Domingo, 19 de Janeiro de 2020
Meio Ambiente

CNA leva posicionamento do Agro para a COP-25

Documento será entregue aos negociadores brasileiros e estrangeiros durante a Conferência do Clima, em Madri.
Brasília, DF, 06 de Dezembro de 2019 - A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) vai levar no próximo dia 7 de dezembro o posicionamento do agro brasileiro para a 25ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP) em Madri, na Espanha. O documento foi construído com a participação das entidades do setor.

“Esse documento vai externar para os negociadores brasileiros e internacionais, a ONU e os compradores do agronegócio brasileiro, o posicionamento e as expectativas do setor em relação à cúpula do clima”, afirmou o presidente da Comissão Nacional de Meio Ambiente da CNA, Muni Lourenço.

No posicionamento, a Confederação reitera o compromisso do produtor rural com a redução das emissões de gases de efeito estufa com adoção de tecnologias de baixa emissão de carbono e boas práticas agrícolas e pede que a comunidade internacional reconheça os esforços já realizados pelos produtores brasileiros como ações antecipadas de mitigação.

A conservação da vegetação nativa em áreas privadas no Brasil chega a 218 milhões de hectares, área equivalente à superfície de 10 países europeus, de acordo com dados do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

“O produtor rural brasileiro adota cada vez mais tecnologias para melhorar a rentabilidade com sustentabilidade ambiental, mostrando que o Brasil conseguiu construir um modelo de crescimento rural de forma verticalizada, poupando área e respeitando o meio ambiente”, ressaltou Lourenço.

Outro item do posicionamento levanta a necessidade dos países que são considerados os que mais emitem gases de efeito estufa financiem, por meio de projetos de cooperação, doações ou transferência de tecnologias, as ações de adaptação de outros países como o pagamento por serviços ambientais. O tema, inclusive, está previsto no artigo 6.4 do Acordo de Paris.

Além disso, o documento destaca que o setor privado está comprometido com a transformação agropecuária por meio de projetos que permitam incorporar tecnologias e ações para uma produção mais resiliente. Outro compromisso assumido pelo agro é aumentar a geração de bioenergia e biocombustíveis a partir da biomassa da cana-de-açúcar para substituir a matriz de combustíveis fósseis.
“Desde a celebração do Acordo de Paris, o total de emissões evitadas atingiu 240 milhões de toneladas de gás carbônico. Além disso, a Política Nacional de Biocombustíveis (Renovabio) propõe reduzir os GEEs em mais 10% na matriz de transportes nos próximos 10 anos”, ressalta o posicionamento.

