Sábado, 17 de Novembro de 2018
Mercado Externo

EUA enfrentam surtos virulentos da Doença de Newcastle
Campinas, 12 de Julho de 2018 - Atendendo chamado dos órgãos oficiais, pequenos criadores de aves da Califórnia (EUA) têm procurado os serviços de saúde animal para relatar a ocorrência de aves doentes e o aumento da mortalidade em seus planteis, problema causado por um surto da Doença de Newcastle caracterizado como virulento (em inglês, VND – Virulent Newcastle Disease, doença que até recentemente os EUA identificavam como Doença de Newcastle Exótica).

No acompanhamento implantado desde o surgimento dos primeiros surtos, na segunda quinzena de maio, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) relaciona cerca de quatro dezenas de casos, a maioria concentrada no condado de San Bernardino, com extensão para o condado, próximo, de Riverside. Todos os casos detectados envolvem, exclusivamente, galinhas exóticas participantes de exposições.

Na tentativa de deter o avanço da doença, os órgãos de saúde animal têm orientado o setor a intensificar as medidas de biosseguridade e a adotar medidas de higiene relativamente simples – como lavar mãos e calçados antes e depois de adentrar o local de alojamento das aves e limpar e desinfetar profundamente pneus e equipamentos antes de retirá-los da propriedade. E uma vez que o problema está concentrado em aves participantes de mostras avícolas, o USDA recomenda que, ao retornarem dessas mostras, sejam mantidas em isolamento por 30 dias, antes de serem colocadas junto ao restante do plantel.

De acordo com o USDA, a avicultura comercial norte-americana não registra casos do gênero desde 2003. Naquela ocasião, a doença (ainda identificada, em inglês, pela sigla END - Exotic Newcastle Disease) atingiu quatro diferentes estados – além da Califórnia, também Arizona, Texas e Nevada – e ocasionou a perda de cerca de 4,5 milhões de aves. Vide a propósito, entre as notícias do AviSite de 2003, “EUA: The end of the END”.
(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 17/11
Sexta-Feira, 16/11
Quinta-Feira, 15/11
Quarta-Feira, 14/11
Ovos: em outubro a pior relação de preço entre granja e varejo (09:07)
Ovos: mercado calmo e sem alterações (06:39)
Terça-Feira, 13/11
Ovos: desempenho ruim no decorrer do ano (06:21)
Ovos: mercado firme e ajustado (05:51)



Últimos Clippings
ABPA fomenta novos negócios para importações chinesas de aves e de suínos na CIIE
SUÍNOS/CEPEA: bom ritmo de exportações e demanda interna elevam preço da carne
BOI/CEPEA: aumento no abate mostra retomada de produtividade
FRANGO/CEPEA: carne se valoriza com aumento da procura
OVOS/CEPEA: maior demanda eleva cotações; alta do vermelho supera 20%

Nossos Parceiros
MSDAgroceres