Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018
Mercado

Ovos: evolução diária atual é bem superior ao ano passado
Campinas, 08 de Novembro de 2018 - O início de novembro tem sido favorável ao produtor de ovos que já obteve quatro reajustes seguidos. A condição é bem melhor do que o verificado no mesmo mês do ano passado quando alcançou apenas três reajustes.

De toda forma, os reajustes alcançados no ano passado foram bem mais incisivos que deste ano. Lá, eles significaram aumento de R$9,00 por caixa; agora, somente R$7,00. Todavia a possibilidade de novos reajustes deve permitir ao produtor alcançar ou até ultrapassar o valor alcançado no ano passado.

Entretanto, não se tem muito o que comemorar porque lá, a base inicial do preço médio diário era de R$62,00 a caixa e subiu até R$71,00. Agora, iniciou em R$48,00 e chega a apenas R$55,00. Ou seja, nem sequer atingiu a base inicial do preço alcançado no ano passado.

De toda forma, com os aumentos verificados, a evolução diária deste inicio de mês já alcança o maior índice verificado em novembro do ano passado. E, tudo indica, continuará subindo no curto prazo.


(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 12/11
Ovos: expressivo aumento no encerramento da semana (06:28)
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:11)
Sexta-Feira, 09/11
Frango, ovo, milho e inflação em outubro de 2018 (07:03)
Ovos: mercado firme favorece novo aumento aos produtores (06:37)
Quinta-Feira, 08/11
Ovos: evolução diária atual é bem superior ao ano passado (06:18)
Ovos: mercado mais ajustado favorece novo aumento (06:09)
Quarta-Feira, 07/11
Ovos: leve reajuste nos ovos brancos; vermelhos sobem mais (06:41)
Terça-Feira, 06/11
Poder de compra do Produtor de ovos piora ainda mais em outubro (07:14)
Ovos: em mercado controverso, Produtores de ovos obtiveram novo reajuste (06:23)



Últimos Clippings
Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária da IMED homenageia Francisco Sérgio Turra
MILHO/CEPEA: depois de cair por quase três meses, preço sobe em algumas regiões
SOJA/CEPEA: demanda internacional incerta reduz prêmio no Brasil e valores recuam
Languiru e Dália Alimentos assinam acordo de intenções
'Futuro governo não pode fechar portas para o agronegócio'

Nossos Parceiros
AgroceresMSD