Revista do AviSite
Revista do OvoSite
Edições anteriores
Notícias
Informativo Diário
Informativo Semanal
AviGuia
AviSite
Trabalhos Técnicos
Legislação
Busca Avançada
Cadastre-se
Contato
Anuncie
Patrocinadores
Segunda-feira, 29/11/2021
Siga-nos:
Notícias Informativo Diário Informativo Semanal
NOTÍCIAS
Exportações brasileiras de ovos continuam em forte expansão


Segundo a ABPA, receita dos embarques cresceu 110,7%, para US$ 12,9 milhões

São Paulo, SP, 12/11/2021
Categoria: Empresas

As exportações de ovos (in natura e processados) do país somaram 819 toneladas e renderam US$ 1,4 milhão em outubro, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Conforme a entidade, o volume cresceu 150% em relação ao mesmo mês do ano passado, e a receita foi 102,3% superior. Com isso, nos primeiros dez meses de 2021 os embarques alcançaram 8,148 mil toneladas, 138,9% mais que em igual intervalo de 2020, e a receita acumulada chegou a US$ 12,9 milhões, em alta de 110,7%.

“Pressionados pelos custos de produção, produtores de ovos estão cada vez mais buscando alternativas no mercado internacional, o que tem gerado impactos positivos no saldo geral das exportações do setor. Ao mesmo tempo em que incrementa sua presença internacional vislumbrando uma estratégia de longo prazo, o setor de ovos tem ampliado a disponibilidade de produtos para o consumidor brasileiro”, disse Ricardo Santin, presidente da ABPA, em nota.

Maior produtora de ovos do país, a Mantiqueira é uma das empresas que melhor têm aproveitado oportunidades no exterior. De janeiro a outubro, a Mantiqueira foi responsável por cerca de 70% dos embarques — ou 180 mil caixas em um total de 255 mil. Ante o mesmo período de 2020, os embarques mais do que triplicaram.

“Estamos nesse mercado há 15 anos, acreditamos nas exportações e participamos das feiras internacionais, onde temos clientes fiéis à marca e ao nosso trabalho. Temos feito um volume grande, 100% destinado a Hong Kong e aos Emirados Árabes Unidos”, afirmou Leandro Pinto, presidente Grupo Mantiqueira, em nota enviada a pedido do Valor.

“Queremos transformar esse mercado, mesmo com o desafio grande em logística — pois os ovos não são congelados, como as demais proteínas. Acreditamos que a exportação é um caminho a ser trilhado pela avicultura de postura, assim como aconteceu com o frango e o boi”, disse o executivo.


Fonte: Valor Econômico
Autor: Fernando Lopes




COMENTÁRIOS



NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



















NOTÍCIAS MAIS LIDAS
5 dias
30 dias
NOSSOS PARCEIROS
REVISTA ONLINE

Clique acima para acessar o leitor digital ou abaixo para Download do PDF