Revista do AviSite
Revista do Ovo
Notícias
Clippings
Informativo Semanal
AviGuia
AviSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Sexta-feira, 18/09/2020
Siga-nos:
Notícias Clippings Informativo Semanal
NOTÍCIAS
Manejo de dejetos por compostagem na avicultura de postura




Campinas, SP, 02/09/2020 | 07:16 -


Há alguns anos a produção de ovos tem se mostrado uma atividade de alta eficiência econômica, através dos vários recursos inovadores que vêm surgindo, como: instalações automatizadas, genética e rações de alto padrão. Estas são algumas ferramentas que estão proporcionando benefícios em termo de ganho de homogeneidade dos lotes, padronização na produção, com maior aproveitamento de ovos.

É o que explica Angélica Santana Camargos, pesquisadora no Centro de Pesquisas da Agroceres Multimix. Ela afirma que, com o contínuo crescimento da cadeia a atividade deve buscar as práticas de produção que atendam à ética e respeito ao bem-estar animal. “Deve ser dado destaque aos impactos dos novos sistemas de produção sobre o meio ambiente. À medida que vão aumentando o uso de instalações automatizadas é cada vez mais importante desenvolver técnicas de manejo que possibilitem um impacto ambiental mínimo”, afirmou Angélica. “A unidade de produção deve seguir toda legislação ambiental vigente e o destino correto dos resíduos do sistema de criação de aves é fundamental para a manutenção da condição sanitária adequada dos plantéis”, detalhou.


Angélica Santana Camargos, pesquisadora no Centro de Pesquisas da Agroceres Multimix.

Segundo ela, para evitar a contaminação do solo e dos lençóis d’água nas propriedades é necessária a construção de tratamento dos dejetos produzidos, no qual o resultado obtido pode ser aproveitado na própria granja. É importante que o responsável tenha conhecimento da legislação brasileira, no que diz respeito ao registro e uso no solo: a IN 25/2009 do MAPA e a Resolução do Conselho Nacional de Meio ambiente CONAMA 452/2009. Alguns nutrientes, como o nitrogênio presente na composição das excretas, despejados diretamente no solo podem aumentar a acidez e causar problemas de contaminação. “Para a escolha do tratamento adequado na propriedade é necessário realizar o levantamento de algumas informações, como: número de animais alojados, peso médio dos animais, idade, dieta, número de dias em que os animais estão recebendo determinada dieta ou manejo, forma de retirada dos dejetos e sistema de instalação”, afirmou. “Nos sistemas automatizados as excretas das aves são depositadas em esteiras ou mantas coletoras, localizadas entre os andares das gaiolas. Os resíduos sólidos mais úmidos possuem em torno de 70% de umidade e o manejo do dejeto deve ser realizado no máximo a cada dois dias. No sistema convencional as instalações permitem que os dejetos permaneçam por mais tempo, em torno de 2 meses, com 28% de umidade dos dejetos, em que, posteriormente, são retirados de forma manual ou com maquinários específicos”, afirmou Angélica Camargos.


Alguns nutrientes, como o nitrogênio presente na composição das excretas, despejados diretamente no solo podem aumentar a acidez e causar problemas de contaminação.

Ela ainda explicou que os dejetos das poedeiras apresentam um grande valor biológico e do ponto de vista de nutrientes (N, P, K). É considerado bastante regular, se comparado a outras criações, devido padrão de alimentação que as aves recebem, podendo ser utilizado e proporcionando inúmeras vantagens. “Um dos métodos eficientes que pode ser utilizado pelo produtor para a reciclagem orgânica, com o objetivo de utilização no solo, é o sistema de compostagem, que pode ser definido como sendo a decomposição biológica realizada por microrganismos autóctones num ambiente úmido, aquecido e aeróbio, com produção de dióxido de carbono, água e minerais, tendo como resultado o composto orgânico.

A composteira industrial é uma das melhores técnicas disponíveis para tratar os resíduos sólidos de uma granja de ovos. Pode ser executada em construção de alvenaria de concreto, montada em leiras, disse Angélica. Adicionando materiais de baixa umidade e ricos em carbono (com objetivo de aumentar a relação C/N), que forneçam a matéria orgânica e a energia para a compostagem (serragem, palha e ou cascas) , os dejetos tornam-se materiais nitrogenados que aceleram o processo de compostagem. “Alguns trabalhos demonstraram que a matéria orgânica é capaz de neutralizar várias toxinas e imobilizar metais pesados”, destacou.

Há alguns anos a produção de ovos tem se mostrado uma atividade de alta eficiência econômica, através dos vários recursos inovadores que vêm surgindo.

Outro fator apontado por ela como fundamental para o bom desempenho do processo é o revolvimento, recomentado durante os 45 dias iniciais à compostagem. Nele a temperatura alcançará os maiores valores (fase denominada termofílica) e logo após essa etapa será essencial que a ela seja controlada entre 35 e 60 ◦C. Outro ponto importante é a aeração, que tem a função de garantir o fornecimento de oxigênio para todas as leiras, através do revolvimento que pode ser através de maquinário.

Angélica destaca ainda que o composto estará pronto para o uso cerca de 120 – 150 dias após o início das operações, quando apresentar as seguintes características: coloração escura, cheiro de bolor e consistência amanteigada quando molhado e esfregado nas mãos. O produto deverá ter, no máximo, 25-30% de umidade; pH superior a 6,0 e a relação carbono / nitrogênio (C/N) na faixa de 10/1 a 15/1.

Angélica Santana Camargos, pesquisadora no Centro de Pesquisas da Agroceres Multimix explicou que o conjunto de procedimentos para implementação do processo garante que uma porcentagem de nutrientes retornará para o solo de forma orgânica e mineral. “As práticas de manejo adequadas, que garantam a preservação do meio ambiente, devem ser requisitos básicos nos sistemas atuais de produção. Trata-se de uma forma de colocar o fator sustentabilidade em prática, usufruindo os recursos naturais sem comprometer as gerações futuras”, disse.


Fonte: OvoSite
Autor: Redação




COMENTÁRIOS



NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS












NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF