China deve comprar menos soja do que o esperado

As importações de soja da China para o ano comercial de 2020/21 devem chegar a 98,6 milhões de toneladas

A China reduziu suas previsões para as importações de soja e demanda doméstica de esmagamento em 2020/21, conforme as margens de esmagamento fracas restringiram os interesses de compra e o uso de farelo de soja na ração diminuíram, conforme mostrou a atualização mensal das Estimativas de Oferta e Demanda Agrícola da China (Casde). Os dados foram divulgados pela TF Agroeconômica.

As importações de soja da China para o ano comercial de 2020/21 devem chegar a 98,6 milhões de toneladas, uma queda de 1,84 milhões de toneladas em relação aos 100,44 milhões de toneladas estimadas no mês anterior. “O principal motivo é que as margens de esmagamento vêm diminuindo desde julho. Os volumes de esmagamento também caíram, enquanto o estoque de soja importada aumentou para o nível mais alto este ano”, disse o relatório.

Em relação ao óleo de soja, houve redução recente de consumo para o biodiesel apresentada pelo USDA na quinta (12), onde o órgão afirma que a perspectiva de 2021-22 para o fornecimento e uso de soja nos EUA é para estoques iniciais mais altos e produção, esmagamento e exportações mais baixas. “O USDA agora estima o uso de óleo de soja em 2020-21 para biodiesel em 9,1 bilhões de libras, abaixo da estimativa de 9,3 bilhões de libras feita no WASDE de julho. A previsão de 2021-22 para o uso de óleo de soja na produção de biocombustíveis é agora de 11,5 bilhões de libras, abaixo da previsão de julho de 12 bilhões de libras”, completa a TF.

No mercado interno, foram vistas compras menores de farelo, mas óleo com boa demanda. “A semana apresentou duas tonalidades de comercialização para o farelo de soja, em que, após o relatório WASDE, esmagadoras precificaram o derivado cerca de R$ 30,00 a R$ 50,00 acima das pedidas de quarta-feira. De forma geral, o farelo paranaense se encontra em preços que vão de R$ 2.230,00 até R$ 2.420,00, dependendo da região”, conclui.

Notícias Relacionadas

Revista OvoSite

Informativo diário | cadastre-se agora e receba diariamente a principais notícias do mercado gratuitamente

Canal Mundo Agro

NOSSOS PARCEIROS

Notícias Relacionadas

Últimas Notícias

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

CONFIRA OS DESTAQUES DA NOSSA ULTIMA EDIÇÃO

imagem_01

Ondas de calor: os benefícios do uso do spray de poliuretano na avicultura

Uma maneira eficaz de prevenir as perdas causadas pelas ondas de calor é a aplicação de spray de poliuretano para isolamento térmico nos galpões avícolas. Página 14.

imagem_02

Uso de hidroxi-selenometionina melhora a produtividade e qualidade dos ovos de poedeiras criadas em condições de estresse por calor

Experimento realizado no setor de Avicultura do Departamento de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias, na UFPB, indica que a suplementação adequada de selênio na forma de OH-SeMet beneficia os produtores de ovos. Página 16.

imagem_03

Atualização dos níveis de aminoácidos para poedeiras comerciais

A nutrição focada em atendimento dos aminoácidos digestíveis já é um assunto bastante estudado e há muitos anos utilizado na nutrição avícola. Página 20.

imagem_04

O Ovo como um aliado para a Saúde Cardiovascular: Evidências a partir de uma Análise Global?

O ovo, um alimento amplamente apreciado por sua praticidade, sabor e versatilidade, apresenta uma rica combinação de vitaminas e minerais essenciais. Página 28.

imagem_05

Impactos da ocorrência de Bronquite, Laringotraqueíte e Influenza Aviária na produção avícola brasileira

As infecções virais impactam as condições fisiológicas das aves, podendo provocar mortalidade e/ou morbidade. Página 30.

Fale agora no WhatsApp