Domingo, 16 de Junho de 2019
Exportação

Secretaria de Comércio Exterior atualiza estatísticas de 2018

Dados de exportações e importações foram revisados.
Brasília, DF, 07 de Junho de 2019 - Com o objetivo de garantir a qualidade da informação divulgada e a transparência dos processos de compilação das estatísticas, a Subsecretaria de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior (Sitec), subordinada à Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia (Secex/ME), reprocessou e atualizou os dados das exportações de 2018.

As alterações já implementadas para aperfeiçoar e desburocratizar os processos de exportação e importação geraram imprecisões em algumas informações tradicionalmente produzidas. Para aperfeiçoar a divulgação, há um trabalho conjunto da Sitec com a equipe do Portal Único. O reprocessamento do ano de 2018 é fruto desse trabalho.
De acordo com Herlon Brandão, subsecretário de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior, a revisão não impacta significativamente os totais agregados de 2018 divulgados anteriormente.

“Pequenas diferenças de valor serão notadas basicamente por causa de retificações naturais realizadas pelos próprios exportadores”, esclarece. “A Sitec continua avaliando permanentemente a qualidade dos dados oriundos do Portal Único e, caso necessário, providenciará novos reprocessamentos”.
As novas informações estão disponíveis com a publicação padrão dos relatórios mensais compilados com dados até o mês de maio de 2019.

Desde o início da implantação do sistema Portal Único, a Sitec vem acompanhando atentamente e adaptando a recuperação dos dados estatísticos ao novo processo aduaneiro. A remodelagem propicia, ainda, maior alinhamento às recomendações do manual internacional para compilação de estatísticas de comércio exterior (International Merchandise Trade Statistics).

Alterações

Além da atualização padrão do ano de 2019, esse reprocessamento afeta o período de janeiro a dezembro de 2018 e possui as seguintes características:
1 - A série de exportação sobre vias de transporte estavam comprometidas, sem estatísticas desde o lançamento do Portal Único. Em 2019, foram feitas novas integrações no sistema Portal Único que possibilitaram a recepção dessas informações para compilação de estatísticas. O reprocessamento reduziu consideravelmente a incidência de “Via Não Declarada”.
2 - A série de exportação por municípios estava parcialmente comprometida. Por isso, não se recuperava a informação estatística do domicílio fiscal das empresas exportadoras. O novo reprocessamento reduziu consideravelmente a incidência de “Município Não Declarado – ND”.
3 - As Declarações de Exportação (DU-Exp) passaram por processos naturais de retificação. Com a transição dos sistemas, houve intensa incidência de retificações nos primeiros meses de 2019, com alterações referentes a declarações de 2018. O reprocessamento de 2018 compila informações mais atualizadas e corrigidas.
4 - As séries de UF Produtora (Unidade da Federação origem do produto exportado) estavam parcialmente comprometidas devido a problemas relacionados à associação da nota fiscal à DU-Exp em casos de embarque antecipado. Foram constatados atrasos na apresentação de notas fiscais após o embarque, impactando as séries de UF Produtora de mercadorias tradicionalmente exportados nessa modalidade.

Embarque antecipado

Segundo a IN 1702, da Receita Federal, os exportadores que utilizam embarque antecipado têm até dez dias corridos após o embarque para apresentação das notas fiscais. Este prazo está sendo extrapolado, em algumas situações, por conta de adaptação dos operadores à nova sistemática do Portal Único.

Segundo a Sitec, a situação será normalizada assim que os exportadores e intervenientes estejam completamente adaptados aos novos processos.
O reprocessamento de 2018 visa capturar as apresentações tardias de notas fiscais e, consequentemente, a atribuição correta dos valores exportados à UF Produtora informada na nota fiscal.

