Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
Exportação

Controle sanitário em granjas no Brasil garante vendas para China, que sofre com peste suína
São Paulo, 13 de Maio de 2019 - A China vai ter que importar mais carne de porco por causa da peste suína africana e, no Brasil, as granjas contam com controles sanitários para garantir a saúde dos rebanhos e aumentar as vendas para o país.

Em Santa Catarina, por exemplo, boa parte da carne suína que sai dos portos tem a China como destino. Só no mês de março, 40% do total embarcado no estado foi para o mercado chinês, que comprou 12 mil toneladas.

"Cada vez mais a China vai ser o mercado para se olhar e exportar carne suína, porque a gente vê que 48% da produção mundial está na China e eles estão passando por uma dificuldade sanitária, abatendo rebanhos inteiros. É uma oportunidade para o Brasil exportar para aquele país e cada vez mais melhorar essa questão comercial", diz Lozivanio Lorenzi, presidente da Associação Catarinense dos criadores suínos.

O estado espera poder ocupar mais espaço nas exportações e, para isso, não descuida do controle sanitário dos rebanhos.

"Dentro da cadeia de produção nós temos inúmeras barreiras pelas quais controlamos e monitoramos toda a sanidade de nossos plantéis. Barreiras tão efetivas que são o que há de melhor no mundo em segurança na produção. São barreiras que controlam toda a entrada de materiais, todos os materiais, antes de entrar na granja, passam por desinfecção. E também tem o controle de pessoas", diz José Antônio Ribas Júnior, diretor da Seara.

A 'blindagem' na prática
Para conhecer mais sobre essa "blindagem sanitária" de toda a cadeia, o Globo Rural visitou uma granja integrada à agroindústria, em Seara, no Oeste catarinense.

Antes de entrar na ganja, a reportagem passou por todo o protocolo de biosseguridade. Óculos, relógio e crachá tiveram que ser deixados em um armário. Foi preciso ainda passar pela área de banho e troca de roupas, procedimento faz parte da barreira sanitária, que funciona como divisão de áreas: a suja e a limpa.
O equipamento usado para gravar gravação também foi desinfetado antes de iniciar a visita.

A granja é fechada, com um sistema de pressão negativa, que usa exaustores e placas de resfriamento para controle de temperatura. O contato com os animais fica restrito aos funcionários e técnicos, e eles também seguem todo o protocolo de segurança. Esse procedimento cria uma barreira evitando a entrada de doenças.

"A gente tem que seguir à risca porque está na nossa mão. Se deixar um pouco flexível, já começa a gerar problemas. Então a gente tenta proteger 100%", diz o criador Rodrigo Bisollo.
A granja de Rodrigo tem 1,2 mil matrizes e uma produção mensal de quase 3 mil leitões. Ele investiu em torno de R$ 5 milhões na produção e está otimista com os resultados.

"A gente precisa de todo um contexto para conseguir criar esses animais com qualidade. Mas, com certeza, um mercado novo é uma porta para conseguir ganhar um valor a mais."

Oportunidade local
Com as grandes agroindústrias voltadas ao mercado internacional, os produtores independentes têm mais espaço para explorar o mercado interno.

É o caso do suinocultor Bazilio Knakiewicz, que tem uma pequena propriedade em Nova Erechim. Ele entrega cerca de 200 animais por mês para frigoríficos da região e conta que, nos dois últimos anos, os preços estavam baixos, mas agora já sente uma mudança no mercado.

"O faturamento bruto de um suíno terminado hoje fica em torno de R$ 100 a mais do que estava há seis meses. Com esse diferencial dá para a gente respirar."

