Domingo, 19 de Janeiro de 2020
Mercado

Vendas de ovos disparam em Manaus
Manaus, AM, 05 de Dezembro de 2019 - Os ovos estão conquistando espaço bem maior na mesa do consumidor manauara neste final de ano. Com o reajuste médio de 35% no preço da carne bovina, a procura pela proteína alternativa disparou no comércio. Isso em virtude da disparidade dos preços, uma vez que a carne de segunda já passa de R$ 20, enquanto a dúzia de ovos pode ser encontrada pela metade deste valor.

Nas feiras de Manaus, é possível encontrar a forma de ovo com 30 unidades sendo comercializada de R$ 9 (ovos pequenos) até R$ 15 (ovos extragrandes). Já em um supermercado localizado no Vieiralves, a cartela custa R$10,70. O valor, de acordo com a Comissão de Avicultura do Amazonas (CAA), não sofreu alteração apesar do aumento na procura.

O vice-presidente da CAA, Luiz Mario, comemora o aumento na procura do ovo e enxerga o momento como uma oportunidade de valorizar o setor. “O ovo passou a ser visto como produto fundamental para a família. Vemos esse momento como uma oportunidade para o setor ser valorizado. Sabemos que o ovo é uma proteína mais barata que a carne e o frango, que aumentaram nos últimos meses. A demanda aumentou bastante”, informou Luiz, que confirmou que a previsão para 2020 é de aumento na produção e o surgimento de novas granjas.

Na outra ponta, em um mercadinho do bairro Coroado, o comerciante Jorge Azevedo confirma que a procura por ovos, de fato, tem aumentado nas últimas semanas. Ele afirma que recebe cargas do produto todas as segundas e sextas-feiras. Mas, por conta da grande procura, precisou antecipar a entrega da carga e já́ prevê adiantar a próxima encomenda. “Temos que aproveitar este período de aquecimento nas vendas”, vibrou. E haja criatividade para tanto ovo no cardápio. Danilo Medeiros, gerente do restaurante do Dadá, localizado no Centro de Manaus, informou que o ovo vem sendo muito utilizado como alternativa para diminuir os custos da produção.
“Usamos muito ovo aqui. Ontem, por exemplo, foram duas formas. Amanhã, vamos utilizar novamente. Temos que utilizar a criatividade. Podemos fazer picadinho com ovo, massa para panqueca, caldeirada de tambaqui e fora os clientes que gostam de ovo frito e cozido”, disse.

Dados

De acordo com a Secretaria de Produção Rural (SEPROR), a avicultura se concentra principalmente na região metropolitana de Manaus, com mais de 3,15 milhões de aves e 1,49 milhões de caixas de ovos por ano – 520 milhões de unidades. Os principais municípios produtores são Manaus, Iranduba, Manacapuru e Rio Preto da Eva. O Amazonas ocupa a décima quarta posição do país na criação de aves.

Dieta é boa pro coração

Fonte de proteína e vitaminas essenciais para o corpo humano, o ovo é indicado por especialistas como alimento fundamental na dieta básica do brasileiro. De acordo com o endocrinologista Lucas Mitoso, o produto ajuda na saúde do coração e do cérebro.

“O ovo é um substituto muito bom da proteína de origem bovina e suína. Ele tem uma quantidade boa de vitaminas do complexo B, que faz parte da saúde do coração. Tem a B8, que ajuda na saúde cerebral, porque é uma vitamina que compõem a substância que faz a sinapse ser mais efetiva. Além disso, o valor biológico do ovo é muito bom. O corpo absorve quase 100% do que existe no ovo, diferente do que acontece com outras proteínas como a da carne”, explicou Mitoso.