Mesmo que a nota seja apresentada tardiamente, o reprocessamento contabilizará o valor da UF retroativamente ao mês do embarque e não ao mês em que a nota fiscal foi apresentada. Demais casos de exportação, diferentes de embarque antecipado, já apresentam informações sem distorção.
(Ministério da Economia) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 16/06
Sexta-Feira, 14/06
Redução do uso de Antibióticos é tema de palestra promovida pela Vetanco (12:53)
Prevenção contra a PSA (11:11)
É hora de reorganizar os negócios, diz CEO da BRF (06:35)
Frigoríficos já podem retomar exportação de carne bovina à China (06:33)
Consumo de carne suína em baixa na China (06:31)
Mercado do boi 'acordou' mais tarde, reagiu e já mostrou negócios pré crise da vaca louca (06:27)
Mercado do boi gordo está ganhando firmeza (06:25)
Brasil volta a exportar carne bovina para China (06:21)
Governo gaúcho reativa Câmaras Setoriais e Temáticas (06:18)
Conselho do Agro debate reforma tributária (06:17)
Abatedouro de aves é inaugurado no Parque Agroindustrial de Gurupi (GO) (06:15)
Justiça alemã valida morte de milhões de pintos machos na indústria (06:14)
Autoridades brasileiras e argentinas pedem corredor do milho e internacionalização de aeroporto (06:13)
Consumir carne de frango ao invés da bovina já diminui impactos ambientais (06:12)
Em 2040, 60% da carne consumida no mundo não será de origem animal (06:09)
Saldo da balança do agronegócio foi de US$ 8,6 bilhões em maio (06:07)
Mercado do milho fecha a sessão desta 5ª com com forte avanço em Chicago (06:06)
Soja: produtor brasileiro tem momento de melhores patamares em Chicago e prêmios altos (06:03)
Quinta-Feira, 13/06
SP: Preços Agropecuários recuam 1,76% no fechamento do mês de maio (15:05)
Suínos: liquidez aquecida nos mercados interno e externo eleva preços (14:41)
Brasil volta a exportar carne bovina para China (12:11)
Setor de equipamentos participa em peso do SIAVS 2019 (12:09)
IBGE: abate de frangos, no 1º trimestre, recua 2,0% em relação ao mesmo período de 2018 (11:27)
Ovos de galinha: produção cresce 6,0% e tem melhor 1º tri desde 1997, diz IBGE (11:26)
Korin investe em fábrica para ração de frangos (08:23)
Subprodutos fazem milho dos EUA mais competitivo (08:21)
Cooperativas de crédito ganham força (08:19)
Marfrig descarta ter que comprar ações da National Beef (08:15)
Mercado do boi ganha firmeza (08:10)
Previsão de mais chuvas e incerteza sobre produção deixa milho levemente mais valorizado nesta 4ª feira em Chicago (08:05)
Soja sobe quase 20 pts em Chicago nesta 4ª feira (08:00)
Quarta-Feira, 12/06
Aves Hendrix são as campeãs do Concurso de Qualidade de Ovos Capixaba (15:51)
XIV Simpósio Goiano de Avicultura recebe patrocínio e palestra da Cobb-Vantress (15:48)
Material de proteção gera crédito de Cofins (09:29)
Nova Gerente Técnica de Vendas da BV Science (09:08)
Congresso aprova crédito suplementar que garante recursos para o Plano Safra 2019/2020 (08:59)
Produção de grãos no Brasil deve ser de 238,9 milhões de toneladas (08:58)
Demanda japonesa por carne continua superando a oferta doméstica (08:56)
Forte quebra nos EUA beneficia exportação brasileira de milho (08:46)
Uma fusão das mais complexas (08:45)
Índice da FGV de produção de agroindústrias caiu em abril (08:42)
Terça-Feira, 11/06
Universidade Estadual de Maringá tem 16 cartas-patentes concedidas pelo INPI (08:16)
“China sustenta a agricultura do Brasil", diz Charles Tang (08:08)
Falta de crédito rural com taxas controladas motiva busca por opções (08:06)
Plano de fusão com a Marfrig divide os conselheiros da BRF (08:03)
Boi Gordo: frigoríficos seguem 'tateando' o mercado (07:56)
MT registra vendas de milho "a todo vapor", com negócios para safras atual e futura (07:51)
Milho fecha 2ª feira com cotações misturadas em Chicago (07:50)
Soja fecha com leves altas em Chicago nesta 2ª feira (07:43)
Santa Catarina é o maior exportador de carne de frango do Brasil (07:28)