Vale lembrar que existem dois tipos de peste suína: a africana e a clássica. No Brasil, existem focos da peste clássica em criações caseiras de alguns estados do Nordeste. A que está preocupando tanto na China é a peste suína africana, muito mais contagiosa e, hoje, não existem focos no Brasil.
(Globo Rural) (Assessoria de imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 17/07
ANTT cede a caminhoneiros em tabela do frete (09:00)
Aviagen reúne representantes das principais empresas avícolas da América Latina para evento técnico nos EUA (08:16)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte disparam em junho (08:11)
Mercado do boi gordo está perdendo força (08:07)
Mercado do milho finaliza a pregão nesta 3ª feira em campo negativo na CBOT (08:03)
Soja fecha com baixas de dois dígitos em Chicago (08:00)
Instituto Ovos Brasil patrocina 3ª edição da Corrida da Festa do Ovo (07:42)
Terça-Feira, 16/07
Yamasa participa da Festa do Ovo 2019, patrocina Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos e Corrida da Festa do Ovo (12:04)
Boehringer Ingelheim Saúde Animal confirma presença na Festa do Ovo de Bastos 2019 e reforça seu compromisso com o segmento de postura (12:00)
Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 602,8 bilhões em 2019 (11:30)
Milho: Mercado inicia sessão nesta 3ª feira com baixas em Chicago (09:34)
Plantio atrasado nos EUA estende impacto do clima sobre preço de grãos (09:22)
Mercosul acelera vigência de acordo com UE (09:19)
Levantamentos indicam que geada não comprometeu oferta de produtos (08:31)
PIB do agronegócio cresce 0,04% em abril (08:27)
Santa Catarina encerra o primeiro semestre com alta de 56% nas exportações de carnes (08:24)
Exportação de milho do Brasil no acumulado de julho já supera volume de junho (08:22)
Começo de semana parado no mercado do boi gordo (08:10)
Milho: mercado finaliza a sessão nesta 2ª feira com forte recuo na Bolsa de Chicago (08:08)
Soja fecha a 2ª feira com mais de 10 pts de queda na CBOT (08:00)
Segunda-Feira, 15/07
MSD Saúde Animal marca presença na Festa do Ovo (12:34)
SP: preços agropecuários sobem 2% em junho (12:18)
Ovos: preços têm comportamentos distintos dentre regiões (11:38)
Milho: com possível recorde em 18/19, comprador se retrai (11:37)
Soja: dólar recua e afasta vendedor, limitando liquidez (11:35)
Biovet Vaxxinova participa da Festa do Ovo em Bastos (SP) (09:19)
Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos acontece nesta quarta-feira (07:52)
Pelo segundo ano, EUA veem Brasil na liderança mundial de soja (07:47)
Milho: mercado encerra sessão desta 6ª feira com fortes valorizações na Bolsa de Chicago (07:43)
Os perigos dos antibióticos para animais saudáveis (07:41)
Soja: clima quente e seco no Corn Belt puxam Chicago na 6ª (07:41)
Vendas externas do agro em junho somam US$ 8,34 bi (07:35)
Sexta-Feira, 12/07
Cobb-Vantress promove palestra sobre otimização na cadeia do frango no Avicultor 2019 (15:04)
Vetanco mais uma vez presente na Festa do Ovo (15:00)
ABPA leva proposta de logística setorial ao Ministro de Infraestrutura (14:56)
Fábrica dedicada de Toledo da De Heus conquista certificação (10:55)
Frango: China reduz compras, mas embarques totais do Brasil ainda sobem (10:20)
Suínos: mudança metodológica do Cepea entra em vigor a partir de 1º de agosto (10:18)
China reduz previsão de uso de milho em 2019/20 em 2 mi t por peste suína africana (10:07)
Aviagen realiza 56ª Escola Anual de Manejo de Produção em Huntsville, EUA (09:04)
Aditivos ajudam produtores de Bastos a aumentarem a rentabilidade das granjas (09:01)
Disputas entre EUA e China prejudicam resultados globais da Cargill (08:40)
Naufraga a tentativa de fusão entre BRF e Marfrig (08:38)
Carnes caminham na direção oposta à inflação (08:36)
Pelo segundo ano, EUA veem Brasil na liderança mundial de soja (08:35)
Desembolsos de crédito rural cresceram 9% em 2018/19, para R$ 176 bi (08:32)
SC busca soluções para recolhimento de carcaças nas propriedades rurais e para Rota do Milho (07:47)
Soja mantém estabilidade em Chicago nesta 6ª após USDA dentro do esperado (07:34)
Milho sobe 3% na Bolsa de Chicago após novos relatórios do USDA (07:30)
Quinta-Feira, 11/07
Avicultura mineira busca mobilizar associados para a Semana do Ovo 2019 (14:35)
Cobb-Vantress realiza nova edição do Workshop da Indústria Avícola (13:15)
Laura Villarreal é a nova gerente geral da MSD Saúde Animal Chile/Argentina (10:51)
Exportações de carne suína crescem 81% em junho (09:38)
Aviagen continua em dinâmica expansão pela América Latina (09:17)
Força da avicultura de Bastos leva IOB à Festa do Ovo (09:08)
Safra recorde de grãos deve chegar a 240,7 milhões de toneladas (08:24)
Suínos: embarques aumentam 24% e receita sobe 40% no 1º semestre (08:10)
Boi Gordo: preço do bezerro absorve aumento de produtividade (08:09)
Boi Gordo: pressão na arroba paulista na volta do feriado (08:06)
Soja tem estabilidade em Chicago nesta 5ª feira (08:04)
Milho: mercado encerra pregão desta 4ª feira com ganhos na CBOT (08:00)