Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
Saúde Animal

Novos registros de Influenza Aviária envolvem 4 continentes
Campinas, 01 de Novembro de 2017 - Sem registro de novos casos há mais de três meses, diversos países asíaticos e europeus afetados pela Influenza Aviária começam a se declarar “áreas livres da doença” – como estabelece a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Mas podem estar agindo precipitadamente, pois a chegada do Inverno no Hemisfério Norte vem fazendo o problema reaparecer.

Quem, por exemplo, acaba de declarar seu país livre da IA é o Ministro da Agricultura da França, onde os surtos de H5N8 iniciados no final de 2016 se estenderam até junho de 2017. Mas dois países fronteiriços – Itália e Alemanha – acabam de registrar novos casos, situação que se repete na Rússia e em Chipre. Na Ásia, quem continua enfrentando sérios desafios com a Influenza Aviária é a China.

Mas a presença do vírus da Influenza Aviária não se resume à Europa e à Ásia. No continente africano ele continua ocasionando problemas em vários países, chamando mais a atenção os casos ocorridos na África do Sul, onde quase uma centena de localidades já registrou casos da variante H5N8.

Diante do agravamento da situação, o governo sul-africano avalia, no momento, a possibilidade de adotar a vacinação preventiva, recurso que não é visto com bons olhos, pois irá afetar as exportações dos produtos avícolas da África do Sul.

Não há dados sobre a extensão dos problemas causados pelo vírus da IA na avicultura local, mas tudo indica que há grandes perdas na produção, porquanto governo e indústria estudam, no momento, a possibilidade de importar ovos férteis para a produção de pintos de corte.

Por fim, há um registro da doença na América Central. O Ministério da Agricultura da República Dominicana reportou à OIE a presença da variante H5N2, caracterizada como de baixa patogenicidade. O caso foi registrado em uma granja de poedeiras (49 mil aves) da província de Espaillat e detectado após queda elevada da postura e aumento anormal da mortalidade.
(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 18/10
OVOS: situação é crítica mas preços se mantiveram (06:24)
Quarta-Feira, 17/10
Ovos: vendas lentas e preços em queda (06:29)
Terça-Feira, 16/10
OVOS: mercado segue vulnerável pelos excessos existentes (05:56)
Segunda-Feira, 15/10
Ovos: preços tem forte queda no encerramento da semana (06:51)
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:20)
Sexta-Feira, 12/10



Últimos Clippings
Vetanco participa do ACAV 2018
Chile reabre mercado para avicultura do RS
SUÍNOS/CEPEA: exportação elevada sustenta preços no Brasil
BOI/CEPEA: produtividade de carne por animal é maior em SP
Adaptação veterinária

Nossos Parceiros
AgroceresMSD