Diferente do que muita gente acredita, o colesterol presente no ovo não é prejudicial ao corpo humano.
“O ovo tem em média 300 mg de colesterol, mas sabemos que esse tipo não é maléfico como o industrializado. Não é aquele que vai entupir as artérias do coração. Não existe um consenso da quantidade ideal para se consumir no dia, mas se levarmos em consideração a quantidade de proteína e vitaminas, podemos sugerir o consumo de duas ou três unidades. Claro que isso depende de pessoa para pessoa”, concluiu.
(Toda Hora ) (Thiago Fernando)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 19/01
Sexta-Feira, 17/01
Negócios no mercado físico do milho estão menos travados (14:40)
Boi Gordo: semana foi marcada pela pressão de baixa da indústria (14:34)
Efeito de acordo EUA-China no Brasil para aves e suínos é limitado (14:32)
Perspectiva de crescimento para mercado de aves e suínos em 2020 (14:28)
Rabobank: perspectivas do Agronegócio no Brasil em 2020 (14:27)
Granja Pinheiros recebe equipe da Vetanco (13:00)
Pecuária e grãos impulsionam IPPA/Cepea no quarto trimestre de 2019 (12:28)
Milho sobe em Chicago após acordo EUA-México-Canadá (12:24)
Comércio Brasil-Irã não deve diminuir com crise com EUA, diz professor da FGV (12:18)
Demanda firme reduz impacto de acordo EUA-China para frango e suíno do Brasil (12:16)
Produção de carne suína da China registra queda em 2019 (10:15)
Carne bovina sem osso caiu 1,1% nesta semana no atacado (08:50)
Soja opera com leves baixas e estabilidade em Chicago nesta 6ª feira (08:48)
Energia elétrica: suspenso o recadastramento das propriedades rurais (08:08)
Frango: volume de exportação em dezembro é o maior de 2019 (07:25)
Imea aponta que milho vai continuar em alta durante 2020 (06:58)
Frango: mercado em busca de ajustes (06:50)
Suínos: demanda fraca mantém lentidão nas cotações (06:42)
Pressão continua no mercado do boi gordo (06:40)
Boi: frigoríficos seguem afastados das compras (06:39)
Exportações de carne surpreendem neste início de ano (06:31)
Milho despenca em Chicago com dúvidas sobre compras da China (06:30)
Soja: Chicago tem novo dia de baixas nesta 5ª feira (06:25)
Quinta-Feira, 16/01
Agropecuária do MS gera empregos acima da média nacional (12:30)
Milho está na lista de compras chinesas de produtos agropecuários norte-americanos (10:41)
Boi Gordo: escalas de abate estão nos menores níveis dos últimos meses (10:38)
No Brasil, impacto do acordo entre China e EUA deve ser limitado (10:29)
Estiagem provoca perdas na agricultura e morte de aves em aviários em Marau, RS (10:24)
Acordo EUA-China estabelece regras para cotas tarifárias de produtos agrícolas (10:23)
Incentivo acarreta crescimento expressivo da avicultura em Barão de Cotegipe (RS) (10:21)
Milho: quinta-feira começa com perdas em Chicago (09:26)
Suínos: demanda se enfraquece e preços do vivo e da carne recuam (07:28)
Boi: setor aumenta investimento e produtividade é a maior da história (07:27)
Frango: mercado sem muitas movimentações nesta quarta-feira (07:23)
Demanda ruim dita rumo do mercado do boi (07:21)
Suínos: mercado em busca de ajustes (07:20)
Milho encerra a quarta-feira com baixas em Chicago (07:19)
Soja: preços seguem estáveis no Brasil (07:17)
ABPA apresenta trabalho setorial para a sustentabilidade durante o GFFA 2020 (07:10)
Quarta-Feira, 15/01
Avicultura deve continuar recuperando preços no começo de 2020 (14:32)
Preços dos ovos recuam 7,3% na semana puxados pelas carnes, afirma Cepea (12:32)
Valores futuros de carne suína se recuperam em Chicago (10:21)
Segundo caso de gripe aviária H5N8 é encontrado na Hungria em uma semana (10:20)
Florianópolis (SC) sedia, em setembro, a 13ª edição do Simpósio da ACAV (09:57)
São Paulo envia o primeiro lote de frango para China (09:52)
VBP do campo caminha para bater novo recorde (09:50)
Milho: fluxo de negócios ainda é tímido (09:26)
Boi Gordo: pressão baixista da indústria prosseguiu nesta semana em SP (09:20)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte acumulam altas em 2019 (08:33)
Perdigão e Sesc alcançam o marco de 1 milhão de aves natalinas doadas em quatro anos de parceria (08:27)
Valor da Produção Agropecuária de 2019 atinge recorde de R$ 630,9 bilhões (08:23)
Frango: movimentações no mercado seguem em ritmo lento (08:08)
Santa Catarina tem o melhor desempenho da história na exportação de carnes em 2019 (08:06)
Suínos: terça-feira de quedas no mercado (08:06)
Milho encerra a terça-feira estável em Chicago (08:05)
Seca agrava escassez do milho em SC (08:01)
Boi: cotação da arroba registra queda 1,5% em SP (08:00)
Soja: mercado de lado e sem grandes mudanças em Chicago (07:55)
Pressão sobre a cotação da arroba do boi gordo (07:50)
Terça-Feira, 14/01
Preços das carnes devem determinar ritmo de comercialização de ovos em 2020 (11:03)
Demandas interna e externa aquecidas devem manter preços firmes para o frango em 2020 (11:02)
Perspectivas boi: oferta restrita e demanda firme podem seguir sustentando preços em 2020 (10:57)
Soja: preços continuam sem força na Bolsa de Chicago (10:07)
Demanda chinesa por pé de frango valoriza exportações da Zanchetta (10:04)
Consumo de carne bovina cai ao menor nível da década na Argentina (10:01)
Périplo internacional: Ministra viaja em busca de acordos (10:00)
Frango: movimento no mercado seguiu lento nesta segunda-feira (08:07)
Cotação da arroba do boi gordo cai no Centro-Oeste e em São Paulo (08:04)
Boi: mercado futuro finaliza com pequenos ganhos nesta 2ª feira na B3 (08:01)
Ritmo de embarque de carne bovina registra bom desempenho nos primeiros dias úteis de janeiro (08:00)
Milho se valoriza em Chicago nesta 2ª feira (07:59)
Suínos: mercado continua expressando quedas nas cotações (07:50)
Exportações brasileiras de milho em janeiro estão 45% menores do que mesmo mês de 2019 (07:50)
Baixa demanda pela soja americana tira sustentação de preços em Chicago (07:46)
Preços da soja devem subir mais nas próximas semanas, prevê Fitch Solutions (07:45)