa desta primeira rodada dos encontros institucionais, juntamente com o superintendente da Ocepar Robson Mafioletti, o coordenador técnico Silvio Krinski e o coordenador de Desenvolvimento, Alfredo K. Souza.
(Sistema Ocepar) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 20/04
Sexta-Feira, 19/04
Quinta-Feira, 18/04
Frango: preços da carne sobem com força em Abril (11:16)
Suínos: carcaça se mantém estável e ganha competitividade frente ao frango (11:15)
Boi Gordo: oferta limitada mantém indicador firme neste ano (11:14)
Prévia do IGP-M consolida desaceleração dos preços (10:54)
Bahia: Deputada e Secretário de Agricultura se reúnem com Secretário Nacional de Defesa Agropecuária (10:50)
Fiscais agropecuários gaúchos farão treinamento em boas práticas e bem-estar animal (10:46)
Cobb dos EUA faz intervenção na filial brasileira (07:53)
O perigo de mexer com o Irã (07:39)
Boi Gordo: indústrias estão com dificuldade de compras (07:20)
Incerteza sobre o plantio americano mantem milho 1 cent mais baixo em Chicago (07:18)
Soja dá continuidade ao movimento de baixa e perde mais 10 pontos em Chicago (07:15)
Paraíba: governo promove cursos de avicultura e incentiva produção no estado (00:34)
Crise diplomática é desafio para o setor (00:33)
Quarta-Feira, 17/04
Custos de produção de frangos de corte aumentam em março (13:30)
Biocamp – êxito em sua participação no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:08)
Cobb promove seminário sobre inspeção sanitária em parceria com a ABPA e com o MAPA (11:35)
FAO prevê avanço menor da demanda por commodities (08:54)
Valor da Produção Agropecuária é de R$ 588,8 bilhões (08:50)
MSD Saúde Animal promove primeiro Programa de Residência do agronegócio do Brasil (08:49)
Vetanco presente no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:47)
Ceva apostou em ação solidária inédita durante o Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:46)
SINDAN integra-se ao Sistema de Logística Reversa de Embalagens (08:34)
MAPA e ABPA definem ações de prevenção à Peste Suína Africana (08:24)
Mercado do boi gordo diminui o ritmo de altas (08:22)
Mercado do Boi Gordo estaciona em SP por abates mais esticados e influência do MS (08:19)
Soja fecha com mais de 10 pts de baixa em Chicago (08:16)
Incertezas com clima e negociações deixam cotações do milho em Chicago mais baixas nessa terça-feira (08:07)
Terça-Feira, 16/04
Asgav e Ovos RS convidam a todos para o Conbrasul 2019 (14:00)
Ministério prevê valor da produção agropecuária do país de R$ 588,8 bi (09:02)
Suspensão de abates pela BRF deixa avicultores do Paraná apreensivos (07:06)
Rússia adia inspeção de abatedouros brasileiros (07:05)
Santa Catarina busca apoio federal para melhorias na Rota do Milho (00:07)