Domingo, 15 de Dezembro de 2019
Agronegócios

TCU manda cortar desconto em tarifa de energia
Brasília, 30 de Maio de 2019 -

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou ontem o fim de descontos nas contas de luz para agricultores e serviços de saneamento a partir de 2020. A Corte entendeu que esses subsídios extrapolam a política tarifária do setor, que deveria criar incentivos como o desenvolvimento de novas fontes de energia e a universalização do serviço de eletricidade.

"Na prática, essa extrapolação vem fazendo com que os consumidores de energia elétrica sejam onerados cada vez mais ao longo do tempo", disse o ministro do TCU Aroldo Cedraz, relator do processo. Ele destacou que o custo total dos subsídios bancados pelo setor é próximo de R$ 20 bilhões, o que representa 9,5% da tarifa.

O tribunal indicou que os subsídios suspensos custam mais de R$ 4 bilhões por ano. "Lamentavelmente, estamos num país em que não existe o mínimo respeito por quem paga a conta", comentou Cedraz no plenário.

A decisão dos ministros pode colocar o governo em novo embate com os ruralistas. Em abril deste ano, Bolsonaro publicou decreto para garantir a volta do acúmulo de descontos ao agricultor que está em mais de uma modalidade de subsídio. Foi alterado outro decreto, do fim do ano passado, que estabeleceu a redução gradativa dos subsídios aos agricultores, até a extinção em cinco anos.

Agora, o TCU contraria o interesse de todas as classes de agricultores beneficiadas pelos descontos - sejam os que obtêm o benefício nas atividades de irrigação e aquicultura, instalados em áreas rurais, sejam os que apenas detêm o registro de produtor rural.

"Existe uma situação latente de conflito entre grandes grupos econômicos beneficiados, sobretudo no setor agropecuário, e os consumidores de energia, que pagam essa conta", afirmou o ministro do TCU Walton Alencar Rodrigues, autor do voto revisor.

O governo pode recorrer contra o fim dos subsídios, o que garante efeito suspensivo da decisão de ontem até novo julgamento do mérito pelo plenário do TCU. A proibição deve ser cumprida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que aprova os descontos.

Os ministros do TCU analisaram informações da auditoria no orçamento da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). Para o tribunal, uma parte dos subsídios foi considerada ilegal, e outra, inconstitucional.

Além de suspender os descontos, o tribunal deu prazo de 120 dias para o governo justificar a manutenção de subsídios sociais. É o caso da Tarifa Social, oferecida à população de baixa renda.

(Valor) (Rafael Bitencourt)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 15/12
Sexta-Feira, 13/12
ICC Brazil apresenta resultados de pesquisa sobre a suplementação de parede celular de levedura no ATA 2019 (16:26)
Com o mercado enxuto, produtor está menos disposto em negociar o milho (12:51)
Boi Gordo: pressão de baixa da indústria foi grande durante esta semana (12:40)
Frango: proximidade das festas reduz demanda por carne de frango (10:50)
Milho abre a sexta-feira mantendo as valorizações em Chicago (10:40)
Acordo EUA-China reduz tarifas e tensão comercial (10:26)
Preços vão subir, e mais milho será importado (10:25)
Líder do MDB articula projeto para reduzir preço da carne (10:24)
STF decide que é crime deixar de recolher o ICMS declarado (10:22)
Alimentação Animal registra 3% de crescimento ao fim do terceiro trimestre (08:15)
Frango: mercado fraco nesta 5ª feira (08:07)
Exportações de suínos até novembro são recordes para o período (08:01)
Suínos: animal vivo segue valorizado (08:00)
Boi: reposição é a mais favorável ao recriador desde Fev/13 (07:52)
Preço da arroba do boi deve continuar elevado em 2020, vê CFO da Marfrig (07:51)
Pressão no mercado do boi gordo (07:50)
Soja em Chicago fecha com leve alta (07:42)
Milho se valoriza em Chicago (07:40)
Plusval abre inscrições para processo seletivo (07:33)
Quinta-Feira, 12/12
Coopavel: 32 perguntas e respostas sobre o 32º Show Rural (17:07)
Produção de ovos bateu novo recorde no 3º trimestre de 2019, aponta IBGE (11:16)
IBGE: abate de frangos cresceu 3,0% em relação ao trimestre anterior (11:15)
Avicultura: Verão 2020 com alimentação nutritiva e saudável (11:11)
‘Nova’ CPR promete injetar bilhões no campo (10:05)
Quarta-Feira, 11/12
Termina nesta semana, dia 13/12, prazo para entrega de trabalhos científicos para o Congresso de Ovos da Apa (14:30)
Boi Gordo: mercado físico mostra resistência em trabalhar em valores menores (13:08)
Milho segue caindo em Chicago, mas perspectiva é de retomada nos próximos dias (12:42)
Soja corrige preços nesta 4ª feira na Bolsa de Chicago (12:30)
ABPA lança site da campanha #BrLivredePSA (11:00)
China impulsiona embarques recorde de frigoríficos (09:37)
STF encerra disputa sobre cesta básica (09:35)
Kemin anuncia investimentos em Transformação Digital (08:49)
Protegendo a qualidade da carne de frango (08:44)
Avicultura 4.0 – Um novo horizonte no processo avícola (08:39)
Exportações do agronegócio são recordes, mas faturamento externo cai (08:34)
Desafios do Brasil na defesa sanitária animal (08:32)
Frango: cotações estagnadas nesta terça-feira (08:20)
Suínos: mercado aquecido nesta terça-feira (08:10)
Reino Unido registra caso de gripe aviária pela 1ª vez desde 2017 (08:10)
Boi gordo caiu 6,7% em São Paulo em dezembro (08:09)
Para evitar o tombo, o mercado boi do busca equilíbrio (08:06)
Exportações de carne bovina devem fechar 2019 com resultado recorde (08:05)
Milho encera 3ªfeira em campo misto na Bolsa de Chicago (08:04)
Soja fecha com leve alta nesta 3ª feira em Chicago (08:00)
Safra de grãos de 2020 será recorde e deverá chegar a 240,9 milhões de toneladas (07:50)
Terça-Feira, 10/12
Ovos RS: Ano VII apresenta balanço das atividades e prestação de contas 2019 (11:25)
Boi Gordo impulsiona IPPA/CEPEA em novembro (10:41)
Boi: Mercado físico esteve praticamente vazio de negócios em SP (09:55)
Safra 2020 deve bater recorde de 240,9 milhões de toneladas (09:54)
Milho: Chicago inicia a terça-feira com estabilidade após leve avanço na colheita (09:32)
Frango: mercado misto, mas com expectativa de atividade até o fim da quinzena (08:22)
Suínos: segunda-feira registra mercado aquecido, principalmente SP (08:19)
Soja: mercado fecha com boas altas em Chicago nesta 2ª e favorece preços nos portos do BR (07:57)
Soja em Chicago segue em alta com notícias de compras chinesas nos EUA e recuo do dólar (07:56)
Exportação de milho do Brasil já supera 40 mi t no acumulado do ano (07:55)
Cotações do milho fecham a sessão desta 2ª feira com leves baixas em Chicago (07:50)
Contratações de crédito rural da Safra 2019/2020 somam R$ 93,5 bilhões (07:45)