Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Empresas

Ceva promove eventos sobre laringotraqueite infecciosa pelo país

Encontros têm como objetivo fomentar a discussão sobre os impactos da enfermidade e apresentar os diferenciais das vacinas Vectormune FP LT e Vectormune HVT LT
Campinas, SP, 16 de Maio de 2019 - Em maio, a Ceva Saúde Animal, líder brasileira em vacinas aviárias, promove três eventos regionais para debater Estratégias e tecnologias para o controle efetivo da Laringotraqueíte Infecciosa (LTI). Os encontros acontecem em Bastos, no interior de São Paulo, Itanhandu em Minas Gerais, e em Santa Maria de Jetibá no Espírito Santo.

“Nosso objetivo com os eventos é atuarmos como fomentadores do debate sobre as mudanças na legislação, e principalmente, sobre as ferramentas e inovações disponíveis para prevenção dos prejuízos causados pela LTI nas granjas. Essa enfermidade pode causar significativo impacto na sanidade das aves, e consequentemente perdas produtivas. Por essas razões, é fundamental fomentar nossos parceiros com informações técnicas e científicas sobre a epidemiologia da doença, e as ferramentas disponíveis para a prevenção e controle da mesma”, afirma o Gerente de Produtos da Unidade de Aves da Ceva, Felipe Pelicioni.
Cada evento contará com um time de especialistas que apresentarão aos convidados um panorama geral sobre a doença no Brasil, além de abordar melhores práticas e estratégias de controle.

Além disso, os presentes conhecerão os diferenciais das vacinas desenvolvidas com exclusividade pela Ceva para o controle e prevenção da Laringotraqueíte Infecciosa: Vectormune FP LT e Vectormune HTV LT. Os produtos foram criados para atuar com eficácia e segurança, durante todo o ciclo produtivo, visando a proteção das aves contra os desafios impostos pela enfermidade.
No encontro também será abordada a nova legislação, aplicada pelo Memorando Circular nº 72/2018, do Departamento de Saúde Animal, que liberou a utilização, em todo território nacional, da vacina recombinante, para proteger as aves contra a Laringotraqueíte Infecciosa.





Os encontros

Em Bastos, no interior de São Paulo, o encontro contará com a presença da Drª Masaio Mizuno, pesquisadora e docente da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, (USP). A docente abordará a epidemiologia da LTI e a legislação atual. Na sequência, o Dr. Fernando Resende, Coordenador técnico da Ceva, com ampla experiência no setor de postura, falará sobre programas de controle da doença.

Já no segundo encontro, que acontece no município de Itanhandu em Minas Gerais, o Dr. Jorge Chacón, Gerente de Serviços Veterinários da Ceva, apresentará os impactos econômicos que a doença traz para o plantel. E os convidados também irão conhecer algumas experiências práticas de controle do LTI, apresentadas pelo Dr. Fernando Resende.

O último evento, em Santa Maria de Jetibá no Espírito Santo, contará com a participação do Diretor de Serviços Veterinários da Ceva LATAM, Luiz Sesti. O profissional com amplo conhecimento de campo no Brasil e no exterior mostrará aos participantes os diferenciais oferecidos pelas vacinas da linha Vectormune LT.

E-book

Com foco na disseminação de informações sobre a laringotraqueíte infecciosa, a Ceva em parceria com a Drª Masaio Mizuno, uma das reconhecidas epidemiologistas do país, lançará ainda esse mês o e-book: Epidemiologia e profilaxia da laringotraqueíte infecciosa das aves – História Natural da Doença.

O material traz um panorama completo sobre o histórico da doença, sua importância econômica, impactos na granja, formas de diagnóstico, medidas de profilaxia, imunidade, vacinação, entre outros assuntos ligados a LTI.

A obra foi desenvolvida pela Dra. Masaio, PhD, professora da USP e coordenadora do Comitê de Sanidade Avícola de São Paulo. Com vasta experiência, a profissional tem diversos trabalhos publicados no Brasil e no exterior, tendo como foco de pesquisa a epidemiologia das principais enfermidades infecciosas e suas respectivas estratégias de controle.

