A transformação do ovo. De vítima, em vilão.

Na sexta-feira da semana passada, 1º de julho, quem assistiu na tevê aos jornais da noite viu o ovo ser acusado de “maior vilão da inflação em tempos de pandemia”. Pois, comparativamente ao preço alcançado em março de 2020 (ocasião em que a ainda não batizada Covid-19 foi reconhecida pela OMS como evento pandêmico), em maio de 2022 o ovo foi comercializado por valor mais de 220% superior. Isto, frente a uma inflação oficial que não chegou a 20% (19,90%, pelo IPCA do IBGE).

A notícia sobre o aumento excepcional do ovo esteve em foco nos principais veículos de comunicação do País – falados, escritos, televisados. Abaixo reprodução de chamada da Revista Globo Rural

Originou a informação, transmitida para os meios de comunicação em geral, o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). Que, naturalmente, surpreendeu a todos que acompanham o dia a dia do setor de postura. Inclusive a equipe do AviSite e do OvoSite que, já no primeiro dia útil desta semana, enviou mensagem ao Instituto e à sua assessoria de imprensa pedindo, entre outras informações, a fonte do preço do ovo em maio de 2022.

Para entender, basta explicar que na tabela do IBPT a dúzia de ovos alcançou em maio último, o valor de R$22,51. Como em março de 2020 foi comercializada por R$6,99/dúzia, aumentou astronômicos 222%. Por não corresponder à realidade, foi isso que também gerou o pronunciamento da ABPA ontem divulgado pelo AviSite e pelo OvoSite.

É óbvio que o valor levantado para maio de 2022 se encontra totalmente distorcido. E o IPCA do IBGE deixa isso absolutamente claro: nos 12 meses encerrados em março de 2021 (primeiro ano da pandemia) o preço do ovo foi corrigido em 9,31%; doze meses depois (março de 2022) a correção ficou em 16,11%; e no bimestre abril/maio o aumento foi de, respectivamente, 2,19% e 1,51%. Assim, o acumulado fica em 31,66% – não em 222%, como mostra a tabela do IBPT.

Outra confirmação do gênero vem do Procon-SP. Cujos levantamentos mensais acerca dos preços praticados no varejo paulistano mostram que, de R$7,28/dúzia em março de 2020, o preço do ovo subiu para R$10,01/dúzia em maio de 2022. Diferença de cerca de seis pontos percentuais em relação ao que foi levantado pelo IBGE, o que significa acumulado de 37,5% entre março de 2020 e maio de 2022.

É verdade – e ninguém nega – que o ovo aumentou acima da inflação “oficial’. Tivesse seguido o IPCA seu preço seria 19,9% superior ao de março de 2020 mas, conforme o Procon-SP, aumentou quase o dobro disso. Porém, com total justificativa, todos sabem, pois apenas tentou acompanhar os custos de produção, que se elevaram muitíssimo mais no período analisado.

Aparentemente, não há levantamentos oficiais sobre o custo de produção de ovos. Assim, recorre-se aos da Embrapa Suínos e Aves específicos para o frango de corte, mas com certeza aplicáveis também ao ovo. E o que a Embrapa mostra é que, entre março de 2020 e maio de 2022, o custo de produção do frango passou de R$3,29/kg para R$5,62/kg, o que representa aumento de 75%. Quer dizer, o dobro do reajuste obtido pelo ovo.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Notícias Relacionadas

Revista OvoSite

NOSSOS PARCEIROS

Notícias Relacionadas

Últimas Notícias

Últimas Notícias

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

CONFIRA OS DESTAQUES DA NOSSA ULTIMA EDIÇÃO

massaio

Entrevista: Dra. Masaio Mizuno Ishizuka

“É preciso repensar as medidas de biosseguridade para atender aos desafios contemporâneos”. Página 18.

agrosys

Sistema de Gestão e Mobilidade à frente da Agroindústria 4.0

A transformação digital através de Sistemas de Gestão tem sido essencial para alavancar todos os negócios relacionados à agroindústria. Página 14.

genetica

Genética e Ovos

A qualidade e as tecnologias empregadas permitiram à avicultura de postura brasileira atingir patamares sem precedentes. Página 33.

OvoSite_AviSite_SuiSite_PecSite_ovo (91)

Casca de ovo é base para fertilizante ecológico mais eficiente que convencionais

Processo de moagem mecanoquímica desenvolvido na UFPR cria produto com liberação controlada de nutrientes evitando desperdícios na lavoura e problemas ambientais relacionados a fertilizantes usados atualmente. Página 36.

frango

Fibras: uma alternativa na modulação intestinal das aves

A saúde intestinal depende da atuação conjunta de funções fisiológicas, microbiológicas e físicas para a manutenção do correto equilíbrio do intestino e é considerada um dos fatores de grande impacto na indústria avícola. Página 44.

revista

Tendências para o desenvolvimento de novos revestimentos para ovos

Atualmente, alternativas estão sendo testadas para prolongar a vida útil dos ovos e reduzir o desperdício de alimentos. Página 48.

abpa

Simpósio OvoSite aborda inovações na produção de ovos

O Simpósio OvoSite irá levantar as tendências para a comercialização no mercado interno e nas exportações para o setor. Página 52.

ovo

Ovo: um alimento completo

A proteína é uma das mais versáteis para consumo, porém, é preciso atenção e cuidados especiais para a prevenção da Salmella. Página 57.

Open chat
Fale agora no WhatsApp