Revista do AviSite
Revista do Ovo
Notícias
Informativo Semanal
AviGuia
AviSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Quinta-feira, 29/10/2020
Siga-nos:
Trabalhos Técnicos
CIÊNCIA & TECNOLOGIA - Trabalhos Técnicos

Manejo / Incubação

Métodos Alternativos de Muda Forçada

Março de 2007 MOLINO, A.B.1; GARCIA, E.A.2; SALDANHA, E.S.P.B.3; FAITARONE, A.B.3; PELÍCIA, K.3; BERTO, D.A.3; PIZZOLANTE, C.C.4 1 Aluna de graduação - Zootecnia - FMVZ/UNESP- Botucatu/SP- E-mail: molinoab@hotmail.com 2 Professor do Depto de Produção Animal - FMVZ/UNESP- Botucatu/SP 3 Alunos de pós-graduação - Zootecnia - FMVZ/UNESP- Botucatu/SP 4 Pesquisadora APTA – UPD/Brotas A muda forçada é uma técnica de manejo que visa prolongar a produção de ovos de galinhas poedeiras (1). Atualmente, a muda forçada efetuada com jejum prolongado ou restrição alimentar severa, tem sido muito questionada e novos métodos vem sendo propostos para reduzir o estresse das aves. Com o objetivo de avaliar métodos alternativos de muda forçada foi realizado um experimento utilizando-se 294 aves da linhagem Shaver, com 80 semanas de idade, submetidas a diferentes restrições quantitativas de ração. As dietas utilizadas possuíam 2750 kcal/EM/kg, 17,5% PB, 3,5% Ca e 0,37% P. Utilizou-se 7 tratamentos (grupo controle e restrições de: 75%, 87,5% e 100% do consumo de ração “ad libitum”, com ou sem a utilização de calcário de granulometria grosseira durante o período de muda.) com 7 repetições, de 6 aves cada, em um delineamento experimental inteiramente ao acaso. Durante a muda foi fornecido fotoperíodo de 14 horas e 30 minutos de luz/dia. Considerou-se período de muda o período necessário para que as aves atingissem perda de 25% do peso vivo. Foram analisados consumo de ração (CR), consumo de calcário (CC), período necessário (em dias) para atingir 25% de perda de peso vivo (Dias para 25% PP), percentagem média de postura obtida durante o período de muda (Post %) e a percentagem de ovos quebrados durante o período de muda (QBR %). Quando todos os tratamentos atingiram perda de 25% do peso vivo, iniciou-se a elevação do fotoperíodo em 30 minutos/semana, até atingir 17 horas de luz/dia e foi fornecida dieta de poedeiras fase produção à vontade. Na Tabela 1 encontram-se os resultados de desempenho dos tratamentos experimentais. Constata-se que houve efeito significativo de tratamento sobre o CC, onde, das aves alimentadas com calcário, as que receberam restrição de 75% de ração apresentaram maior CC que as alimentadas com 87,5% de restrição e as submetidas à restrição de 100% de ração mostraram menor consumo de calcário. Tabela 1 Desempenho dos tratamentos experimentais durante a muda Médias seguidas por letras iguais, maiúsculas na coluna não diferem significativamente pelo teste de Tukey (p>0,05) * Pré fixado R 100% - Restrição de 100% de ração; R 100% + C - Restrição de 100% de ração + calcário; R 75% - Restrição de 75% de ração; R 75% + C - Restrição de 75% de ração + calcário; R 87,5% - Restrição de 87,5% de ração; R 87,5% + C - Restrição de 87,5% de ração + calcário. O tempo necessário para que as aves atingissem a perda de peso vivo de 25% foi 10, 21 e 14 dias para os tratamentos restrição de 100% de ração (com e sem calcário), restrição de 75% de ração (com e sem calcário) e restrição de 87,5% de ração (com e sem calcário), respectivamente. (2) constataram perda de peso vivo de 22,24%, com fornecimento de 11g de milho, por 12 dias. A percentagem média de postura do controle, foi superior a dos demais tratamentos, os quais não diferiram significativamente entre si, exceto o tratamento R 87,5%, que apresentou valores significativamente inferiores ao tratamento R 100% + C. Não houve efeito significativo de tratamento sobre a percentagem de ovos quebrados. Pode-se concluir que a adição de calcário de granulometria grosseira durante o período de muda não alterou a percentagem de ovos quebrados; independentemente da utilização do calcário, as aves submetidas à restrição de 100% de ração apresentaram menor tempo para obtenção de perda de peso vivo de 25% que as que tiveram restrição de 87,5% e estas por sua vez apresentaram menor tempo para obtenção de perda de 25% do peso vivo que as que tiveram restrição de 75% de ração; a percentagem de postura dos tratamentos jejum (com e sem calcário) e restrições de 75% e 87,5% (com e sem calcário) foi semelhante durante o período de muda. Referências Bibliográficas 1. Silva JHV, Jordão F° J, Silva EL. Revista Brasileira de Zootecnia 2003; 32(6):1697-1704 2. Silva JHV, Jordão F° J, Lima MR. et al. Suplemento Revista Brasileira de Ciência Avícola, Campinas: FACTA. V.8, 2006, p 128.


Manejo / Incubação


































































CATEGORIAS

Administração, Economia, Planejamento e Política Avícola (7)

Alternativa (1)

Ambiência (8)

Equipamentos (3)

Estrutiocultura (2)

Manejo / Incubação (22)

Nutrição (28)

Outras Áreas (16)

Perspectivas para 2012 (1)

Ponto Final (1)

Produção (6)

Sanidade (47)

Saúde (1)

REVISTA ONLINE

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF