Domingo, 23 de Julho de 2017
Mercado

Frango, ovo, milho e inflação em junho de 2017
Campinas, 21 de Julho de 2017 - Com a cotação estagnada pelo terceiro mês consecutivo, o frango vivo fechou junho sofrendo, em termos anuais, a maior evolução negativa de preços em mais de três anos: queda de mais de 11% em relação a junho de 2016. Mas não só. Pois registrando evolução histórica de preço inferior à do ovo, acumula nos 23 anos de real completados agora em julho variação de 316,67% - 220 pontos percentuais a menos que o IGP-DI do período.

Mas, embora ligeiramente melhor, a situação do ovo não é muito diferente: 185 pontos percentuais a menos que o IGP-DI. De toda forma, seus resultados superam os do frango vivo, pois, desde a implantação do real, seus preços evoluíram 351,69%, ou seja, 35 pontos percentuais a mais, desempenho que se repete há quatro meses e que, provavelmente, é inédito na história da comercialização dos dois produtos.

Por fim, é curioso constatar que a menor evolução de preços do momento vem sendo registrada pelo milho, produto que, há exatamente um ano, não só alcançava as melhores cotações de todos os tempos, como também superava a inflação até então acumulada.

Em decorrência, o milho encerrou o primeiro semestre de 2017 em situação oposta à da mesma época de 2016. Pois, então, seu valor médio em junho ficou 22 pontos acima da inflação medida pelo IGP-DI. Agora, está quase 270 pontos abaixo.

(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 23/07
Sexta-Feira, 21/07
Frango, ovo, milho e inflação em junho de 2017 (08:00)
Quinta-Feira, 20/07
Quarta-Feira, 19/07
Países importadores de ovos comerciais em junho de 2017 (08:00)
Terça-Feira, 18/07
Produtor de ovos tem melhor desempenho sobre o varejo em junho (08:00)



Últimos Clippings
Cobb-Vantress promove 3ª edição da Queima do Frango, em Rio Preto (SP)
Proposta de UE e Brasil para subsídios causa divergência
Cresce demanda em leilão de milho
Futuro para a produção de carnes é bastante positivo e frango se destaca
Em dez anos, produção de grãos pode superar 300 milhões de toneladas

Nossos Parceiros
Boehringer IngelheimPleyades
MSDAgroceres
AdisseoDeHeus