Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Matérias-Primas

Soja sobe quase 20 pts em Chicago nesta 4ª feira
Campinas, SP, 13 de Junho de 2019 - Os preços da soja fecharam a quarta-feira (12) subindo quase 20 pontos na Bolsa de Chicago. O mercado retomou seu fôlego diante das previsões de mais chuvas para quase todo o Corn Belt nos próximos 7 dias e também nas semanas seguintes.

O mapa trazido hoje pelo NOAA indica que nos próximos 7 dias as chuvas voltam a se intensificar muito no coração do Corn Belt, onde o plantio da oleaginosa está muito atrasado. Estados como Illinois, Indiana, Ohio, Missouri e partes de Arkansas e Kansas podem receber mais de 75 mm de chuvas entre hoje e o dia 19 de junho.

Novos mapas divulgados na tarde desta quarta-feira (12) mostram que ainda há muitas chuvas previstas até o final de junho nos Estados Unidos. Desta quarta até dias 27 e 28 de junho, são esperados mais de 200 mm.

Assim, os futuros da oleaginosa terminaram os negócios com o julho valendo US$ 8,78, com alta de 18,75 pontos, e o agosto, US$ 8,84, subindo 18,50 pontos.

"Esta previsão para os próximos sete dias pode dificultar ainda mais o plantio da soja, principalmente no leste do Corn Belt. A maior parte dos estados onde há esta mancha vermelha plantou menos da metade de suas áreas projetadas até o último domingo (9). E estes são os maiores produtores", diz Karen Braun, uma especialista da Reuters Internacional, em sua conta no Twitter.

A real e efetiva ára plantada tanto de soja, quanto de milho permanece sendo o ponto-chave deste cenário.

Assim, os traders seguem esperando pelo boletim de área que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) traz no final de junho, fazendo suas correções após um período que seria de conclusão do plantio no país.

Ontem, em seu reporte mensal de oferta e demanda, o departamento deixou seus números para a soja inalterados, enquanto promoveu uma considerável redução em suas estimativas para o milho. A oleaginosa, afinal, ainda conta com algumas semanas de janela de plantio e, por isso, apresenta um quadro bastante incerto.

No entanto, o economista-chefe do USDA, Robert Johansson, disse em entrevista que o órgao poderia revisar os números da oleaginosa em seu boletim de julho.

PREÇOS NO BRASIL

No Brasil, os indicativos para a soja subiram, de carona no avanço em Chicago. Entretanto, analistas e consultores explicam que a baixa do dólar, uma estabilidade dos prêmios e também as questões ligadas ao tabelamento dos fretes mantém as cotações limitadas.

Nos portos, as altas variaram de 0,61% a 0,88%, com as referências variando entre R$ 80,50 e R$ 82,00 por saca entre o spot e as referências para o próximo mês.

Já no interior, os ganhos chegaram a até 3,56%, como foi o caso de Sorriso, onde a soja fechou a quarta-feira com R$ 64,00 por saca.
(Notícias Agrícolas) (Carla Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 19/07
Caminhoneiros reagem à tabela de frete e planejam ato para segunda (10:36)
Milho: “Chove em Chicago” (08:59)
BRF começa a deixar turbulências para trás (08:57)
Quinta-Feira, 18/07
China vai inspecionar frigoríficos brasileiros por vídeo (14:16)
Demanda chinesa por carnes amplia exportações da UE (08:55)
Após divergências com a ministra, presidente da Embrapa é demitido (08:53)
Paraná deverá liderar produção de carnes, prevê especialista (07:44)
Itaú BBA aponta tendências de faturamento das carnes em 2019 (07:43)
Frango/BTG: fundamentos no curto prazo são bons; pico do ciclo pode estar próximo (00:42)
Quarta-Feira, 17/07
Zoetis destaca Magniplex na Festa do Ovo, em Bastos/SP (13:31)
Polinutri garante presença na tradicional Festa do Ovo de Bastos (11:39)
ANTT cede a caminhoneiros em tabela do frete (09:00)
Aviagen reúne representantes das principais empresas avícolas da América Latina para evento técnico nos EUA (08:16)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte disparam em junho (08:11)
Mercado do boi gordo está perdendo força (08:07)
Mercado do milho finaliza a pregão nesta 3ª feira em campo negativo na CBOT (08:03)
Soja fecha com baixas de dois dígitos em Chicago (08:00)
Instituto Ovos Brasil patrocina 3ª edição da Corrida da Festa do Ovo (07:42)
Terça-Feira, 16/07
Yamasa participa da Festa do Ovo 2019, patrocina Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos e Corrida da Festa do Ovo (12:04)
Boehringer Ingelheim Saúde Animal confirma presença na Festa do Ovo de Bastos 2019 e reforça seu compromisso com o segmento de postura (12:00)
Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 602,8 bilhões em 2019 (11:30)
Milho: Mercado inicia sessão nesta 3ª feira com baixas em Chicago (09:34)
Plantio atrasado nos EUA estende impacto do clima sobre preço de grãos (09:22)
Mercosul acelera vigência de acordo com UE (09:19)
Levantamentos indicam que geada não comprometeu oferta de produtos (08:31)
PIB do agronegócio cresce 0,04% em abril (08:27)
Santa Catarina encerra o primeiro semestre com alta de 56% nas exportações de carnes (08:24)
Exportação de milho do Brasil no acumulado de julho já supera volume de junho (08:22)
Começo de semana parado no mercado do boi gordo (08:10)
Milho: mercado finaliza a sessão nesta 2ª feira com forte recuo na Bolsa de Chicago (08:08)
Soja fecha a 2ª feira com mais de 10 pts de queda na CBOT (08:00)
Segunda-Feira, 15/07
MSD Saúde Animal marca presença na Festa do Ovo (12:34)
SP: preços agropecuários sobem 2% em junho (12:18)
Ovos: preços têm comportamentos distintos dentre regiões (11:38)
Milho: com possível recorde em 18/19, comprador se retrai (11:37)
Soja: dólar recua e afasta vendedor, limitando liquidez (11:35)
Biovet Vaxxinova participa da Festa do Ovo em Bastos (SP) (09:19)
Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos acontece nesta quarta-feira (07:52)
Pelo segundo ano, EUA veem Brasil na liderança mundial de soja (07:47)
Milho: mercado encerra sessão desta 6ª feira com fortes valorizações na Bolsa de Chicago (07:43)
Os perigos dos antibióticos para animais saudáveis (07:41)
Soja: clima quente e seco no Corn Belt puxam Chicago na 6ª (07:41)
Vendas externas do agro em junho somam US$ 8,34 bi (07:35)