Domingo, 16 de Junho de 2019
Mercado

Países importadores de ovos comerciais in natura no primeiro trimestre de 2019
Campinas, 30 de Abril de 2019 - Em março último as vendas externas de ovos comerciais in natura foram direcionadas para 24 países e sofreram queda nos volumes embarcados. Cerca de 96,5% do total foi adquirido pelos Emirados Árabes Unidos e o restante pelos demais 23 países.

O total embarcado no primeiro trimestre foram direcionados para 43 países e tem os Emirados como grande importador adquirindo 88,4% das vendas brasileira. Bahrein (4,4%), Libéria (2,9%), Guiné-Bissau (0,9%), Catar (0,9%) e Gâmbia (0,8%) completam o rol dos seis maiores, que obtiveram aumento de 14% sobre o embarcado no mesmo período do ano passado e responderam por 98,3% do total. Por isso, os demais 37 países representaram apenas 1,7% do total nacional.

No primeiro trimestre do ano passado, dentro da sistemática antiga de levantamento, o SECEX/MDIC informava a comercialização do produto para apenas 7 países: Emirados, Gâmbia, Guiné Equatorial, Libéria, Serra Leoa, Omã e África do Sul.


(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 16/06
Sexta-Feira, 14/06
Ovos férteis: produção caiu mais de 3% no 1º trimestre de 2019 (07:25)
Ovos: mesmo sem aumentos na semana, evolução permanece acima da média histórica (07:05)
Quinta-Feira, 13/06
Ovos: preço médio de junho é o pior do quadriênio (06:55)
OVOS: plantel em produção no mês de junho (06:45)
Quarta-Feira, 12/06
Proibição do uso de antimicrobianos: projeto de normatização é colocado em discussão (06:39)
Ovos: reposição abaixo do esperado na abertura da semana (06:30)
Terça-Feira, 11/06
Ovos: mercado deve seguir firme no decorrer da semana atual (07:20)



Últimos Clippings
2ª Conbrasul Ovos começa neste domingo com participantes de vários países da avicultura de postura mundial
Redução do uso de Antibióticos é tema de palestra promovida pela Vetanco
Prevenção contra a PSA
É hora de reorganizar os negócios, diz CEO da BRF
Frigoríficos já podem retomar exportação de carne bovina à China

Nossos Parceiros
seifunAgroceres
MSDOrffa