Sábado, 17 de Novembro de 2018
Mercado

Preço dos ovos tem forte refluxo no encerramento da semana
Campinas, 18 de Junho de 2018 - No encerramento da semana, a lentidão no giro da mercadoria e a disputa por preços mais favorecidos pelos compradores predominou e, com isso, os preços praticados nos ovos brancos e vermelhos não conseguiram se sustentar, tendo fortes retrocessos.

Nos ovos brancos a nova baixa – 2ª da semana e do mês, 21ª do ano – derrubou o preço médio diário para R$85,00, representando queda de 6,6% sobre o valor praticado no mesmo período do ano passado e retrasado.

Nos ovos vermelhos a queda foi maior que a verificada nos ovos brancos com a diferença ficando entre R$4,00 até R$7,00 a mais por caixa, ou seja, foram comercializados por um mínimo de R$88,00 a um máximo de R$93,00, equivalendo a redução de 12,6% sobre o preço médio praticado no mesmo dia de 2017.

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária o menor giro da mercadoria no varejo ocasionou o retorno da normalidade produtiva no setor após as implicações do movimento dos caminhoneiros. Os compradores administram suas aquisições e buscam melhores preços nos negócios realizados.

Como o mercado adentra o período de queda gradativa de poder aquisitivo do consumidor, os negócios tendem a seguir pressionados nos preços.


(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 17/11
Sexta-Feira, 16/11
Quinta-Feira, 15/11
Quarta-Feira, 14/11
Ovos: em outubro a pior relação de preço entre granja e varejo (09:07)
Ovos: mercado calmo e sem alterações (06:39)
Terça-Feira, 13/11
Ovos: desempenho ruim no decorrer do ano (06:21)
Ovos: mercado firme e ajustado (05:51)



Últimos Clippings
ABPA fomenta novos negócios para importações chinesas de aves e de suínos na CIIE
SUÍNOS/CEPEA: bom ritmo de exportações e demanda interna elevam preço da carne
BOI/CEPEA: aumento no abate mostra retomada de produtividade
FRANGO/CEPEA: carne se valoriza com aumento da procura
OVOS/CEPEA: maior demanda eleva cotações; alta do vermelho supera 20%

Nossos Parceiros
MSDAgroceres