Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018
Mercado

Ovos: demanda é menor que a esperada pelo setor
Campinas, 11 de Outubro de 2018 - Ontem, quarta-feira da semana nacional de valorização do ovo no Brasil, pelo décimo quarto dia consecutivo, os preços de referência dos ovos brancos e vermelhos permaneceram inalterados: o preço da caixa de ovos brancos variou de R$52,00 ao máximo de R$54,00 e os ovos vermelhos de R$52,00 até o máximo de R$56,00.

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária o mercado disponibiliza mais produto do que a demanda consegue absorver. Infelizmente, o giro do produto no varejo não atingiu o esperado para uma semana pós recebimento dos salários da grande massa trabalhadora e das diversas ações visando o consumo do ovo.

Por ora, encerrando o primeiro decêndio de outubro, a evolução é idêntica à verificada no ano passado, embora a diferença no preço praticado seja 26,4% inferior ou R$19,00 a menos por caixa. Diferente da curva histórica que, neste período e na média, se encontra quase 5% acima do valor recebido na abertura do mês.

Ainda segundo a Jox, diante dos excessos e da necessidade de dar vazão ao produto, alguns produtores de ovos fecham negócios a preços diferenciados. Assim, não se vislumbra no mercado uma mudança brusca que favoreça melhores condições de comercialização. A tendência, a princípio, parece ser de manutenção das atuais cotações, seguindo a mesma trajetória do ano passado.

(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 18/10
OVOS: situação é crítica mas preços se mantiveram (06:24)
Quarta-Feira, 17/10
Ovos: vendas lentas e preços em queda (06:29)
Terça-Feira, 16/10
OVOS: mercado segue vulnerável pelos excessos existentes (05:56)
Segunda-Feira, 15/10
Ovos: preços tem forte queda no encerramento da semana (06:51)
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:20)
Sexta-Feira, 12/10



Últimos Clippings
Vetanco participa do ACAV 2018
Chile reabre mercado para avicultura do RS
SUÍNOS/CEPEA: exportação elevada sustenta preços no Brasil
BOI/CEPEA: produtividade de carne por animal é maior em SP
Adaptação veterinária

Nossos Parceiros
MSDAgroceres