Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Mercado Externo

Taxação dos EUA pode acelerar abertura do México para suínos de SC
Florianópolis , 04 de Junho de 2019 - O anúncio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de taxar produtos mexicanos como forma de pressão para conter a imigração ilegal pode acelerar a abertura do México aos suínos de Santa Catarina. Essa é a avaliação do secretário de Agricultura do Estado, Ricardo de Gouvêa. Na semana passada, Trump afirmou que a taxação será de 5% a partir de 10 de junho, com projeção de chegar a 25% até outubro.

– Se os Estados Unidos efetivamente taxarem os produtos mexicanos a tendência é de medidas recíprocas. Com isso o Brasil teria uma boa possibilidade fornecer frangos e suínos para os mexicanos. Isso pode acelerar a abertura do mercado de suínos. Os mexicanos estiveram aqui no ano passado, fizeram um relatório e agora o Ministério da Agricultura está respondendo aos questionamentos. Concluída essa etapa e sendo aprovada ai faltaria apenas a confecção do certificado sanitário para que fossem liberadas as exportações – disse Gouvêa.

O analista do setor de carnes do Centro de Socieconomia e Planejamento Agrícola (Cepa) da Epagri, Alexandre Giehl, também acredita que a imposição de taxas poderá gerar uma mudança de compras dos mexicanos.

– O México é o segundo maior importador mundial de carne de frango e o terceiro maior importador de carne suína. Em 2017, de toda a carne suína importada pelos mexicanos 90% era oriunda dos EUA. No Frango o percentual foi de 77% dos Estados Unidos e 20% do Brasil. Mas essa participação pode aumentar, tanto pela substituição do que atualmente vem dos EUA, quando pela substituição da carne suína pela carne de frango – disse Giehl.

Nos primeiros quatro meses de 2019 Santa Catarina exportou 5,6 mil toneladas de frango para os mexicanos, o que representou uma queda de 51% em relação às 11 mil toneladas do mesmo período do ano passado. Em faturamento houve uma quedad e 39%, de US$ 18 milhões para US$ 11 milhões.

Giehl disse que essa queda foi motivada por um período em que estavam expirando as cotas de exportações brasileiras, mas que no final do ano passado foram renovadas. Inclusive houve um incremento de 55 mil toneladas em relação às 300 mil toneladas anteriores, segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Já o presidente da Associação Catarinense de Avicultura, José Antonio Ribas Júnior está mais cauteloso. Ele teme que uma briga do México com os Estados Unidos possa atrapalhar as vendas brasileiras de frango.
(NSC Total) (Darci Debona)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 19/07
Caminhoneiros reagem à tabela de frete e planejam ato para segunda (10:36)
Milho: “Chove em Chicago” (08:59)
BRF começa a deixar turbulências para trás (08:57)
Quinta-Feira, 18/07
China vai inspecionar frigoríficos brasileiros por vídeo (14:16)
Demanda chinesa por carnes amplia exportações da UE (08:55)
Após divergências com a ministra, presidente da Embrapa é demitido (08:53)
Paraná deverá liderar produção de carnes, prevê especialista (07:44)
Itaú BBA aponta tendências de faturamento das carnes em 2019 (07:43)
Frango/BTG: fundamentos no curto prazo são bons; pico do ciclo pode estar próximo (00:42)
Quarta-Feira, 17/07
Zoetis destaca Magniplex na Festa do Ovo, em Bastos/SP (13:31)
Polinutri garante presença na tradicional Festa do Ovo de Bastos (11:39)
ANTT cede a caminhoneiros em tabela do frete (09:00)
Aviagen reúne representantes das principais empresas avícolas da América Latina para evento técnico nos EUA (08:16)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte disparam em junho (08:11)
Mercado do boi gordo está perdendo força (08:07)
Mercado do milho finaliza a pregão nesta 3ª feira em campo negativo na CBOT (08:03)
Soja fecha com baixas de dois dígitos em Chicago (08:00)
Instituto Ovos Brasil patrocina 3ª edição da Corrida da Festa do Ovo (07:42)
Terça-Feira, 16/07
Yamasa participa da Festa do Ovo 2019, patrocina Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos e Corrida da Festa do Ovo (12:04)
Boehringer Ingelheim Saúde Animal confirma presença na Festa do Ovo de Bastos 2019 e reforça seu compromisso com o segmento de postura (12:00)
Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 602,8 bilhões em 2019 (11:30)
Milho: Mercado inicia sessão nesta 3ª feira com baixas em Chicago (09:34)
Plantio atrasado nos EUA estende impacto do clima sobre preço de grãos (09:22)
Mercosul acelera vigência de acordo com UE (09:19)
Levantamentos indicam que geada não comprometeu oferta de produtos (08:31)
PIB do agronegócio cresce 0,04% em abril (08:27)
Santa Catarina encerra o primeiro semestre com alta de 56% nas exportações de carnes (08:24)
Exportação de milho do Brasil no acumulado de julho já supera volume de junho (08:22)
Começo de semana parado no mercado do boi gordo (08:10)
Milho: mercado finaliza a sessão nesta 2ª feira com forte recuo na Bolsa de Chicago (08:08)
Soja fecha a 2ª feira com mais de 10 pts de queda na CBOT (08:00)
Segunda-Feira, 15/07
MSD Saúde Animal marca presença na Festa do Ovo (12:34)
SP: preços agropecuários sobem 2% em junho (12:18)
Ovos: preços têm comportamentos distintos dentre regiões (11:38)
Milho: com possível recorde em 18/19, comprador se retrai (11:37)
Soja: dólar recua e afasta vendedor, limitando liquidez (11:35)
Biovet Vaxxinova participa da Festa do Ovo em Bastos (SP) (09:19)
Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos acontece nesta quarta-feira (07:52)
Pelo segundo ano, EUA veem Brasil na liderança mundial de soja (07:47)
Milho: mercado encerra sessão desta 6ª feira com fortes valorizações na Bolsa de Chicago (07:43)
Os perigos dos antibióticos para animais saudáveis (07:41)
Soja: clima quente e seco no Corn Belt puxam Chicago na 6ª (07:41)
Vendas externas do agro em junho somam US$ 8,34 bi (07:35)