Revista do AviSite
Revista do Ovo
Notícias
Informativo Semanal
AviGuia
AviSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Quinta-feira, 29/10/2020
Siga-nos:
Trabalhos Técnicos
CIÊNCIA & TECNOLOGIA - Trabalhos Técnicos

Nutrição

Água - Importância e Qualidade

José Eduardo Butolo - Supremais Portal MegaAgro Quando comentamos sobre os bebedouros já evidenciamos alguns pontos importantes sobre a água na avicultura de corte. Entretanto a importância da água vai mais além, pois o problema de abastecimento de água potável no planeta para as atividades humanas e animais pode se tornar uma cruel e dura realidade para a humanidade, pois a poluição crescente do meio ambiente pelo homem é preocupante, uma vez que a quantidade disponível é relativamente pequena, apesar de habitarmos um planeta denominado por muitos de "planeta água". Monticelli ( 1993) citado por Macari (1996) publicou alguns dados referentes à quantidade de água no planeta estimando em 1.400 milhões de km3 o montante de água no planeta. Entretanto, 97% dessa quantidade é formada por água salgada, portanto a água doce se restringe a mais ou menos 3% da água existente na terra. Devemos levar em conta que destes 3%, a água existe em forma de geleiras e em depósitos profundos de difícil exploração. Chega-se portanto à conclusão de que a água que pode satisfazer às necessidades do homem e dos animais, é a água doce superficial e a água subterrânea que possibilita a sua exploração econômica, gira em torno de 14.000 km3. O crescimento da população humana na terra e a crescente necessidade de alimentos, levam a um aumento crescente da necessidade de água doce, que se ficasse restrito à quantidade estanque de 14.000 km3, a vida na terra já teria se extinguido, ou estaríamos caminhando para a extinção. Entretanto existe um processo de circulação constante de água no planeta, que realimenta o estoque, denominado de "Ciclo Hidrológico" representado resumidamente como segue: Evaporação - água evaporada dos mares, lagos e pântanos, solo, das atividades humanas, animais e dos vegetais, é transportada até as regiões mais elevadas da atmosfera onde se condensa pela ação da baixa temperatura; Precipitação - a água condensada cai em forma de chuva, neve ou granizo, dependendo da temperatura da atmosfera local; Escoamento superficial - parte da água precipitada na superfície da terra, nas diferentes formas, escoa pela superfície na forma de enxurrada, chegando aos rios, lagos e mares e a locais de água de superfície de infiltração. Parte da água infiltra-se no solo, formando corpos de água subterrâneos (poços rasos, artesianos, semi-artesianos, minas, fontes e drenos). Assim, na continuidade dessas fases, é que se garante a renovação do estoque de água doce utilizável no planeta. Observa-se que não há síntese de água que poderia aumentar gradativamente a sua quantidade; o que existe, é a reposição da quantidade estabelecida. Depreende-se, portanto, que se rapidamente não forem tomadas medidas urgentes contra a poluição ambiental, poderemos em um futuro próximo, viver uma crise de água potável no planeta. Consumo de água pelas aves - o consumo de água aumenta com a idade, entretanto diminui em porcentagem, em função do seu peso corporal. O comportamento da ave, no tocante ao consumo de água, está intimamente relacionado com o consumo de alimento fatores que afetem o consumo de alimento, indiretamente irão interferir no consumo de água. Em temperaturas termoneutras, o consumo de água corresponde aproximadamente ao dobro do alimento ingerido. Qualquer nutriente que aumente a excreção de minerais pelos rins, influenciam no consumo de água. Por exemplo, o sal ou um ingrediente com nível elevado de sódio, fará com que haja aumento do consumo de água. Da mesma forma, alimentando a ave com ingredientes ricos em potássio, tais como, melaço, farelo de soja ou fonte de cálcio e fósforo contaminado com magnésio, resultarão em aumento no consumo de água com conseqüente excreção de fezes mais liquefeitas. A temperatura ambiente é um dos fatores mais importantes que influenciam a flutuação no consumo de água, alterando a relação 2:1 (água:alimento). CONSUMO DE ÁGUA APROXIMADO (DIÁRIO E SEMANAL) P/ 1.000 FRANGOS DE CORTE À TEMPERATURA DE 23ºC E 65 A 70% DE U.R.A.* * U.R.A. (umidade relativa do ar) Qualidade da água - Além de ser um nutriente imprescindível à vida, a água tem um papel importante na fisiologia e no metabolismo, pois, além de transportar os nutrientes durante o processo digestivo, regula a temperatura corporal e elimina os resíduos tóxicos mantendo o estado de saúde. Portanto, exige a adoção de medidas que garantam tanto quanto possível a manutenção de suas características mais puras, de forma que seja efetivamente própria para o consumo, isto é, potável.A água se apresenta na sua forma natural, com características físicas, químicas e microbiológicas variáveis em função de regiões, procedência, poluentes e contaminantes. Podem ser superficiais (rios, córregos, lagos, lagoas e minas) ou subterrâneas (poço raso- diâmetro de 1 a 5 m e profundidade variando de 3 a 12 m - poço artesiano e semi artesiano, mananciais subterrâneos que contem água com suficiente pressão para elevá-la acima da superfície do solo ou sem pressão, onde a água é extraída através de bombas especiais. São mais protegidos por se encontrarem localizados entre duas superfícies impermeáveis e apresentarem maior profundidade do que os mananciais anteriormente citados. A QUANTIDADE DE ÁGUA EM FUNÇÃO DA QUANTIDADE DE SÓLIDOS TOTAIS DISSOLVIDOS (STD), PODEM SER QUALIFICADAS EM: QUALIDADE DA ÁGUA EM RELAÇÃO A QUANTIDADE DE NITRATO PARA FRANGOS DE CORTE E SEUS EFEITOS QUALIDADE MICROBIOLÓGICA E QUÍMICA DA ÁGUA Dada a importância da qualidade da água, exames bacteriológicos devem ser realizados no mínimo 2 vezes por ano (época posterior às chuvas e período das secas) e as análises químicas uma vez no início das atividades. Posteriormente repetir a cada 2 anos


Nutrição




















































































CATEGORIAS

Administração, Economia, Planejamento e Política Avícola (7)

Alternativa (1)

Ambiência (8)

Equipamentos (3)

Estrutiocultura (2)

Manejo / Incubação (22)

Nutrição (28)

Outras Áreas (16)

Perspectivas para 2012 (1)

Ponto Final (1)

Produção (6)

Sanidade (47)

Saúde (1)

REVISTA ONLINE

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF