Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
Mercado

Ovos: excessos de produto começam a derrubar as cotações
Campinas, 22 de Agosto de 2018 - Ontem, terça, após dezessete dias de preços estabilizados, o desajuste entre oferta e demanda causou leve baixa nos negócios realizados com ovos brancos e vermelhos.

Nos ovos brancos a queda – 1ª da semana e do mês, 37ª do ano – derrubou o preço médio diário para R$61,00, equivalendo a quase um quarto de diferença para o mesmo período do ano passado. Vinte reais a menos por caixa. De toda forma, ainda permanece 3,4% acima do praticado no início de agosto corrente.

Nos ovos vermelhos a queda acompanhou a verificada nos ovos brancos com a diferença a maior se mantendo até R$3,00 a mais por caixa, ou seja, foram comercializados por um mínimo de R$60,00 a um máximo de R$65,00, equivalendo a 27% de redução sobre o preço médio diário praticado no mesmo período de 2017.

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária a lentidão na saída do produto no varejo tem causado crescimento dos estoques e, com isso, restringido a atuação dos compradores. Por isso, os fechamentos existentes são disputados nos preços.

Com a falta de perspectiva até que o consumidor tenha seu poder de compra restabelecido os preços devem seguir vulneráveis. E, infelizmente, as ofertas superam a demanda existente. E, nesses casos, cada um procura negociar segundo suas necessidades.


(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 18/10
OVOS: situação é crítica mas preços se mantiveram (06:24)
Quarta-Feira, 17/10
Ovos: vendas lentas e preços em queda (06:29)
Terça-Feira, 16/10
OVOS: mercado segue vulnerável pelos excessos existentes (05:56)
Segunda-Feira, 15/10
Ovos: preços tem forte queda no encerramento da semana (06:51)
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:20)
Sexta-Feira, 12/10



Últimos Clippings
Vetanco participa do ACAV 2018
Chile reabre mercado para avicultura do RS
SUÍNOS/CEPEA: exportação elevada sustenta preços no Brasil
BOI/CEPEA: produtividade de carne por animal é maior em SP
Adaptação veterinária

Nossos Parceiros
AgroceresMSD