Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018
Mercado

Ovos: vendas lentas e preços em queda
Campinas, 17 de Outubro de 2018 - Ontem, terça, primeiro dia da segunda quinzena, o excesso de ofertas acarretou negócios distintos na comercialização dos ovos e os preços sofreram nova baixa.

Nos ovos brancos a queda – 1ª da semana, 2ª do mês, 48ª do ano – derrubou o preço médio diário para R$49,00, valor 7,6% inferior ao recebido na abertura do mês e equivalendo ao segundo pior valor recebido neste ano. Em relação ao praticado no mesmo período do ano passado, o valor é cerca de 32% menor. Ou, uma diferença de R$23,00 por caixa.

Nos ovos vermelhos a queda acompanhou a verificada nos ovos brancos com a diferença a maior se mantendo em até R$2,00 a mais por caixa, ou seja, foram comercializados por um mínimo de R$48,00 a um máximo de R$52,00.

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária as vendas no varejo são lentas e incapazes de absorver as disponibilidades existentes. Assim, os compradores devem seguir pressionando por preços abaixo dos valores de referência.

(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 12/11
Ovos: expressivo aumento no encerramento da semana (06:28)
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:11)
Sexta-Feira, 09/11
Frango, ovo, milho e inflação em outubro de 2018 (07:03)
Ovos: mercado firme favorece novo aumento aos produtores (06:37)
Quinta-Feira, 08/11
Ovos: evolução diária atual é bem superior ao ano passado (06:18)
Ovos: mercado mais ajustado favorece novo aumento (06:09)
Quarta-Feira, 07/11
Ovos: leve reajuste nos ovos brancos; vermelhos sobem mais (06:41)
Terça-Feira, 06/11
Poder de compra do Produtor de ovos piora ainda mais em outubro (07:14)
Ovos: em mercado controverso, Produtores de ovos obtiveram novo reajuste (06:23)



Últimos Clippings
Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária da IMED homenageia Francisco Sérgio Turra
MILHO/CEPEA: depois de cair por quase três meses, preço sobe em algumas regiões
SOJA/CEPEA: demanda internacional incerta reduz prêmio no Brasil e valores recuam
Languiru e Dália Alimentos assinam acordo de intenções
'Futuro governo não pode fechar portas para o agronegócio'

Nossos Parceiros
MSDAgroceres