Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Mercado Externo

Peste suína africana na China deve dar suporte aos preços da carne nos Estados Unidos

Os Estados Unidos exportará mais carcaças para a Ásia a fim de suprir a demanda local.
Campinas, SP, 22 de Maio de 2019 - Com a epidemia da peste suína africana na China, os produtores de suínos locais devem levar ao abate de até 200 milhões de animais. Diante desse cenário, os preços da carne suína nos Estados Unidos devem ter um suporte já que o país exportará mais carcaças para a Ásia a fim de suprir a demanda local.

Empresas e especialistas prevêem que o aumento das exportações deve sustentar também produtos derivados. De acordo com as estimativas do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), afirmam que as perdas decorrentes do surto de PSA na China vão superar toda a produção de carne suína norte-americana neste ano, na qual representa uma queda de 5% no mercado global de carnes e um possível aumento de 33% nas importações chinesas.

Durante evento realizado em Nova York na última quarta-feira (15), o CEO global da Tyson Foods, Noel White, destacou que a epidemia vai afetar todo o mercado de proteínas. “Nós já estamos sentindo seu efeito: os preços estão aumentando", ressaltou. Além disso, o executivo informou que a Tyson está negociando com representantes do varejo reajuste do preço da carne tendo em vista q queda na oferta.

Na Bolsa de Chicago, a cotação dos suínos teve um incremento de 52% desde o início de 2019. Já o preço da carcaça registrou uma alta de 23%, segundo o USDA. No atacado dos Estados Unidos, a tendência é que as referências aumentem. O analista Jeremy Scott, da Mizuho Securities, estima valorização da carne de mais de 15%.

As empresas como o McDonald's e Burger King podem ser afetadas com a diminuição da oferta e o aumento dos preços, por isso as redes de fast food já anunciaram reajustes. Conforme apontou o CFO do McDonald's, Kevin Ozan, que espera uma alta de 3% nos preços dos lanches por conta da valorização nas cotações das proteínas animais.

No caso da maior franqueadora do Burger King nos Estados Unidos, a Carrols Restaurant Group Inc., afirmou que está pagando US$ 2,17 por libra de carne contra US$ 1,99 desembolsados nos três meses iniciais de 2019. Com isso, a empresa projeta aumento de 1% nas mais de mil lojas franqueadas.

De acordo com as informações da Dow Jones Newswires, apesar das incertezas sobre o número exato de suínos que serão abatidos na China - o USDA afirma que o governo chinês entrega números incompletos sobre o assunto -, o mercado de varejo dos EUA compara a crise atual a vividas no passado. Entre 2013 e 2014, por causa de um vírus, milhões de leitões morreram nos Estados Unidos e os preços da carne aumentaram 12% naquele ano.
(Andressa Simão) (Dow Jones)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 16/09
Como criar galinha virou negócio de R$ 1 milhão – só pra começar (07:04)
As dores de crescimento da escala necessária para alimentar o Planeta (07:02)
Safra do milho deve crescer pelo segundo ano consecutivo no RS (07:01)
China exclui soja e carne suína dos EUA de tarifas adicionais, diz Xinhua (07:00)
Avicultura de corte destaca-se no VBP agropecuário do Paraná (06:59)
Venda de carne para a China sobe a régua da balança comercial de Mato Grosso (06:58)
Sexta-Feira, 13/09
Milho: Chicago registra leves valorizações para as cotações nesta sexta-feira (13:52)
Exportações do agronegócio caíram 11% em agosto, para US$ 8,3 bi (09:04)
Frango: aumenta diferença entre preços interno e externo (08:28)
Suíno Vivo: três estados registraram alta nesta quinta-feira (08:18)
Mercado do boi gordo segue sustentado (08:10)
Milho: cotações sobem cerca de 2% em Chicago (08:07)
Soja sobe quase 30 pontos em Chicago nesta 5ª feira (08:00)
Quinta-Feira, 12/09
Indicadores da Pecuária crescem em relação ao 2º trimestre de 2018 (14:09)
Suínos: demanda aumenta e eleva preços do vivo e da carne (13:56)
Boi: preços da carcaça seguem em alta (13:55)
No 2º trimestre, abate de frangos cresceu 3,4% em relação ao mesmo trimestre de 2018 (13:54)
Ovos de Galinha: no segundo trimestre, o recorde de produção da série (13:53)
Pif Paf Alimentos conquista habilitação para exportar para a China (11:58)
Aviagen promove seminários técnicos para cliente IP-CMI na América Central (09:29)
Brasil busca diversificar pauta de exportações ao Oriente Médio (07:11)
China corre para desenvolver uma vacina contra peste suína (07:06)
Estudo confirma alta do escoamento de grãos pelo Norte (07:05)
Frango Vivo: Atacado tem queda de 1,15% nesta quarta-feira (07:00)
Suíno Vivo: Santa Catarina e São Paulo têm alta nesta quarta (06:59)
Mercado do milho fecha a sessão desta 4ª feira com ligeiras perdas na CBOT (06:56)
Soja fecha em queda em Chicago nesta 4ª e ajuda a pressionar cotações no Brasil (06:52)
Quarta-Feira, 11/09
POLINUTRI® reuniu equipe e clientes durante SIAVS (13:34)
V Workshop Internacional de Ambiência de Precisão será realizado em Campinas, SP (13:12)
Milho puxa mais uma colheita recorde de grãos (10:11)
FPA discute gestão compartilhada de energia no campo (10:10)
Frango Vivo: cotações ficam estáveis nesta terça-feira (08:06)
Preços agropecuários: alta de 0,83% no fechamento do mês de agosto (07:14)
Suíno Vivo: São Paulo tem alta de 0,92% (07:05)
China abre mercado para farelo de soja argentino (07:03)
Milho: cotações encerram a sessão desta 3ª feira com ganhos na Bolsa de Chicago (07:02)
Soja fecha a terça-feira com mais de 14 pts de alta em Chicago (06:59)
Ministra inicia viaja ao Oriente Médio para ampliar relações comerciais (06:12)
Cooperativa LAR comemora 20 anos de avicultura (06:12)
Produção animal: adaptações ao aquecimento global da suinocultura (06:12)
Exportações de carne seguem em alta nos Portos do Paraná (06:12)
Terça-Feira, 10/09
Indonésia quer negociar com Santa Catarina (23:29)
Ruralistas tentam emplacar venda de terra a estrangeiro (10:56)
Mais 25 frigoríficos do Brasil recebem o sinal verde da China (10:48)
Brasil inicia negociações de livre comércio com México (10:47)
Milho: demanda incerta (09:15)
Soja: nem pra lá, nem pra cá (09:03)
Aviagen inaugura seu 9º e maior incubatório nos EUA (08:55)
Preços do boi gordo em alta em Dourados-MS (08:40)
Ações de Marfrig e Minerva sobem (08:15)
Frango Vivo: Santa Catarina tem queda de 5,62% nesta segunda (08:12)
Suíno Vivo: PR, RS e SP têm alta nesta segunda-feira (08:11)
Soja opera em alta em Chicago nesta 3ª com apoio no milho e à espera do novo USDA (08:00)
Milho: cotações encerram a segunda-feira com leves baixas em Chicago (07:47)