Safra de grãos 2021/22 pode chegar a 270,2 milhões de toneladas

A atual safra de grãos no país está prevista em 270,2 milhões de toneladas. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) retifica a informação divulgada no início desta manhã. Comparativamente à estimativa publicada no mês anterior de uma safra de 269,3, o resultado apresenta um ligeiro aumento de 0,3%, o que representa cerca de 851 mil toneladas. Com a revisão, o acréscimo atualizado é justificado pelo aumento na área de soja e do melhor desenvolvimento no final do ciclo das lavouras, sobretudo de arroz, milho e da oleaginosa. Já em relação ao ciclo passado, que chegou a 255,5 milhões de toneladas, a elevação atinge 14,65 milhões de toneladas, ou seja, 5,7%. Com as alterações, o quadro de oferta e demanda também será corrigido e o arquivo disponibilizado no site da Companhia.

No caso do milho, a nova estimativa para a produção total está prevista para 114,58 milhões de toneladas. Na primeira safra do cereal, a colheita está em 24,67 milhões de toneladas, enquanto que na segunda a previsão é de uma produção de 87,69 milhões de toneladas e a terceira tem uma estimativa de 2,21 milhões de toneladas. Com a atualização, a Conab ainda espera uma forte recuperação na produtividade do grão com relação à temporada 2020/21, com consequente ampliação na colheita.

“A atual safra não irá atingir a produtividade potencial, mas ainda tende a ser uma boa produção principalmente pelas lavouras implantadas mais cedo. No entanto, ainda precisamos ter atenção com o desenvolvimento da cultura. A maior parte do milho semeado se encontra em estágios de desenvolvimento em que o clima é preponderante. Para Mato Grosso e Goiás há uma tendência de déficit hídrico. Já em Mato Grosso do Sul e no Paraná, a maior preocupação é com o risco de geadas”, pondera o diretor de Informações Agropecuárias e Políticas Agrícolas, Sergio De Zen.

Outra importante cultura de segunda safra, as lavouras de algodão têm apresentado clima favorável para o desenvolvimento da fibra que, aliada ao ganho de área, resulta numa produção de 2,82 milhões de toneladas de pluma. Se confirmado, o volume estimado será o segundo maior já registrado na série histórica, sendo 19,5% superior à safra passada e menos apenas que o registrado no ciclo 2019/20.

Para o feijão, a expectativa de uma boa segunda safra da leguminosa vem se confirmando. O clima mais favorável contribui para um maior rendimento dos grãos, na maioria das regiões produtoras, o que traz uma expectativa de colheita em 1,4 milhão de toneladas, um incremento de 23,3% em relação ao mesmo período da safra 2020/21.

Entre as culturas de primeira safra, a soja já apresenta cerca de 95% da área colhida. A estimativa de produção da oleaginosa está em 123,8 milhões de toneladas, redução de 10,4% em relação à safra anterior. No caso do arroz, a colheita atinge 91% da área. A expectativa da Conab é que o Brasil produza 10,7 milhões de toneladas, queda de 9,1% em relação ao volume produzido na safra passada. A redução registrada para estes grãos neste ciclo é explicada pela estiagem registrada nos estados do Sul do país e em parte do Mato Grosso do Sul entre o fim de 2021 e início deste ano.

Dentre as culturas de inverno, o panorama de mercado de trigo estimula os produtores. A expectativa de área plantada do grão no país teve uma elevação de 3% neste levantamento. Destaque para o Rio Grande do Sul, onde a intenção de plantio mostra uma elevação de 9,7%, saindo de 1,16 milhão de hectares para 1,27 milhão de hectares.

Clique aqui para ter acesso às informações atualizadas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

NOSSOS PARCEIROS

Notícias Relacionadas

Notícias Relacionadas

Últimas Notícias

Revista OvoSite

Últimas Notícias

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data

Busca por palavra chave ou data

Selecione a Data
AviSite
PecSite
SuiSite

Revista AviSite

CONFIRA OS DESTAQUES DA NOSSA ULTIMA EDIÇÃO

OVO-01

Com 22 anos de mercado a GI-OVO é sinônimo de inovação na produção de ovos

Em duas décadas já foram vendidas mais de 280 milhões de bandejas EggsCargo para 116 países. Página 12.

OVO-02

Soluções da Agrosys garantem maior produtividade para avicultura de postura

Há 25 anos a empresa fornece soluções tecnológicas de gestão integrada para toda a cadeia agroindustrial. Página 14.

OVO-03

ENTREVISTA: Ricardo Nicodemos e os desafios da comunicação no agronegócio

Novo presidente da AMBRA, para o biênio 2022/2023, terá como principal objetivo fortalecer a comunicação entre os elos da cadeia produtiva. Página 18.

grafico (3)

Em receita, houve elevação de 80%, com US$ 18 milhões registrados ao longo dos 12 meses de 2021, contra US$ 10 milhões em 2020. Página 22.

OVO-04

Bronquite infecciosa em ovos e como ela afeta a produção

A BIG está disseminada por todo plantel avícola nacional, sendo a principal causa de doença respiratória em aves industriais e responsável por enormes perdas econômicas. Página 24.

OVO-05

Mercado externo representa oportunidade para produtores de ovos

O consumo de ovos tem se mostrado bastante diversificado, segmentado em mercados específicos, com um público particular e disposto a pagar um valor maior pelo produto. Página 28.

OVO-06

Pesquisa elabora método de manipulação segura de ovos em pequenas produções

O método de limpeza de ovos é uma alternativa para agricultores familiares e aumenta a qualidade do produto e a segurança dos produtores e dos consumidores. Página 32.

OVO-07

ESPECIAL: Mulheres no Agronegócio

Para comemorar o mês da mulher, a revista do OvoSite dá voz a algumas representantes do setor, que compartilham sua história e brilhante jornada dentro do agronegócio. Página 38.

Open chat
Fale agora no WhatsApp