Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
Agronegócios

Tocantins recebe investidores dos Emirados Árabes interessados em consolidar negócios no Estado
Palmas , 25 de Junho de 2019 - O secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), Ridoval Darci Chiareloto, recebeu, na manhã desta segunda-feira, 24, uma comitiva do ABU Dhabi Fund for Development dos Emirados Árabes Unidos que estão em busca de consolidar negócios no Tocantins. A reunião foi acompanhada pelo secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, César Halum, o superintendente do Banco da Amazônia, Marivaldo Melo e o presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Alberto Mendes da Rocha,
A comitiva, composta pelo encarregado de negócio da Embaixada daquele país, Abdelrahman Almaazi, e dos conselheiros do fundo de investimento Sharif Alsuwaidi e Tariq Obaid, veio ao Tocantins, pela primeira vez, para conhecer as oportunidades na área do agronegócio, com interesse em adquirir empreendimentos de pequeno, médio e grande porte.
Os investidores árabes têm interesse, principalmente, em efetivar negócios com indústrias de processamento de carne, grãos e com outros setores como agricultura, piscicultura, avicultura, e energia renovável, cujos empreendimentos estejam operando ou os projetos apresentem estudo de viabilidade econômica. O Fundo também está aberto a financiar projetos ligados à área de infraestrutura como estradas, pontes e barragens, através de PPP (Parceria Público-Privada).
“Nós percebemos que o Tocantins é um estado novo como os Emirados Árabes e por isso, queremos apoiá-los com os seus projetos”, afirmou o encarregado de negócios da Embaixada, Abdelrahman Almaazi, acrescentando que o Fundo já tem mais de 5 bilhões de dólares investidos no País.
Questionado sobre o valor de investimento disponível para o Tocantins, o Abdelrahman foi claro que “isto vai depender do número de projetos apresentados”.
Potencial
Na ocasião, Ridoval Darci apresentou as potencialidades que diferenciam o Tocantins dos demais estados, principalmente na questão logística, por contar com a Ferrovia Norte-Sul, com seis pátios modais, sendo dois em operação (Porto Nacional e Palmeirante), além de portos fluviais que dão acesso ao Atlântico, aeroporto em plena operação e uma malha viária que permite acesso a todas as regiões do País.
O secretário de Indústria e Comércio também destacou a localização estratégica do Tocantins, que faz divisa com seis estados da federação o que permite chegar a 41 milhões de consumidores num raio de 1.200 km.
“O Tocantins está pronto para viabilizar qualquer empreendimento e podemos oferecer mais que os outros estados, já que contamos com localização privilegiada, logística diferenciada, bons incentivos fiscais e terras abundantes disponíveis para exploração“, ressaltou o secretário aos investidores.
Ao longo do dia, mais reuniões foram realizadas com os investidores para aprofundar a negociação em relação a projetos que eles manifestaram interesse no Tocantins. Além disso, a negociação está aberta e ainda serão repassados projetos de empreendimentos que atendam aos interesses do Fundo de Investimento.
Agropecuária
O secretário da Agricultura, César Halum, acompanhado do diretor de Agricultura, Agronegócio e Pecuária da Seagro, José Américo, apresentou as potencialidades do Tocantins na setor do agronegócio para representantes do Fundo de Desenvolvimento de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.
Sobre o mercado interno, o secretário da Seagro focou a viabilidade econômica do Tocantins, situando o estado numa região estratégica de um raio de 600 km, interligando os estados do Maranhão, Bahia, Piauí, Distrito Federal, Goiás e Pará, com 5,2 milhões de habitantes. “Essa região é importante estratégica e economicamente e corresponde a um por cento do Produto Interno Bruto (PIB)”, argumentou o secretário.
O gestor da Seagro também explanou sobre o potencial agro do Tocantins. Informou aos investidores, que o estado possui cinco milhões de hectares de áreas disponíveis para a agricultura e 1,5 milhão de hectares de áreas plantadas. Cesár Halum destacou ainda, o rebanho bovino de 8,5 milhões de cabeças.
(Governo do Tocantins) (SECOM)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!
  • Notícias Relacionadas
  • Mais lidas em 7 dias
  • Mais lidas em 30 dias

Quarta-Feira, 26/06
Terça-Feira, 25/06
Evonik participa de mais uma edição do Simpósio Goiano de Avicultura (09:06)
PR: Exportação avícola para a China em maio é 110% superior ao mesmo mês de 2018 (08:31)
Frigoríficos já encaram problema na venda ao Irã (08:27)
Preço da carne suína exportada pelo Brasil dispara em junho (08:13)
Boi Gordo: mercado parado, mas firme (08:11)
Milho: cotações sobem em Chicago (08:03)
Soja fecha em campo positivo nesta 2ª feira (08:00)
Possibilidade de veto a importação agrícola divide o Mercosul em negociação (07:47)
Economia do Sul se destaca e cresce mais que média do país (06:54)
Preço da carne suína exportada pelo Brasil dispara em junho; embarques de soja têm força (06:46)
OMC vai avaliar se Indonésia mantém barreira comercial a carne de frango brasileira (06:44)
Tocantins recebe investidores dos Emirados Árabes interessados em consolidar negócios no Estado (06:43)
Segunda-Feira, 24/06
Polinutri anuncia seu novo presidente executivo (11:52)
Ovos: poder de compra deve cair pelo segundo mês seguido (10:45)
Soja: movimento de alta é interrompido (10:43)
Milho: exportação mantém preço em alta (10:42)
Wisium destacará diferenciais do Emulmix durante o Avicultor 2019 (10:37)
Custo de produção de suínos cai no mês de maio; produzir frango ficou mais caro (08:16)
Na FAO, ministra defende fim do protecionismo dos países desenvolvidos na agricultura (08:14)
Apoiado pelo Brasil, vice-ministro da Agricultura chinês é eleito novo diretor-geral da FAO (08:12)
Mercado do boi firme na volta do feriado (08:02)
Soja: mercado inicia semana intensa operando em alta na CBOT nesta 2ª feira (08:00)
Sexta-Feira, 21/06
Em Roma, Tereza Cristina afirma que vai trabalhar para eleição de candidato chinês na FAO (14:02)
Boi Gordo: preços da arroba voltam a subir no mercado paulista (13:11)
Suínos: diferença entre preço de exportação e o praticado no país diminui (13:10)
Frango: preços da carne e dos cortes estão em queda (08:02)
SC: alta de 51% nas exportações de carne suína em maio (07:48)
Avicultor 2019 será também no Espaço Cento e Quatro (07:43)
Previsão de safra recorde 'congestiona' cooperativas no Paraná (07:41)
O inverno que começa nesta sexta-feira terá influência do El Niño (07:38)
Copacol iniciou pagamento de complementação (07:36)
Preço médio do frango registrou valorização de 21,4% em MS em 2019 (07:34)
Embargo da UE de volta à pauta brasileira (07:30)
JBS desembolsa R$ 2,7 bi para amortizar dívidas com bancos no Brasil (07:21)
Soja encerra o pregão desta 5ª feira com ganhos na Bolsa de Chicago (07:17)
Mercado do milho fecha a sessão desta 5ª com com forte avanço em Chicago (07:16)
Mercado do boi retoma patamares de preços anteriores à episódio da vaca louca. (07:13)
Quinta-Feira, 20/06