A COP25 em Madri acontecerá de 2 a 13 de dezembro e discutirá as obrigações dos países para o cumprimento do Acordo de Paris, previsto para entrar em vigor em 2020. O posicionamento do setor agropecuário será entre aos negociadores brasileiros e estrangeiros durante a conferência e também está disponível para consulta no portal www.cnabrasil.org.br.
(CNA) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 19/01
Sexta-Feira, 17/01
Negócios no mercado físico do milho estão menos travados (14:40)
Boi Gordo: semana foi marcada pela pressão de baixa da indústria (14:34)
Efeito de acordo EUA-China no Brasil para aves e suínos é limitado (14:32)
Perspectiva de crescimento para mercado de aves e suínos em 2020 (14:28)
Rabobank: perspectivas do Agronegócio no Brasil em 2020 (14:27)
Granja Pinheiros recebe equipe da Vetanco (13:00)
Pecuária e grãos impulsionam IPPA/Cepea no quarto trimestre de 2019 (12:28)
Milho sobe em Chicago após acordo EUA-México-Canadá (12:24)
Comércio Brasil-Irã não deve diminuir com crise com EUA, diz professor da FGV (12:18)
Demanda firme reduz impacto de acordo EUA-China para frango e suíno do Brasil (12:16)
Produção de carne suína da China registra queda em 2019 (10:15)
Carne bovina sem osso caiu 1,1% nesta semana no atacado (08:50)
Soja opera com leves baixas e estabilidade em Chicago nesta 6ª feira (08:48)
Energia elétrica: suspenso o recadastramento das propriedades rurais (08:08)
Frango: volume de exportação em dezembro é o maior de 2019 (07:25)
Imea aponta que milho vai continuar em alta durante 2020 (06:58)
Frango: mercado em busca de ajustes (06:50)
Suínos: demanda fraca mantém lentidão nas cotações (06:42)
Pressão continua no mercado do boi gordo (06:40)
Boi: frigoríficos seguem afastados das compras (06:39)
Exportações de carne surpreendem neste início de ano (06:31)
Milho despenca em Chicago com dúvidas sobre compras da China (06:30)
Soja: Chicago tem novo dia de baixas nesta 5ª feira (06:25)
Quinta-Feira, 16/01
Agropecuária do MS gera empregos acima da média nacional (12:30)
Milho está na lista de compras chinesas de produtos agropecuários norte-americanos (10:41)
Boi Gordo: escalas de abate estão nos menores níveis dos últimos meses (10:38)
No Brasil, impacto do acordo entre China e EUA deve ser limitado (10:29)
Estiagem provoca perdas na agricultura e morte de aves em aviários em Marau, RS (10:24)
Acordo EUA-China estabelece regras para cotas tarifárias de produtos agrícolas (10:23)
Incentivo acarreta crescimento expressivo da avicultura em Barão de Cotegipe (RS) (10:21)
Milho: quinta-feira começa com perdas em Chicago (09:26)
Suínos: demanda se enfraquece e preços do vivo e da carne recuam (07:28)
Boi: setor aumenta investimento e produtividade é a maior da história (07:27)
Frango: mercado sem muitas movimentações nesta quarta-feira (07:23)
Demanda ruim dita rumo do mercado do boi (07:21)
Suínos: mercado em busca de ajustes (07:20)
Milho encerra a quarta-feira com baixas em Chicago (07:19)
Soja: preços seguem estáveis no Brasil (07:17)
ABPA apresenta trabalho setorial para a sustentabilidade durante o GFFA 2020 (07:10)
Quarta-Feira, 15/01
Avicultura deve continuar recuperando preços no começo de 2020 (14:32)
Preços dos ovos recuam 7,3% na semana puxados pelas carnes, afirma Cepea (12:32)
Valores futuros de carne suína se recuperam em Chicago (10:21)
Segundo caso de gripe aviária H5N8 é encontrado na Hungria em uma semana (10:20)
Florianópolis (SC) sedia, em setembro, a 13ª edição do Simpósio da ACAV (09:57)
São Paulo envia o primeiro lote de frango para China (09:52)
VBP do campo caminha para bater novo recorde (09:50)
Milho: fluxo de negócios ainda é tímido (09:26)
Boi Gordo: pressão baixista da indústria prosseguiu nesta semana em SP (09:20)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte acumulam altas em 2019 (08:33)
Perdigão e Sesc alcançam o marco de 1 milhão de aves natalinas doadas em quatro anos de parceria (08:27)
Valor da Produção Agropecuária de 2019 atinge recorde de R$ 630,9 bilhões (08:23)
Frango: movimentações no mercado seguem em ritmo lento (08:08)
Santa Catarina tem o melhor desempenho da história na exportação de carnes em 2019 (08:06)
Suínos: terça-feira de quedas no mercado (08:06)
Milho encerra a terça-feira estável em Chicago (08:05)
Seca agrava escassez do milho em SC (08:01)
Boi: cotação da arroba registra queda 1,5% em SP (08:00)
Soja: mercado de lado e sem grandes mudanças em Chicago (07:55)
Pressão sobre a cotação da arroba do boi gordo (07:50)
Terça-Feira, 14/01
Preços das carnes devem determinar ritmo de comercialização de ovos em 2020 (11:03)
Demandas interna e externa aquecidas devem manter preços firmes para o frango em 2020 (11:02)
Perspectivas boi: oferta restrita e demanda firme podem seguir sustentando preços em 2020 (10:57)
Soja: preços continuam sem força na Bolsa de Chicago (10:07)
Demanda chinesa por pé de frango valoriza exportações da Zanchetta (10:04)
Consumo de carne bovina cai ao menor nível da década na Argentina (10:01)
Périplo internacional: Ministra viaja em busca de acordos (10:00)
Frango: movimento no mercado seguiu lento nesta segunda-feira (08:07)
Cotação da arroba do boi gordo cai no Centro-Oeste e em São Paulo (08:04)
Boi: mercado futuro finaliza com pequenos ganhos nesta 2ª feira na B3 (08:01)
Ritmo de embarque de carne bovina registra bom desempenho nos primeiros dias úteis de janeiro (08:00)
Milho se valoriza em Chicago nesta 2ª feira (07:59)
Suínos: mercado continua expressando quedas nas cotações (07:50)
Exportações brasileiras de milho em janeiro estão 45% menores do que mesmo mês de 2019 (07:50)
Baixa demanda pela soja americana tira sustentação de preços em Chicago (07:46)
Preços da soja devem subir mais nas próximas semanas, prevê Fitch Solutions (07:45)