Sobre a Ceva Saúde Animal

A Ceva Saúde Animal é atualmente a 6ª maior empresa de saúde animal do mundo, presente em mais de 110 países tem sua atuação focada na pesquisa, desenvolvimento, produção e comercialização de produtos farmacêuticos e biológicos para animais de companhia, e produção (bovinos, suínos, equinos e aves). A unidade de Aves é líder brasileira em vacinas aviárias. Mais informações disponíveis no site: www.ceva.com.br
(Ceva Saúde Animal) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 16/09
Como criar galinha virou negócio de R$ 1 milhão – só pra começar (07:04)
As dores de crescimento da escala necessária para alimentar o Planeta (07:02)
Safra do milho deve crescer pelo segundo ano consecutivo no RS (07:01)
China exclui soja e carne suína dos EUA de tarifas adicionais, diz Xinhua (07:00)
Avicultura de corte destaca-se no VBP agropecuário do Paraná (06:59)
Venda de carne para a China sobe a régua da balança comercial de Mato Grosso (06:58)
Sexta-Feira, 13/09
Milho: Chicago registra leves valorizações para as cotações nesta sexta-feira (13:52)
Exportações do agronegócio caíram 11% em agosto, para US$ 8,3 bi (09:04)
Frango: aumenta diferença entre preços interno e externo (08:28)
Suíno Vivo: três estados registraram alta nesta quinta-feira (08:18)
Mercado do boi gordo segue sustentado (08:10)
Milho: cotações sobem cerca de 2% em Chicago (08:07)
Soja sobe quase 30 pontos em Chicago nesta 5ª feira (08:00)
Quinta-Feira, 12/09
Indicadores da Pecuária crescem em relação ao 2º trimestre de 2018 (14:09)
Suínos: demanda aumenta e eleva preços do vivo e da carne (13:56)
Boi: preços da carcaça seguem em alta (13:55)
No 2º trimestre, abate de frangos cresceu 3,4% em relação ao mesmo trimestre de 2018 (13:54)
Ovos de Galinha: no segundo trimestre, o recorde de produção da série (13:53)
Pif Paf Alimentos conquista habilitação para exportar para a China (11:58)
Aviagen promove seminários técnicos para cliente IP-CMI na América Central (09:29)
Brasil busca diversificar pauta de exportações ao Oriente Médio (07:11)
China corre para desenvolver uma vacina contra peste suína (07:06)
Estudo confirma alta do escoamento de grãos pelo Norte (07:05)
Frango Vivo: Atacado tem queda de 1,15% nesta quarta-feira (07:00)
Suíno Vivo: Santa Catarina e São Paulo têm alta nesta quarta (06:59)
Mercado do milho fecha a sessão desta 4ª feira com ligeiras perdas na CBOT (06:56)
Soja fecha em queda em Chicago nesta 4ª e ajuda a pressionar cotações no Brasil (06:52)
Quarta-Feira, 11/09
POLINUTRI® reuniu equipe e clientes durante SIAVS (13:34)
V Workshop Internacional de Ambiência de Precisão será realizado em Campinas, SP (13:12)
Milho puxa mais uma colheita recorde de grãos (10:11)
FPA discute gestão compartilhada de energia no campo (10:10)
Frango Vivo: cotações ficam estáveis nesta terça-feira (08:06)
Preços agropecuários: alta de 0,83% no fechamento do mês de agosto (07:14)
Suíno Vivo: São Paulo tem alta de 0,92% (07:05)
China abre mercado para farelo de soja argentino (07:03)
Milho: cotações encerram a sessão desta 3ª feira com ganhos na Bolsa de Chicago (07:02)
Soja fecha a terça-feira com mais de 14 pts de alta em Chicago (06:59)
Ministra inicia viaja ao Oriente Médio para ampliar relações comerciais (06:12)
Cooperativa LAR comemora 20 anos de avicultura (06:12)
Produção animal: adaptações ao aquecimento global da suinocultura (06:12)
Exportações de carne seguem em alta nos Portos do Paraná (06:12)
Terça-Feira, 10/09
Indonésia quer negociar com Santa Catarina (23:29)
Ruralistas tentam emplacar venda de terra a estrangeiro (10:56)
Mais 25 frigoríficos do Brasil recebem o sinal verde da China (10:48)
Brasil inicia negociações de livre comércio com México (10:47)
Milho: demanda incerta (09:15)
Soja: nem pra lá, nem pra cá (09:03)
Aviagen inaugura seu 9º e maior incubatório nos EUA (08:55)
Preços do boi gordo em alta em Dourados-MS (08:40)
Ações de Marfrig e Minerva sobem (08:15)
Frango Vivo: Santa Catarina tem queda de 5,62% nesta segunda (08:12)
Suíno Vivo: PR, RS e SP têm alta nesta segunda-feira (08:11)
Soja opera em alta em Chicago nesta 3ª com apoio no milho e à espera do novo USDA (08:00)
Milho: cotações encerram a segunda-feira com leves baixas em Chicago (07:47)