Segunda-feira, 18 de Junho de 2018
Produção

AVIMIG alerta para o colapso causado pela greve dos caminhoneiros
Campinas, 24 de Maio de 2018 - O Conselheiro da AVIMIG, Associação dos Avicultores de Minas Gerais, Cláudio Faria, destacou em entrevista ao OvoSite e que é fato que os setores de criação de animais são os que mais sofrem com a paralização dos caminhoneiros. Se trata de uma cadeia verticalizada, a interdependência entre todas os elos da cadeia.

Ele apontou que quando as companhias escoam produtos congelados para o mercado, abastecem os supermercados e liberam espaço nos frigoríficos para congelamento de novos itens, aí entram os animais prontos para abate e abre espaço nas granjas para entrada dos pintinhos que estão nascendo, todos necessitam escoamento e entrada de insumos para os processos que ocorrem em fluxo contínuo. “A interrupção deste fluxo provoca um colapso em todo o setor, animais morrendo de fome, é o que já está acontecendo no Estado. Para se ter uma ideia, em Passos, Patrocínio e Visconde do Rio Branco, a interrupção de produção já é uma realidade. Desde ontem cerca de 6.000 trabalhadores já voltaram para suas casas em função da falta de animais para abate. As regiões de Uberlândia, Uberaba e São Sebastião do Oeste estão sofrendo perdas irreparáveis”, destacou.

Ele afirmou que é necessária a intervenção das autoridades no sentido de entender e resolver a situação o quanto antes para evitarmos um colapso maior, evitar morte de animais e perda de produtos. “Fazemos ainda um apelo aos líderes do movimento para que tenham tratamento adequado para este setor. O Brasil está perdendo espaço no mercado externo por problemas internos, estamos matando a galinha dos ovos de ouro, que gera mais de 4.000.000 de empregos nas indústrias e no campo”, disse.
(OvoSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 18/06
Sexta-Feira, 15/06
Ovos: volume do 1º trimestre foi 7% maior, diz IBGE (09:30)
Ovos sofrem primeiro retrocesso do mês (09:28)
Quinta-Feira, 14/06
Ovos: demanda desacelera, mas disponibilidade segue ajustada (08:00)
Quarta-Feira, 13/06
Ovos: mercado dá sinal de estabilidade (08:00)
Terça-Feira, 12/06
Ovo x Milho: poder de compra do avicultor foi altamente corroído em maio (08:00)
Ovos: demanda mostra certo arrefecimento e preços se mantiveram (08:00)



Últimos Clippings
Em sua 59ª edição, Festa do Ovo de Bastos tem espaço ampliado e dia específico para o entretenimento
II Encontro ASGAV/SIPARGS sobre energia alternativa e complementar
Pressão derruba diretor de inspeção do Ministério da Agricultura
Korin decide ampliar foco dos negócios
Creche de Água Clara (MS) conta com o apoio da Cobb-Vantress

Nossos Parceiros
AgroceresMSD